A minha excitante noite de núpcias



Casei-me à 2 meses com a mulher da minha vida. A Lu tem mãe russa, é loira, alta, bunda roliça e uns seios volumosos, sem serem exagerados. É daquelas mulheres que dá nas vistas em qualquer lugar.

Quando começamos a namorar, percebi que ela já não era virgem, mas apesar de eu fazer muitas perguntas sobre o passado ela nunca me contou nada. Ela não percebia que não era ciúme, era desejo em saber como era ela com outros homens.

No dia do casamento a Lu estava linda de morrer. Depois do almoço, houve um almoço e depois começou a dança. Nós como noivos, fomos os primeiros a dançar, mas depois todos os meus amigos queriam dançar com a Lu. Acho que ela já tinha bebido demais, eles a beijavam no pescoço, lhe diziam segredos ao ouvido e ela ria, ria demais.

No final do dia, dois dos meus melhores amigos fizeram questão de nos levarem de carro até ao hotel onde iríamos passar a noite de núpcias.

A Lu com o pretexto de estar cansada e querer dormir um pouco, foi para o banco de trás. O Paulo foi a dirigir o carro, eu me sentei no banco ao lado, pois antes de entrar para o banco de trás, já o Carlos tinha entrada para o lado da Lu.

A Lu r o Carlos no banco de trás foram o caminho todo com segredinhos. A Lu ria-se. A certa altura começaram a beijar-se. Nessa altura o Paulo, advertiu o Carlos, para deixar a noiva sossegada e aí a Lu respondeu que o Carlos estava só a beijar e que beijar não tira pedaço. Só que eu vi bem que o Carlos com uma mão alisava as pernas da Lu. Enquanto se beijavam, a Lu deixou o Carlos subir com a mão até às suas coxas e aí passar a alisar a buceta dela por cima das calcinhas. A certa altura a Lu afastou o elástico das calcinhas e deixou o cafageste do Carlos passar os dedos na sua buceta e depois começar a bolinar o seu clitóris.

Até que enfim, chegámos ao hotel. O Carlos e o Paulo quiseram subir para ver o nosso quarto. No elevador ela ou beijava o Carlos na boca ou o Paulo, mesmo à minha frente.

Quando entrámos no quarto, a Lu mandou-me tirar as calças e me sentar numa cadeira que estava num canto do quarto. Estava com o pau duro, mas era tudo culpa deles. Ela proibiu-me de me masturbar e disse-me para por as mãos atrás das costas. Nem sei como aguentei, é que o Carlos e o Paulo partiram logo para o ataque. O Paulo beijando-a na boca e o Carlos por trás encochando no rabo dela e com as mãos a apalpar os seios dela. Ela mesmo abriu o vestido à frente e deixou o Carlos tocar nos seus seios, senti-los, apertar os seus bicos, como se ela fosse uma vaca.

De vez em quando eles se viravam para mim e diziam que era para eu aprender como tratar uma esposa. Ela sorria e fazia cara de putinha para mim.

Aí começaram a despir-se. O Carlos foi o primeiro. Sentou-se na cama, mesmo à minha frente, com a rola dura, bem em pé. Ele se masturbava lentamente e chamava a Lu carinhosamente por cadelinha. Pedia a ela para o montar.

Ela estava perdida de tesão foi ter com ele, montando aquela rola descomunal. Sim, enfiou a rola dele na sua buceta sem camisinha.

Começou então a cavalgar lentamente, gemendo, com cara de dor, como se estivesse a habituar-se à grossura da rola do Carlos. O Paulo já se tinha colocado em pé na cama e batia com a rola dura na cara da Lu.

Eu estava a explodir de tesão. Não aguentei mais e comecei a me masturbar. Eles não me estavam a ver.

Nessa altura a Lu já tinha aumentado a cadência com que cavalga a rola do Carlos. Ele esbofeteava as nádegas dela e chamando-a de safada, pedia-lhe para ela não parar, para cavalgar mais depressa. Mas o que o Carlos não esperava, era que ela de repente parasse. Sim, é que o Paulo tinha-se posicionado por trás e forçava a entrada no cuzinho dela. Ela gritou, que estava doendo, para o Paulo ir com calma, mas o cara não quis saber e enfiou tudo. Ao fim de algumas estocadas ela deve ter começado a gostar, pois começou novamente a cavalgar no pau do Carlos, enquanto o Paulo lhe comia o cuzinho.

