EM UM BARCO...



Victor Hugo era um cara de sorte...

                ...Era uma Quarta-feira e ele se manifestava contra a aula de Sábado na faculdade, por ser uma aula extra de reposição de greves do início do período e que aquilo era coisa inadmissível, pois ele já havia marcado um compromisso com a sua turma de caminhadas e iria subir a Serra da Mantiqueira em trilha absolutamente deslumbrante com rios, quedas d’água, cavernas, pássaros e animais silvestres pelo caminho, tudo o que ele queria fotografar para o seu curso de fotografia...Só que não dava mesmo pra mudar o que a reitoria havia determinado e teria que vir assistir a aula de Sábado de Botânica do seu curso de Biologia que ele tbm adorava...Na Sexta-feira a gota d’água, o Professor não iria poder vir e seria substituído por outro que ninguém sabia dizer o nome...Revoltado com o descaso que achou estar havendo com a turma, foi pra casa decidido a não vir no dia seguinte e com um espirito muito mais combativo do que antes, tendo a quase certeza de que a não ida do professor titular implicaria na não realização da aula, posto que só havia um professor de Botânica no corpo docente...Só que ele teve que desmarcar a viagem com o grupo, pois eles iriam na Sexta a tarde, quando ele em aula soube da ‘terrível’ notícia...Acordou o Sábado decidido a ir a faculdade e criar muita confusão caso não houvesse realmente a aula e formar um grupo para ir a reitoria se manifestar contra o descaso com que as coisa iam sendo tratadas...Pra sua surpresa, ao chegar, soube que uma Professora substituta havia sido contratada naquela última semana e ela é quem iria pra sala de aula...Foram poucos os alunos a se interessar pela aula e somente ele e mais 5 outros foram, sendo 4 mulheres e outro rapaz alem dele...Logo que chegou reparou que a professora era uma Bela mulher, de porte clássico e corpo muito bem cuidado...Ela se Apresentou a turma, disse que estava ali pra dar uma pequena contribuição na formação deles e que talvez no semestre seguinte fosse escalada pra dar aulas de Biologia Marinha, sua paixão...Tudo aquilo dito em voz deliciosa e gestos que paralisavam a pequena platéia, principalmente a masculina...Victor entre olhou Marcello, seu colega de turma e como em código indicou que já se matricularia em biologia marinha na Segunda-feira seguinte...os dois deram um riso e ficaram boquiaberto com os conhecimentos e agilidade com que ela derrubava cada pergunta e duvida que eles faziam...Seu nome era Daniella.. Eles foram movimentando a aula com cada vez mais questionamentos e ela respondia cada vez demonstrando mais conhecimento e solicitude... Victor perguntou, maldoso como ele só, sobre como ‘nascem as sementes das planta” e ela vendo a ‘sacaneada’ que ele queria dar com a pergunta, fez uma breve analogia ente o bico do beija-flor e a forma como ele rompe firme, como órgão introdutor de pólen masculino, no interior da floração da planta, explodindo dentro dela justamente na hora em que sente seu mel sedutor... Eles riram e ficaram ainda mais encantados com a forma com que ela era jovial e penetrante ao olhar pra eles, como que querendo comê-los... A aula foi assim até o fim e ela ousadamente disparou: “Agora quem vai pagar um choppinho de boas vindas a nova ‘tia’ de vcs?”