Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 60



Quando o Beto tirou a jeba de dentro da Pat, fiquei preocupado de cair porra no lençol e sujar a cama. Peguei a camisa que ela tava vestindo e entreguei pra ela:

-“coloca aí pra não cair no lençol”.

Ela sorriu pra mim com cara de safada e falou pro Beto:

--“viu, Beto, era pra você ter gozado na minha boca. eu queria sentir o gosto do seu leite de novo”.

>>”eu também queria ver o Beto gozando na sua boca, Pat. E você, Julio?”, falou rindo.

-“vocês gostam de me provocar né?”, e ri.

--“ahh, amiga, o Julio gosta também, só não gosta de me beijar depois”.

-“claro, né. Vê se tem condições...”.

--“o Beto me beija sem reclamar, amor”.

>”e adianta reclamar? Quando você quer alguma coisa...”, e os dois sorriram.

Ficamos conversando amenidades, até que o nome da Lorena surgiu na conversa de alguma forma, e as meninas disseram que ela estava com vergonha de ficar nua na minha frente e do Beto, pois ela nos conhece a anos, e nessa conversa me perguntaram se ela tinha falado alguma coisa no caminho de casa. Eu tinha que enfrentar a verdade, então falei:

-“ela falou tudo isso aí, falou que o pau do Beto é grande e ela nem aguentava, e que tava com vergonha de ficar pelada na frente dele, mas que se fosse só comigo ela toparia”.

>”pô, mas eu faço com carinho, você falou pra ela?”

Eu estava receoso com a possível reação da Pat, mas me entreguei de vez, antes que ela arrancasse de mim a força:

-“acabou que antes de chegar na casa dela (eu estava enrolando rsrs), ela me pediu pra parar o carro e a gente acabou transando”. Pronto, falei.

Deu-se um segundo de silêncio, igual naqueles vídeos da bomba de Hiroshima, pra depois a gente ouvir a explosão:

--“Julio, vocês transaram no caminho da casa dela?”

-“foi rapidinho, e se ela tivesse ficado aqui a gente ía transar também né?”

--“se ela tivesse ficado, Julio, seria na minha frente. Você transou com ela escondido de mim”.

-“vocês duas deixaram ela com tesão, depois você manda eu levar ela pra casa, acabou acontecendo. Se eu falo que não, ela ia achar que eu sou viado”, apelei pro sentimento de compaixão da Pat.

--“ela ia achar que você é homem e que me ama, seu cachorro”.

-“Pat, era pra você ter ido comigo. Eu achei que você tava transando com o Beto também”.

--“a idiota aqui tava te esperando, por que eu queria você junto comigo. É bom saber que você gosta de transar escondido de mim”, e levantou pra ir no banheiro da suíte. Deixei ela entrar, fui na porta e falei:

-“Pat, desculpa mas eu não fiz nada escondido. A gente transou com ela hoje a tarde, e você ficou aqui com o Beto enquanto eu levei ela...”

--“Julio, se fosse um amigo meu que a gente tivesse transado a tarde, e eu fosse levar ele em casa e acabasse dando pra ele no carro, você ia achar normal?”

-“sei lá, Pat, eu não vi maldade...”, falei meio sem convicção.

--“Julio, deixa eu tomar banho tá. Você sabe que tá errado”.

Ao analisar pelo prisma dela entendi a indignação. Se fosse o contrário eu não gostaria. Até mesmo se fosse com o Beto eu não gostaria, não pela transa, e sim por não combinar antes. Eu estava errado mesmo e não tinha desculpas. E eu sabia disso quando não resisti e comi aquela loira, só não tinha pensado direito nas consequências. Saí da porta e voltei pra cama, fiz aquela cara sem graça pra Fabi e Beto e sentei sem saber o que falar, e a Pat gritou lá de dentro:

--“Betooo...”

>”oi”.

--“vem aqui tomar banho comigo”.

Eu e Beto nos olhamos, e eu falei baixinho:

-“vai lá, ela quer se vingar”.

Beto foi e ficamos eu e Fabi na cama, e eu precisava de uma opinião de alguém de fora da bolha, e confiava na Fabi pra dar uma opinião sincera:

-“que merda. E agora?”

>>”a Pat tava com ciúmes da Lorena hoje, e você foi transar logo com ela?”

-“o combinado era a Pat ir comigo. A gente já tinha transado com ela hoje. Eu sei que tava errado, mas acabou acontecendo”.