Eu não aguentando mais me vim. Tentei-me limpar com um lenço e voltar a colocar as mãos atrás das costas para eles não verem.

Pouco tempo depois o Carlos enchia a buceta da Lu de porra, enquanto urrava como um animal. O Paulo fez diferente, tirando a rola do cuzinho da Lu e o dando para ela o mamar, enquanto se masturbava. Enquanto se masturbava em frente dela, ela abria a boca e dizia para ele lhe dar o seu leitinho. Aí ele encheu a boca dela de jatos de porra e ela engoliu tudinho.

O Carlos e o Paulo se vestiram, enquanto gozavam com a minha cara e sairam.

Aí a Lu já dormia em cima da cama, toda nua e de perna aberta. Não aguentei, me coloquei de joelhos na cama e lhe lambi a cona toda. O meu grau de excitação era tanto que com os dedos abri a buceta dela e enfiei a minha língua toda. Acho que ouvi alguns gemidos da Lu, mas não parei e continuem, até me vir pela segunda vez e sem me tocar.

Adormeci naquela noite sem consumar o casamento.

No dia seguinte a Lu me acordou, me beijando e me dizendo que não se lembrava de nada da noite anterior, pois tinha bebido demais. Fizemos amor, mas a Lu me pediu para ir devagarinho, pois estava muito dorida.

Foto 1 do Conto erotico: A minha excitante noite de núpcias

Foto 2 do Conto erotico: A minha excitante noite de núpcias

Foto 3 do Conto erotico: A minha excitante noite de núpcias

Foto 4 do Conto erotico: A minha excitante noite de núpcias

Foto 5 do Conto erotico: A minha excitante noite de núpcias


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario casalbisexpa

casalbisexpa Comentou em 02/12/2019

delicia demais de conto e fotos

foto perfil usuario reginha.larga

reginha.larga Comentou em 02/12/2019

Noivinha gostosa e puta demais! Votado.

foto perfil usuario hedonista67

hedonista67 Comentou em 02/12/2019

Delícia de conto e de fotos !!!

foto perfil usuario andersonb0

andersonb0 Comentou em 02/12/2019

Sonho de todo manso. Mas com ela se lembrando no dia seguinte, oras.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


92847 - Trai o meu marido com o amigo do nosso filho - Categoria: Fantasias - Votos: 87
92962 - Trai o meu marido e ele gostou - Categoria: Traição/Corno - Votos: 67
96941 - Estava grávida de 7 meses, quando liquidei a dívida ao agiota - Categoria: Traição/Corno - Votos: 92
97607 - Crónicas de uma mulher casada e bem comportada - Categoria: Traição/Corno - Votos: 49
98218 - Fiquei colada ao meu Dog - Categoria: Zoofilia - Votos: 92
101871 - Fui assediada pelo meu sobrinho novinho - Categoria: Coroas - Votos: 77
101927 - Vendi-me por necessidade e o meu marido soube - Categoria: Coroas - Votos: 58
105915 - O meu sogro comeu-me com 7 meses de gravidez - Real - Categoria: Incesto - Votos: 67
106919 - Real - Eu e a mamãe fomos comidas - Categoria: Fantasias - Votos: 60
110116 - Eu e a minha esposa numa casa de swing - Real - Categoria: Traição/Corno - Votos: 60
111025 - Levando porra dos amigos do marido - Categoria: Traição/Corno - Votos: 52
112651 - Real - Casada e com um filho tive de trair o meu marido - Categoria: Traição/Corno - Votos: 55
114598 - O pirralho me chantageou - Real - Categoria: Coroas - Votos: 53
115970 - O meu patrão me come e meu marido não sabe - Categoria: Traição/Corno - Votos: 56
123463 - Como é ser esposa de corno? I - Categoria: Traição/Corno - Votos: 39
123476 - Como é ser esposa de corno? II - Categoria: Traição/Corno - Votos: 44
123850 - Como me tornei uma atriz porno, sem o meu marido saber - Categoria: Traição/Corno - Votos: 46
126115 - Nunca pensei fazer o que fiz para salvar a minha familia - Categoria: Coroas - Votos: 61
126204 - Nunca pensei fazer o que fiz para salvar a minha família II - Categoria: Coroas - Votos: 43
128328 - Dei para os amigos do meu namorado com ele vendo - Real - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 44
130558 - Como me tornei corno - Categoria: Traição/Corno - Votos: 46
131682 - Trai o meu marido com um garoto - Categoria: Traição/Corno - Votos: 56
131751 - Trai o meu marido com um garoto II - Categoria: Traição/Corno - Votos: 47
132321 - Fui puta por um dia (sem o meu marido saber) - Real - Categoria: Traição/Corno - Votos: 67
134086 - Casada e com 38 anos tive de fazer de puta por uma noite - Categoria: Traição/Corno - Votos: 58
134780 - Trai o meu marido para correu atrás do meu sonho de ser famosa - Categoria: Traição/Corno - Votos: 48
135971 - Finalmente sou corno e gosto - Categoria: Traição/Corno - Votos: 50
136038 - Finalmente sou corno e gosto II - Categoria: Traição/Corno - Votos: 41
137266 - Finalmente sou corno e gosto III - Categoria: Traição/Corno - Votos: 49
141940 - Dei para os amigos do meu marido - Categoria: Traição/Corno - Votos: 62
147273 - Dei para outros na frente do meu marido - Categoria: Traição/Corno - Votos: 44