... Victor logo se prontificou e disse que pagaria pra ela não um, mais um barril se ela agüentasse acompanhar o ritmo dele... Ela não só aceitou como desafiou Marcello a acompanhá-los na empreitada...Das meninas apenas Alice, que nutria uma paixão por Marcello se interessou em ir… Já no bar os 4 brincavam e curtiam as primeiras rodadas de chopinhos geladíssimos num bar descolado que Victor e Marcello sempre iam pra azaração das gatinhas universitárias, mas que naquela tarde estava bem vazio e escolheram uma mesa bem no fundo pra evitar serem perturbados pelo ritmo alucinado que os carro tomam na rua principal…Victor, tido como garanhão devido a sua bela estampa e papo cativante, começou a soltar pequenas indiretas que Daniella fingia não entender…Marcello empolgado como ele só com o papo e os chopinhos dava em cima de Alice mais descaradamente, pois sentia o quanto ela retribuía a sua atenção…Já mais animados devido a folia etílica, Daniella entreolhou os dois rapazes e disse: “ Está tudo muito bom, mas preciso ir pra casa! Quem de vocês pode me deixar lá?” No que Victor logo se apressou em se colocar a disposição da sua professora...Ela morava com uma tia em um bairro próximo da universidade e como Victor tinha carro pode se oferecer para levá-la...No caminho deixaram Marcello e Alice na casa dela, pois ela estava sozinha já que os pais tinha viajado e precisava de ‘companhia’...Victor ficou meio sem graça quando passou a ficar a sós com Daniella no carro, vendo que ela pouco lhe dava atenção depois que os outros desceram...Num sinal virou-se pra ela e disparou: “ O que v/c acha de tomarmos um banho e pegarmos um cineminha juntos? Pego você na hora que v/c quiser pra sairmos!”...Ela o olhou e disse: “ Quem você pensa que é rapaz, nem sabe se eu tenho um namorado nem nada e tasca uma cantada destas baratas?!” fazendo cara de indignação...” Não é nada disso, pensei que você por ser nova na cidade como contou (ela disse que havia se mudado pra cá faziam duas semanas), gostaria de se divertir um pouco numa noite tão quente como hoje...Mas se v/c não quer, paciência!” – dizia com cara de quem assimilou o fora...”Desculpa se eu entendi tudo errado, você me perdoa e paga a pipoca?” disse ela com um certo sorriso maroto...“Ok, então às 10 h eu te pego! Combinado?”... “Combinadíssimo, mas não é tarde pra um cineminha?!”... “Tem uns cinemas num shopping aqui perto que tem sessões a meia-noite, não gosta?” –Disse ele reafirmando o horário... “ Ok, confio em meus pupilos!” –respondeu com seu largo sorriso... Ele partiu como todo garotão, dando uma arrancada com o carro e ela pensou “ Mas um pra eu Ter que aturar!”... Eram 10:10 quando o interfone do prédio tocou e era Victor dizendo que já estava por lá pronto pra sair...Ela ainda não arrumada, pois tinha se esquecido do compromisso entretida com um livro que lia, disse pra ele subir que ela ainda não havia arrumado o cabelo...Ele subiu e quando chegou foi recebido pela Tia de Daniella que estava Vestida numa calça justa e parecendo arrumada pra sair... “Oi, meu nome é Victor e vim buscar a Daniella pra irmos ao cinema!?” – disse com ar apressado... “Ela falou que não vai poder ir e pediu que você me leve em seu lugar, por isto estou assim toda arrumadinha!” – respondeu a velha fazendo cara de ninfomaníaca taradinha... “Bem é que eu não sei se você vai gostar do filme, é um filme de sexo explicito japonês!” respondeu ele querendo se livrar daquela furada... “ Hummm adoro pinto de japonês, cabem uns três na minha boca de uma vez só, vms pra eu não perder nenhuma cena ‘gozada’, em todos os sentidos ..rs ..rs..” – disse a velhota aos risos para desespero de Victor, quando aparece Daniella saindo do banho de toalha e diz pra ele... “ Espere só mais um pouquinho que não demoro Victor, e cuidado com a Tia Margô, que ela é muito espirituosa e brincalhona!!”... Ele que havia visto o chão se abrir debaixo dos seus pés, viu novamente o mundo entrar em seu eixo e voltou a ser o dono da situação... “ Quer dizer que a Sra. Gosta de uma boa gozada com a cara dos outros?!”