>>”ela tá nervosa. Depois pede perdão pra ela, fala que ela é o amor da sua vida, que ela vai ficar mais calma”, e riu pra mim.

Ficamos pelados na cama conversando sobre a treta, e Fabi já estava tirando onda comigo, me provocando falando dos dois tomando banho, e só me restava rir da situação. Me disse pra ficar tranquilo que a Pat me ama. Pedi a ela que me ajudasse nessa, e ela concordou. Ainda dei um abraço nela e demos um selinho, até que a Pat gritou do banheiro:

--“Julio, pega minha toalha”.

Coloquei meu short e fui no varal da área de serviço, peguei a toalha e entrei no banheiro. Ela fez questão de ficar abraçada beijando o Beto debaixo do chuveiro. Olhou pra mim e falou:

--”pode deixar aí na pia”, e foi passar a mão nele, como se o estivesse ensaboando, e como se eu não existisse.

Se a vingança dela se resumisse a ceninhas de provocação com o Beto, beleza, eu podia aceitar isso. Logo depois os dois saíram do banheiro, Beto olhou pra mim como quem pede desculpas por ter participado daquele teatrinho. Perguntei se ela estava mais calma, e ela respondeu:

--“Arrrgh, eu tô com raiva de você, Julio. Era só pra levar aquela broaca em casa e voltar, e não pra transar com ela”.

Peguei na mão dela e beijei falando:

-“me desculpa, eu não achei que você ia ficar chateada”.

Beto percebeu que a gente precisava conversar e falou que ia sair do quarto com a Fabi, mas eu falei:

-“não, fiquem aí, eu vou tomar banho e já volto”.

Fiz isso por que a Fabi disse que iria me ajudar, e o Beto com certeza iria me dar uma moral também. Seria mais fácil conversar com a Pat depois dos dois ‘amaciarem aquela carne de pescoço’, e assim fiz, fui no banheiro social pra deixá-los a vontade na suíte e tomei meu banho ensaiando algumas falas, passei no meu quarto, coloquei calção e cueca, fui na cozinha, peguei água e copos e fui pra suíte.

Fabi tinha ido tomar banho no banheiro da suíte, e Pat e Beto estavam sentados de toalha conversando outro assunto já. Sentei na cama com eles, e Pat evitou me encarar, mas eu percebi que ela já estava menos feroz, igual uma leoa que acabou de comer 2 quilos de carne. Ainda tinha risco de dar uma mordida, mas dava pra arriscar fazer um carinho.

Sentei encostado na cabeceira da cama e puxei ela pra ficar sentada entre as minhas pernas, com as costas no meu peito. Beto estava um pouco afastado, encostado na cabeceira também. Eu fiquei abraçado beijando a nuca dela e dizendo que a amava, que jamais faria algo escondido dela. Eu olhava pro Beto de canto de olho, sorrindo como quem está amansando uma fera, e perguntei se ela me amava.

--“eu te amo, mas você me fez de corna”.

-“claro que não, Pat. No motel você transou com o Beto enquanto eu dormia (conto 50), e eu não reclamei”.

--“a gente tava do seu lado, Julio, e fizemos barulho pra você acordar e ficar com a gente”, virou o pescoço e olhou pra mim completando: “eu vou dar pro Beto escondida também, daí quero ver se você vai gostar de ser corno”.

Beto deu a resposta que se espera de um amigo:

>”ei, eu não quero fazer parte disso não, vocês dois são meus amigos”.

--“vai sim, senão eu vou achar que você é viado”, e riu pra ele, em referência a desculpa que eu dei pra não negar a transa com a Lorena.

Em seguida ela abriu uma perna, passando por cima da minha e recostando o pé sobre uma perna do Beto, e ficou passando o pé na perna dele. Com isso a toalha dela se abriu, mas como o Beto estava de lado pra nós e só via a testinha da buceta.

Beto estava meio desconcertado com a exigência da Pat e olhou pra mim, e eu só pisquei o olho pra ele ficar tranquilo. Os dias iriam passar e com jeitinho eu dobraria o ímpeto dela.

Fabi que já tinha terminado o banho e estava se enxugando no banheiro, saiu de lá sorrindo, vendo a Pat nos meus braços, e perguntou:

>>”e aí, vocês já se acertaram?”

--“já sim, Fabi. Eu vou transar com o Beto escondido pra ver se passa a minha raiva”.

>>”e você, aceitou, Julio?”, Fabi me perguntou rindo.