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico donajoana

Nome do conto:
A minha excitante noite de núpcias

Codigo do conto:
148870

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
02/12/2019

Quant.de Votos:
10

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


Seiren Contos erotico Ousadias de casal 4mulheres casadas com picudos/contos com fotosfilhaputacontocontos com fotoscfm de casadas bucetudascontos eroticos com fotos de dentistas com fotosConto pai lambendo xoxotao desejo de hannah 1conto erotico min mastuboucontos com fotoscfm casadasconto erótico gay com o caminhoneiroesguichos de tremercontos eroticos de negao roludoboy gay violentado na estrada contourruei com a rola preta no rabo.contoContos eroticos camisinha furadaconto gay o cadeirante pauzudo porno homem com.o pau surreal arrombando o cu da filha novinha da vizinhaconto estuprado por varias travestirelatos sexuais nosso amigo comendo meu cú e meu marido filmanonovinha fazendo sexo peladinha daqui 18 anos bem alegrinhapsicologas rabudas contosminha duas sobrinhas gostosas me seduzindo conto eroticoconto dupla penetracaocontos eroticos no cinema de saia de ao lado do marido nem viucontos eroticos ilustrativoconto erotico incesto baba pervertidasconto erotico provocações de nora gostosapentelhudo conto gayconto erotico gay meu favelado cap1Conto erotico compartilhando a esposautimoscontoscravada na xoxotsnora safadas descobri que sogro tem a pica enormeadoro o leite deles conto eroticoConto etotico primeiro boqueteContos eroticos fui fodida pelo encanadorfodendo+a+buceta+da++professoraincesto comentadomeu tio me comeu contos eroticosporno mae blog de imagensprofessor trando com aluno gay depois da aulabunduda todinho arreganhada de culpar o arconto erótico gay vingançaconto erotico gay o supervisorContos eroticos minha mulher traz porra para mimcadela uivando na vara video zoofilia pornocontos eroticos a menininha chorou esperneou mas nao tive domarido da irma nao come cuzinho entao pede para cunhado comer contosverdadeiroconto erotico minha mulher com amigo dela de infanciapornodoido pai com geitinho pois no cuzinho da filinhadona clotilde ensina chaves a meter xnxxbebeu e pau comeufodeu minha mulher contos eroticossirirca pro meu filho contocasada dogging carroultimos contos sadocontos eroticos minha esposa engravidou do amantecontos erótico gay fetiche ppr meiAscontos eroticos MEU filho meu DONO 3chupeteira oficial contosdragon ball z porno yaoi hq contoseroticosapostacontos com fotoscfm casadascontos erotico gay comi pm coroacontos eroticos estrupei minha subrinha deficientecontos meu amigo pauzudocontos consulta no ginecologistacontos lesbicos raspei a buceta da minha primacontos eroticos o empregado do nelsonvedeo porno buceteroscontos eróticos entre irmãos com fotos