...”Gosto de gozada em todos os níveis menino, você não imagina o que eu sou capaz, passe aqui qualquer dia sem pressa...rs..”...E os dois deram boa risadas... Daniella veio em um vestido colado e com um decote nas costa delicioso que fez com que a libido de Victor fosse as alturas... “ Você está deslumbrante!” –disse ele... “Já você está assim-assim!!” – disse ela com ar brincalhão, já que ele vestia jeans e tênis... “ Você não imaginaria que eu viesse de terninho básico e gravatinha do mickey, esperava!?”...” Ele disse que vocês vão assistir um pornô Japonês destes bem pesados, você bem que poderia me levar e eu ficaria entre vocês dois só por precaução..rs..rs..Pois caso não rolasse nada eu alisava o pinto dele e manuseava a sua perseguida com a outra mão...rs...rs...!!” – disse Margô as gargalhadas... “Vamos Victor, se ficarmos mais tempo aqui o que você vai pensar de mim com uma tia tarada destas..rs..rs..!!!”... “ Vou pensar que vocês sabem muito bem viver!!”- disse ele com os olhos risonhos... Os dois foram pro carro e entre um assunto banal e outro ela perguntou qual o filme que ele havia escolhido e ele disse que não fazia a menor idéia do que estava passando, pois cinema é um dos seus últimos programas, já que detesta ficar preso em um lugar escuro com um bando de gente comendo pipocas feito elefantes de zôo... Ela disse que gostava muito de cinema, mas que realmente não estava afim de assistir nada do que estava em cartaz e propôs que ele a levasse a uma praia, já que ela era do interior... Ele conhecendo um amigo na Marina, rumou pra lá e chegando foi procurar o seu amigo pra saber se ele não descolava um barco pra um passeio noturno... “Gringo como vai!!” –disse Victor ao encontrar seu amigo... “Será que você não descolava um barco pra uma volta aqui pela baia pra eu mostrar a uma amiga um pouco do visual do Rio a noite?”... “Você só me põe em furadas, lembra da última mina que você levou e fez loucuras com ela e a mulher quase se afogou seu puto?! Vê-la se não vai me aprontar outra destas hein?!” ...respondeu Gringo dando sinal verde pra Victor trazer Daniella que já havia concordado no passeio de lancha... Victor havia trabalhado um tempo na rebeldia dos seus 16 anos no píer da marina e aprendido muito com Gringo e outros locais a manejar barcos pequenos em passeios na marina... Ele e daniella entraram finalmente na Lancha e rumaram mar adentro... Ele mostrava os pontos mais bem iluminados do Rio a noite pra uma visão noturna e ela se encantava com seu jeito firme e doce de apresentar-lhe parte do Rio de um ponto de vista que jamais havia imaginado... Ele tocava as suas mãos apontando os locais como querendo a seduzir com toques e a boca falando bem perto de seu ouvido cada indicação...o clima era muito sensual e romântico... O barco alem ca parte de cima tinha um pequeno dormitório embaixo com uma cama pra uma pessoa e um sofá... Ele tocou a sua pele mais uma vez e ela se virou pra ele num momento em que ele havia arremessado a âncora e disse a ele pra ir com calma... O beijo que se seguiu foi delicioso e demorado... Os lábios dele e dela se roçavam e se encaixavam um no outro, fazendo crer que nada mais os pudesse separar... Ele deslizava as suas mãos firmes pelo corpo delicado e seguido daquela sereia e ela soltava gemidos de tesão e êxtase a cada novo toque...logo as roupas foram se ‘dissolvendo’ em tamanho jogo de sedução e desejos daqueles corpos ao sabor da brisa marinha...Victor sentia a suas mãos otcando o bumbum macio dela e percebeu que nenhuma calcinha marcava o belo corpo enquanto as