Pat mal sabia que eu e Beto já tinhamos até conversado sobre os dois transarem ‘a sós’, sem ela saber que eu estaria vendo escondido (conto 51). De qualquer modo, ela já estava rindo da situação, e eu aceitei o teatrinho dela, e com o passar dos dias eu reverteria a situação, então respondi:

-“fazer o que né? Quando a Pat quer não tem jeito”.

--“você que me obrigou, e agora vai ter que aguentar”.

-“tá bom, delícia. Te amo”, e dei um beijo na boca dela.

--“te amo também, meu corninho”, falou pros dois ouvirem, e já descolou a boca da minha sorrindo pra mim.

O clima amenizou, começamos a conversar outras coisas, eu peguei um colchão na sala e coloquei do lado da cama dos meus pais, que é daquela cama King, mas não cabia quatro pessoas. Pat e Fabi tiraram as toalhas para o nosso deleite visual, e colocaram uma roupinha de dormir, Beto colocou o short dele, e os três ficaram na cama e eu fiquei no colchão. Ligamos o ar condicionado, fomos relaxando até o sono ir derrubando um por um. De madrugada senti alguém passando ao meu lado no colchão, mas relaxei e dormi, e acordei logo depois, do nada, como se estivesse despertando de um sonho.

Estiquei minha cabeça pra cima e olhei a cama praticamente vazia. Na penumbra que estava olhei mais atentamente e vi a Fabi, sozinha, dormindo. Beto e Pat não estavam ali.

##Se gostou do conto dê seu voto##


Foto 1 do Conto erotico: Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 60

Foto 2 do Conto erotico: Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 60

Foto 3 do Conto erotico: Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 60

Foto 4 do Conto erotico: Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 60

Foto 5 do Conto erotico: Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 60


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario julioepatricia

julioepatricia Comentou em 17/02/2019

Imagine que eu fui só com a Lorena mas não rolou nada. Dá no mesmo. 3ª hipótese: eu transei com a Lorena, cheuguei em casa, falei com a Pat e ela falou: "tudo bem, eu já fiz o mesmo contigo no motel". Dá no mesmo. 4ª hipótese: rolou só um sarro no carro e eu contei quando cheguei em casa. Qual gancho eu terei pra desenvolver alguma transa diferente por conta de um sarro? Não tem como. Praquela noite não ser igual à anterior onde dormimos os 4, alguma coisa diferente tinha que acontecer. Beijos

foto perfil usuario julioepatricia

julioepatricia Comentou em 17/02/2019

Imagine que a Pat foi no carro comigo e Lorena, e claro, nada rolou. Voltamos pra casa. O que poderia acontecer de diferente da ultima vez que passamos a noite os 4 na minha casa? Nada. Pergunta: qual leitor quer ler um conto que não tem nada diferente de outro que já passou? Nenhum. Agora vamos pra segunda hipótese:

foto perfil usuario julioepatricia

julioepatricia Comentou em 17/02/2019

""Cara acho que viajei agora nós pensamentos... aconteceu isso Júlio? Fala a verdade Pati. Bjos no coração seus."" A série é baseada em fatos reais. Não significa que está narrado da forma exata que aconteceu, até por que já fazem vários anos e muitos detalhes eu nem me lembro mais. Se eu não colocar pimenta nos contos, vai ser a história de um casal normal que transou com um casal de amigos algumas vezes, ou seja, a história vai ser um saco. Vamos pensar numa hipótese desta parte do conto:

foto perfil usuario julioepatricia

julioepatricia Comentou em 17/02/2019

"A nenhum momento ela perguntou a Fabi se o Beto poderia transas com ela escondido, para se vigar.". A Fabi liberou o Beto ao bel prazer da Pat no início da série, falou que podia ficar a vontade, ela só queria saber de tudo depois. É um tesão dela, saber como foi a transa do namorado, então a Pat não precisava pedir uma permissão que já tinha.

foto perfil usuario julioepatricia

julioepatricia Comentou em 17/02/2019

Olá, Casados. "não fizeram para te acordar". Na série a Pat sempre puxa uma fantasia diferente, e quando o Julio percebe, já está no meio da fantasia. No motel, ele acordou com gritos e tapas na área da piscina, que fica a 3 metros da cama, como em qualquer motel. A porta estava aberta, e quando ela viu o Julio, recebeu com um sorriso e não com surpresa. Questionados pelo Julio, os dois responderam a mesma coisa em momentos distintos. Cada leitor pode ter a sua interpretação da narrativa.