alças do vestido desciam e desnudavam os seios pujantes da mulher deliciosa que era Daniella... Ela beijava seu pescoço e dizia o quanto era agradável a sensação de sentir o membro rijo dele roçando em suas coxas a cada balanço do barco com a marola que fazia o mar calmo daquela noite... Logo Victor desceu de joelhos aos pés de Daniella e beijou-lhe fortemente os seios rijos, sugando-os intensamente e ouvindo os gemidos dela ficarem cada vez mais intensos... com as mãos foi por baixo do vestido e tocou-lhe as nádegas e logo procurou abrigo entre suas coxas, podendo sentir que sua xoxotinha deixava os pelinhos macios em torno dela bem melados, com um liquido delicioso que trouxe a sua boca e a dela com a ponta dos dedos... Daniella deitou no convés e ele começou a percorrer todo o seu corpo com a boca sedenta em tê-la inteira, só pra ele, para sempre... Beijava seus pés e ia subindo deslizando a língua úmida por toda a perna esguia da mulher apaixonante que ele tinha a sua frente... ela acariciava seu cabelo como querendo indicar onde ela queria que ele chegasse logo, no centro das suas coxas, seu grelho já duro e melado em êxtase delirante... Gemidos e pequenos gritos rompiam a noite em torno do barco, que se fazia refletir apenas pela bela lua que despontava no céu escuro... Mais e mais beijos e ele finalmente chegou onde ela já implorava com o corpo... Fartavasse do doce mel que dela saia, subindo e descendo com a sua lingua firme e rápida, sentindo que cada vez mais ela se preenchia de líquidos delicioso... Ela começou a procurar pelo corpo dele que ficou colado ao seu de ponta-cabeça, os dois ali deitados...soltou seu cinto e desabotoou a calça velozmente, arrancando pra fora a lança viril do homem que a fazia delirar com a sua língua quente e macia... Beijo-lhe o membro viril varias vezes e logo o abocanhou de uma vez, subindo e descendo com a boca e deixando ele sentir a sua lingua deslizar por todo o contorno da cabeça... Ele sentia deliciado a boca quente e gulosa dela o engolindo e fazia o mesmo, afundando a sua boca na boceta dela, lambuzando toda a boca e parte do rosto com seus líquidos deliciosos... Ela aumentava o ritmo e ele também...os dois se viram a ponto de explodirem em orgasmos vibrante, quando ele propôs que fossem pra dentro do quarto da lancha... Ela aceitou e os dois nus foram pra pequena cabine... ele primeiro sentou-se no sofá e pediu que ela viesse de frente e sentisse todo o pau pulsante dele varando pra dentro dela em ritmo delicioso...ela montou sobre ele e de frente fazia com que sues seios roçassem na boca dele que os mordiscava e repuxava os bico a cada nova subida e descida dela em cavalgada maravilhosa... Os dois já não se aguentavam mais...Ele implorou pra que ela o deixasse ir por trás como um garanhão sobre a sua fêmea, o que ela prontamente concordou... Ele então a levou nos braços e a colocou de 4 na cama e por trás dela foi em movimento rápidos desfrutando da mulher deliciosa...Seus gemidos e os dela eram absolutamente altos, sabedores de que ninguém se incomodaria com eles....Sua pulsação ia aumentando e sentia ela ficar mais úmida e que deslizava ainda mais delicioso pra dentro da xoxotinha dela até chegarem ao maior dos orgasmos que já haviam tido... Ela o olhou e perguntou o que seria da vida deles depois de tudo aquilo... Ele disse que não se preocupasse, pois queria ter ela pra sempre, mesmo que tivessem que esconder de todos...Os dois foram namorados as escondidas por todo o resto da faculdade dele e viajaram muitas vezes pra fazer trabalhos juntos de Botânica em pequenas barracas no meio das selvas tropicais deste Brasil....