foto perfil usuario

Comentou em 17/02/2019

Foi um showzinho para usar como desculpas para fazer o que quiser agora. Sei que estão casados, mas na época em questão não. Tanta coisa deve ter acontecido naquele período. Inclusive um rompimento é com retorno depois... Cara acho que viajei agora nós pensamentos... aconteceu isso Júlio? Fala a verdade Pati. Bjos no coração seus.

foto perfil usuario

Comentou em 17/02/2019

Bem...Fiquei decepcionado com a atitude da Patrícia. Não me venha com essa de vc comentei um erro. Quando estavam no motel, ela.poderia ter acordado vc, como alguém já disse. Eles fizeram barulho por que o tesão estava demais...não fizeram para te acordar. A nenhum momento ela perguntou a Fabi se o Beto poderia transas com ela escondido, para se vigar. Agora vai novamente usar a desculpa que deu para vc porque transou escondido. O vem a nós é fácil mas o vosso reino e difícil. Para mim foi um

foto perfil usuario monatik

monatik Comentou em 03/02/2019

Dizem que alegria de pobre dura pouco e a minha durou uns 3/4 capítulos no máximo. Me broxou legal o que aconteceu na história, a Patricia com esse ciumes doido, essa história de vingança, de fazer o Julio de corno, ela não reconhecer que fez a mesma coisa no motel, e pra piorar a volta do Julio submisso, perdendo o lado ativo que foi demonstrado nesses ultimos contos. narel disse bem, ela nessa situação te dobraria e daria uma desculpa fácil (como fez no motel) e você aceitaria. Me decepcionei

foto perfil usuario aquiles640

aquiles640 Comentou em 02/02/2019

Se alguém falou que os contos estavam monótonos e era sempre a mesma coisa.... Putz.... Criou agora a expectativa de como será esta vingança. Será só o Beto? Será um anal sem consentimento? Será com 3? Todas opções bem sugestões e excitantes.... Todas com requintes de crueldade....rsrsrs

foto perfil usuario julioepatricia

julioepatricia Comentou em 02/02/2019

No motel foi uma situação muito diferente, a gente foi lá pra transar, e os dois estavam fazendo barulho, com os tapas dele e os gritos dela, no final das contas eu me excitei. É diferente do caso da carona, no meu ponto de vista. Obrigado a todos pelas mensagens.

foto perfil usuario julioepatricia

julioepatricia Comentou em 02/02/2019

Obrigado muitoputo, robson, gustavo, bianor, maxsu. Naresilva, a Pat tem uma personalidade fantástica, ela é difícil de dobrar, mas ela não é radical, tanto que após o chilique as coisas acalmaram, mas a vingança virá. Se fosse o contrário, eu provavelmente faria o mesmo que ela fará no próximo conto, a diferença é que eu não estressaria, só deixaria ela avisada.

foto perfil usuario julioepatricia

julioepatricia Comentou em 02/02/2019

Valeu pessoal, obrigado pelas postagens. é legal ver como os contos criaram uma ligação emocional entre os personagens e os leitores. Será que ela vai dar pra três sem o Julio saber? Ela não vai deixa-lo tocar nela? Quem sabe até surge ideia pra uma ficçãozinha no meio dos contos hein rsrs.

foto perfil usuario narelsilva

narelsilva Comentou em 02/02/2019

Na verdade a Pat faz tudo do jeito que ela quiser e você Júlio aceita de boa. Quando ela decidiu transar escondido com o Beto em momento algum ela se preocupou se você ia gostar ou não. Por que se você descobrisse ela ia dar um jeito de contornar e você claro ia aceita. O que de fato acabou acontecendo. Se ela quisesse que você presenciasse a transa deles. Ela teria te acordado ou então te acordaria pra avisa, vou ali fora com o Beto, se quiser ir. Não foi o que aconteceu! Enfim, fique alerta!

foto perfil usuario narelsilva

narelsilva Comentou em 02/02/2019

Na verdade Júlio você é muito submisso a Pat. Se fosse o contrário ela ia te persuadi. Por exemplo, se vocês passassem a tarde transando com outro cara e depois ela fosse deixar esse cara em casa e transasse, poderia acontecer duas coisas ou ela não te falaria ou então falaria de boa, amor transei com o fulano, não vi nada de mais, afinal ele passou a tarde com agente, não ficou chatiado né delícia? agora quero transar com você meu garanhão.E você iria aceitar de boa.

foto perfil usuario robsonjbg

robsonjbg Comentou em 02/02/2019

É amigo Júlio à bianor falou tudo a pat já alimentava a idéia de ficar com o Beto sozinhos e o Beto (traíra ) tá querendo ela so pra ele agora é vc sendo submisso à Ela ela vai aprontar muito agora isso sr não querer ficar com Beto e mais alguém na sua frente e nem deixa vc tocar nela

foto perfil usuario maxsu

maxsu Comentou em 01/02/2019

Na realidade não era logado no site. Fiz o cadastro só para ter o prazer de parabenizar o autor desses contos maravilhosos que são de um bom gosto que impressiona. Nunca vi tantos contos tão bem escritos. Já li todos e não me canso.

foto perfil usuario bianor

bianor Comentou em 01/02/2019

Boa noite bjus na piriquitá da Pati Fabi e da Lorena cara vc sabia q deu mancada agora aguenta capaz dela por vingança dar o cu para ele sem vc por perto foi o risco q vc quis corer agora geunta e quem sabe se vcs convencem a Lorena ficar com vcs e tbm fuder com o Beto pois se a Pati aguenta ela tbm vai aguentar espero vcs no próximo conto bjus e abraço

foto perfil usuario gustavooliveira90

gustavooliveira90 Comentou em 01/02/2019

Gosto dos seus contos,mas você é muito submisso á ela

foto perfil usuario robsonjbg

robsonjbg Comentou em 01/02/2019

É Júlio vc disse que estão casados mas agora vc deu carta branca pra pat ela vai fica mais com Beto e vc nem vai saber e acho que irão farrear com outros amigos dele como ela disse que queria três e ele safado e vai se aproveita ja q vc deu brexa

foto perfil usuario muitoputo

muitoputo Comentou em 01/02/2019

Como sempre os contos sempre são deliciosos. ..bem tesudos...mas vamos ver adiante né. .a vingança da Pat...e a volta da Lorena mas fudendo todos juntos. .parabéns...abraços




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


117554 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 175
117586 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 9 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 99
117587 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 112
117588 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 4 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 110
117601 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 10 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 101
117603 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 5 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 104
117604 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 6 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 98
117605 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 7 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 100
117607 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 8 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 94
117647 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 11 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 103
117656 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 12 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 118
117743 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 112
117971 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 13 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 100
119242 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 14 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 110
119470 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 15 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 107
119747 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 16 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 95
119951 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 17 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 96
120077 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 18 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 93
120411 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 19 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 91
120563 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 20 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 93
120762 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 21 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 109
120838 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 22 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 98
120983 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 23 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 104
123182 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 24 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 106
123395 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 25 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 106
123593 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 26 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 103
123759 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 27 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 107
123901 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 28 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 101
124032 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 29 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 112
124132 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 30 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 105
124286 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 31 - Categoria: Fantasias - Votos: 103
124318 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 32 - Categoria: Exibicionismo - Votos: 108
124471 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 33 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 96
124580 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 34 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 102
124813 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 35 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 88
124950 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 36 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 104
125067 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 37 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 98
125197 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 38 - Categoria: Heterosexual - Votos: 94
125383 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 39 - Categoria: Gays - Votos: 97
125494 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 40 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 95
125621 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 41 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 101
125788 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 42 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 100
125954 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 43 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 106
126105 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 44 - Categoria: Heterosexual - Votos: 87
126245 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 45 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 96
126362 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 46 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 89
126486 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 47 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 91
126631 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 48 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 92
126791 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 49 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 93
126909 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 50 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 110
127035 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 51 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 97
127199 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 52 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 95
127354 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 53 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 93
127457 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 54 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 110
127949 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 55 - Categoria: Heterosexual - Votos: 94
131202 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 56 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 91
131274 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 57 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 98
131753 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 58 - Categoria: Heterosexual - Votos: 80
131932 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 59 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 92
132373 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 61 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 74
132442 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 62 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 81
132601 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 63 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 80
133914 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 64 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 75
134225 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 65 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 70
134481 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 66 - Categoria: Heterosexual - Votos: 72
137906 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 67 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 79
138163 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 68 - Categoria: Heterosexual - Votos: 65
138313 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 69 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 50
138484 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 70 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 75
138814 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 71 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 71
138953 - Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 72 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 76
139033 - Eu e minha mãe assistindo Game Of Thrones - 1ª Temporada - Categoria: Incesto - Votos: 93
139141 - Eu e minha mãe assistindo Game Of Thrones - 2ª Temporada - Categoria: Incesto - Votos: 132
139511 - Eu e minha mãe assistindo Game Of Thrones - 3ª Temporada - Categoria: Incesto - Votos: 122
139751 - Eu e minha mãe assistindo Game Of Thrones - 4ª Temporada - Categoria: Incesto - Votos: 170
141177 - Eu e minha mãe assistindo Game Of Thrones - Última Temporada - Categoria: Incesto - Votos: 56
146723 - Minha esposa Aninha e meu tio Paulo - 1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 67
146823 - Minha esposa Aninha e meu tio Paulo - 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 65
147013 - Minha esposa Aninha e meu tio Paulo - 3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 59
147272 - Minha esposa Aninha e meu tio Paulo - 4 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 46
148555 - Minha esposa Aninha e meu tio Paulo - 5 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 51
148800 - Minha esposa Aninha e meu tio Paulo - 6 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 44
149055 - Minha esposa Aninha e meu tio Paulo - 7 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 41