Foto 1 do Conto erotico: EM UM BARCO...

Foto 2 do Conto erotico: EM UM BARCO...

Foto 3 do Conto erotico: EM UM BARCO...

Foto 4 do Conto erotico: EM UM BARCO...

Foto 5 do Conto erotico: EM UM BARCO...


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario amandinhajapa

amandinhajapa Comentou em 19/08/2019

Deliciaa de conto

foto perfil usuario maythe

maythe Comentou em 15/08/2019

Sua narração cheia de detalhes sensuais e excitantes, é afrodisíaca! Minha imaginacao viajou nas tuas linhas, deixando fluir a minha libido! Votado!

foto perfil usuario dorataradinha

dorataradinha Comentou em 14/08/2019

Delícia de conto! Romantismo, sensualidade, tudo na medida, gostoso de ler! Votado. E também amei as fotos! A mulher, nessa primeira foto, tem o corpo muito parecido com o meu, o rosto é diferente e a pele é mais morena, no mais me vejo nela, e queria estar no lugar dela. Parabéns, Arqieiro!

foto perfil usuario loirinhadeusagrega

loirinhadeusagrega Comentou em 13/08/2019

Muito bom conto bem romântico, parabéns




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


115403 - NO ESCRITÓRIO... - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
115553 - Chove Chuva, chove sem parar... - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
115554 - EU, SEU VIZINHO – EU, SUA VIZINHA... - Categoria: Exibicionismo - Votos: 5
115591 - JANELA INDISCRETA... - Categoria: Exibicionismo - Votos: 6
115634 - QUEM IMAGINARIA CHEGAR A TANTO... (baseado livremente em uma história real) Parte 1 - Categoria: Incesto - Votos: 14
115636 - QUEM IMAGINARIA CHEGAR A TANTO... Parte 2 (Livremente baseado em fatos reais) - Categoria: Incesto - Votos: 11
115637 - QUEM IMAGINARIA CHEGAR A TANTO... Parte 3 - Final (livremente baseado numa história real) - Categoria: Incesto - Votos: 8
115726 - OLHAR ÍNTIMO E INDISCRETO... - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 12
115727 - OLHAR ÍNTIMO E INDISCRETO... (Parte 2) - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 9
115728 - OLHAR ÍNTIMO E INDISCRETO... (Parte 3) - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 10
115830 - NA BOITE - ELE DENTRO DE MIM... - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 5
115840 - ALI DO LADO - ESTAVA MEU 'PRIMINHO'... - Categoria: Incesto - Votos: 6
116477 - PIZZA À MESA.... - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
116646 - ELES SÃO UM CASAL SENSACIONAL... - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 15
117056 - UM SONHO COLEGIAL... - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
117247 - DESENCONTROS COM HORA MARCADA... - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 8
117248 - DESENCONTROS COM HORA MARCADA... PARTE 2 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 4
117249 - DESENCONTROS COM HORA MARCADA... PARTE 3 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 4
117250 - DESENCONTROS COM HORA MARCADA... PARTE FINAL - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
117391 - EM UM REVEILLON... - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 9
117499 - NA FORMATURA - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
119090 - NADA HAVIA QUE PUDÉSSEMOS FAZER... - Categoria: Heterosexual - Votos: 13
119140 - A entrevista de Emprego... - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
119457 - UMA ERA POUCO, DUAS SERIA MUITO BOM, NÓS TRÊS, AH, FOI DEMAIS! - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 12
120150 - NAQUELA FESTA... - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 6
120409 - Instalação Padrão... - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
120856 - A PRIMEIRA RONDA... - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
125728 - O GUARDIÃO DA PISCINA - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
126193 - NOSSA HISTÓRIA... - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
126529 - Lu e Ragus... - Categoria: Zoofilia - Votos: 12
126534 - No Sitio do Tio Carlos... Parte 1 - Categoria: Fantasias - Votos: 9
126728 - Parte 2 - Sitio do Tio Carlos - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
127676 - POR AQUI VAI TUDO MUITO BEM... - Categoria: Masturbação - Votos: 4
128609 - A Vascaína. . - Categoria: Heterosexual - Votos: 12
139434 - A VIZINHANÇA - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
139583 - ENCONTRO INSÓLITO... - Categoria: Heterosexual - Votos: 11
139731 - UM, DOIS, TRÊS, QUATRO e CINCO... - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 18
139848 - UM, DOIS, TRÊS, QUATRO e CINCO... Parte 2 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 17
139876 - UM, DOIS, TRÊS, QUATRO e CINCO... - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 14
140079 - UM, DOIS, TRÊS, QUATRO e CINCO... - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 10
140176 - 1, 2, 3, 4 e 5... FINAL - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 11
140553 - ERA PRA SER SÓ UMA ESPIADINHA... Parte 01 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 17
140594 - ERA PRA SER SÓ UMA ESPIADINHA... Parte 02 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 27
140640 - ERA PRA SER SÓ UMA ESPIADINHA... Parte 03 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 15
140647 - ERA RPA SER SÓ UMA ESPIADINHA... Final - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 24
141302 - UM MÉDICO NADA CONVENCIONAL.. Parte I - Categoria: Heterosexual - Votos: 17
141376 - UM MÉDICO NADA CONVENCIONAL...II - Categoria: Heterosexual - Votos: 8

Ficha do conto

Foto Perfil arqueirorj
arqueirorj

Nome do conto:
EM UM BARCO...