Ficha do conto

Foto Perfil julioepatricia
julioepatricia

Nome do conto:
Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 60

Codigo do conto:
132215

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
01/02/2019

Quant.de Votos:
79

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


meninas torturadas peladasfui forçada c eroticoconto erotico comi acrent casadacontos lesbicos de carceleiraconto a pregadora da igreja safadacontos eroticos de traicao com bem dotadosmylher depilando buxeta de outra.mulherhentai gay pai e filhodesejossecretosconto erotico deixei a crente arrombadaxana molhada conto erotici gey com foto com homemo negão da academia comeu meu cuzinhoconto erótico fui chantageada e tive que dar e gosteisocando o pau no barbeirocontos eróticos com fotos fui desafiada pelo meu marido virei puta dos amigos delesPirralhos fudendo casais contospenis negroscontos eroticos filho RodrigoFalei q quero ser corno conto eroticocontos eroticos tesao inocente incestVidioporno professora quadrinho0 NEGAO ROLUDOS FODEM E BARBARIZAM A CASADApivete pirocudo arreguei contosbunda branca contovídeos de vizinha tomando banho vizinho esfriandoconto erotico morador de ruaConto meu cu cheio de leitedownload videos de fiho dotado comendi a mae gostosa brutameti em xvideocontos eroticos com fotos cunhada de fio dental socado no rabobebeinocentespornocontosdei para meu amigo na pedreiracontos eroticos o namorado da minha filha mim bolinocontos eroticos de sexo com pai da amigaentrevista de emprego brasileiro acaba em sexo contosler contos d visinho cm ninfeta virgem sexo brutal//conto erotico acunhada do meu amigo rabuda mete aiiiquadrinhos eroticos gay o meu melhor amigo me transformou e femeaconto erotico gay de desconhecido sem camisinhao pai fudeu minha bucetinha quando eu ainda tinha 11 aninhos ele tirou meu qabasinho qontos erotiqosContos eroticos dp com o sogro e o cunhadocontos eroticos hipnotizando a sograconto minha filha e eu gostosacontos eróticos a consinheira do quartelquadrinho estuprada conto na praiavirei puto dupla penetracao conto gayetrupando o lek novinho conto erotico surumba conto eroticoContos eroticos mae gravida do proprio filhogravidezcompenisrelatos eroticos ouvi novinha comentar com c a outra queria perder cabacinho roludo arebentou novinhaPorno contos de 1 vez dando o cuzinho inocente gacontos eroticos comi minha empregada na minha camaconto eurotico rabudas sograConto ertico gay - Aconteceu Amor Cap. 24www.comto erotico minha tia me pegou fodendo a eguacontoerotico enteada saradacontos gay um lobo me comeuQuadrinhos porno engravidando mae 2comeu meu cu cachorro contocontos eroticos metendo na coroa gorda deficiente fisicahomem transa dentro uma loja de colchonetes pornôcontos eróticos dp vibradorcontos eroticos- suruba no tremquadrinhos eroticos meu sogro me comeuseduzi meu sobrinho conto eroticoFoto de gay pauzuda em ctbaalucinado por calsinhacontoporno enfiei bananacontfo xota cu filhinho choraConto erotico de bucetinha apertadaconto erótico castigocontos eróticosfui no cinema porno com meu maridocontos de grelos enormes gozando encaixadinhos num sabao gostosonovinha nao aguenta a mao boba do papai xxxcontoerotico filihas sapecas