Codigo do conto:
142835

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
13/08/2019

Quant.de Votos:
9

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


pegou a veinha safada fudeu toda no marto brasilutimoscontosconto erotico com padreconto gay video gameconto erotico andandocontos eroticos flagrei minha esposa seduzindo meu amigoFui corno e gostei muitocontos gay meu filhinho bebezinho viadinhoultimos contos sadocontos de incesto meu sobrinho e um cavalocontos eroticos meu marido bi no swing reiconto erotico minha mae me provocaConto erotico num casamento a noiva fode com quatro na casa de banhogrossopenesmeu tio contocontos fotos coroa tarado em cu santo andreContos de cornos de siliconadasutimoscontosConto porno prima perdeu no jogo teve que dar a bucetadaniela e daniel incesto conto eroticoDei meu cu pro amigo do meu corninho na frente dele contos com fotogay hq pornconto cintoka conto erotico mae tambem quero participariquilino vedo as calcinha contos eroticoconto erotico iniciante gaywww.vizinho pega a vizinha gostaea do rabao.comcontos eroticos com aldosobrinha conto erotconto etotico gay: dotado arrombou o cu do novinho safadoultimos conto sadoCavalgando no colinho do papai porno em quadrinhos hentaisa fazenda pornor das casadas tardas deixa. Gosar dentro du rabocontos de incestos de conchinha no onibus de viagemconto erotico de gravidaconto erotico maemae e meu paipaicontos eroticos mae carenterabao dona solange contos ilustrados pornoconto fui a florianopolia gayconto me apalpa me tocacontos erotico meu pai mim fez de corno familiar 02contos eróticos vovó gay dando o cuconto erotico vou te arrombar vadiaa menina vai cozinhar e velho abusa delasexoTesao ao extremo conto eroticofudir com amigo do filho quadradinho eroticocontos eroticos de homem trepano emsauna gaybrcaandradegostosas da escola viva sexo fotos contos amadoras fotosbriguei com minha namorada no meu quarto e ela na reconciliação mideu a buceta contos eróticoscontos eroticos princesinhaos simpson em quadrinho sexo gaycontos eroticos yago safadinhos contos parecidosnovinha topoua fazer xexo comigocontos eroticos zoofilia trepei com cavalo na coletora de sêmenconto erotico transando com minha irma bebadaconto erotico cheio de tesaocontos eroticos relatos de mulheres que ficaram impresionada contosreaisetorando o cu da minha intiada Brasilconto banho no quintal com tia peladaxvideos de quadrinho heta meu marido madou seu amigo me fudeGoiânia 2017 vigia do conto gay cuquadrinhos eroticos gay vingança do vizinho pirocudo[email protected]fuderao a gostoso na prainharealisei o desejo da minha esposa meti na amiga dela e elas se chuparam xnxxxvideos.mobile.com/cinquentoes peladosContos erotico pausudo de sungaConto gay me levaram como forma de pagamentopornô brasileiro fui convidado para ir para casa da amiga minha na fazenda ela tava de babydollenganada quadrinho eroticoporno bucetas da minha tiacontos com fotoscfm casadascontos eroticos forcados2017Contos eroticos quente de travesti tarados..contos titia do cuzinho gostosopica curvada para o baixo peladoconto dei o cua primeira vez que dei a bucetinha foi a forca contostezudo de calça coladatrai meu namorado em excurçao contoscontos provocandovirei putinha na pescaria gaycontos de punheta com o filhorevelação em contos eróticos privê do leitor com garotos lindos e tesudoscontos eroticos amiga e seu cuzinho que pisca na minha rolacontos minha mae gosta que judiei do cu delacontos eroticos professora casadacontos eroticos gay padrinho morenoconto erotico.comendo abuceta virgemporno goza ate dismaiar