Busca por moradores de rua



Boa!
Segue mais um conto real, acontecido em 14/01/2020.
Como descrito em meus contos anteriores, tenho um tesão absurdo em moradores de rua, se estiverem bêbados ou dormindo é melhor ainda, eles são hétero e topam qualquer parada, se tiver grana, até o cú alguns dão para usar drogas ou bebidas alcoólicas.
Pois bem, tinha acabado de chegar da academia, por volta das 23:00hs, quando abri a janela vi minha vizinha dando para um macho delicioso que a fodia sem tirar as roupas, apenas com a braguilha aberta, isso me deixou com muito tesão e resolvi sair a caça.
Fui de carro até uma cidade vizinha, na area central/portuaria. Por lá, vi algums moradores de rua dormindo, mas em locais impossíveis de atacar ou em grupo, o que dificulta minha abordagem. Até peguei na rola de dois que dormiam, mas não passou disso. Continuei andando atras de putaria e avistei um cara andando com uma cerveja na mão e sem camisa, deveria ter por volta dos 25 anos e corpo normal, acelerei o passo e comecei a conversar com ele, joguei minhas indiretas e ele me pediu grana pra comprar pó, so que havia deixado minha carteira no carro, se eu tivesse ao menos dez reais, certamente teria fudido e enchido o cú daquele hétero de porra.
Quando cheguei no centro, vi um morador de rua andando em uma viela escura, o comprimentei e mostrei minha bunda, perguntei se ele curtia um boquete e ele topou, me levou para uma construção abandonada, pulamos o portão e entramos. O cara tinha boa aparência, por volta dos 30 anos, corpo normal e uma rola grossa e cabeçuda. Entramos e ja comecei a mamar aquela rola gostosa, o cara gemia parecendo que não gozava há muito tempo. Depois que a rola dele ficou dura como pedra, mandei ele fuder meu cú gostoso, fiquei de quatro, ele tirou a roupa toda e meteu gostoso, subiu em cima de mim e socava fundo aquela vara, apos, continuei de quatro, ele tirou a rola e começou uma punheta gozando em cima da minha bunda e na entrada do meu cú, foi delicioso receber aquela porra grossa e quente, ainda com o pau duro e labuzado de porra, ele enfiou gostoso no meu cu, foi muito bom.
Depois disso ele se vestiu e foi embora sem olhar pra trás, eu, com a bunda cheia de porra, me vesti e fui embora todo gozado.
Rodei mais um pouco pelo centro da cidade, nada aparecia, até que vi um negão andando por uma avenida movimentada, corri até ele parando a sua frente, fingi mijar e mostrei minha bunda, ela parou e ficou olhando. Fui até ele e pedi pra mamar sua rola, ele relutou bastante dizendo que não curtia e estava cansado e tal, mas não ia embora, mesmo reclamando fiquei pegando na rola dele até ficar dura, o provoquei rebolando na pica dele, até que ele mandou eu mamar e gozou na minha boca, detalhe, estávamos em uma rua movimentada e facilmente poderíamos ser flagrados.
Depois de receber porra na boca, continuei andando e vi um cara dormindo sob a marquise de um banco, vi que ele estava bêbado, comecei a desamarrar a bermuda ele, ele estava sem cueca, ai tirei seu pau pra fora, toda vez que ele se mexia eu saia de perto. Resolvi sentar ao lado dele e pegar naquela rola gostosa mas não muito grande, quando ficou dura tentei chupar mas ele botou a mão, esperei ele pegar no sono e fiquei alisando a vara dele, quando ficou dura, abaixei minhas calças e sentei na rola dele mesmo ele dormindo, quando sentei e rebolei, ele acordou e começou a fazer escândalo dizendo que eu queria rouba-lo. Para evitar exposição desnecessária, deixei o local e fui atras de outros. Andei e não encontrei mais nada, já era por volta de 05:30 e resolvi ir embora.
No caminho, optei por passar em um ponto da praia onde rolava putaria, esse ponto fica no final da praia, já próximo a uns rochedos.
Logo que cheguei, o local estava vazio só com alguns moradores de rua dormindo, alguns em casal e outros com cachorro, o que impede minha aproximação. Mais a frente, vi dois, um pouco afastados um do outro, o primeiro, estava se masturbando levemente sob o lençol, me aproximei dele e mostrei minha bunda, ele disse que me foderia se eu desse 5 reais pra ele, mas eu havia deixado a carteira no carro, insisti muito por aquela rola, mas ele somente permitiu que eu batesse uma pra ele, assim o fiz e ele gozou na minha mão.
Então, me dirigi ao segundo morador de rua, o abordei mas ele não gostou e resolvi sair de perto.
Como sou bem tarado e não tenho limites, voltei ao segundo morador de rua e vi que ele estava em um sono profundo, pela posição que ele dormia, sentei ao seu lado e entrei com minha mão dentro do lençol tentando achar a rola dele, demorou um pouco pois ele se mexia muito e quando isso acontecia eu saia de perto. Quando consegui achar a rola, ela estava mole, mas a medida que eu pegava ela foi ficando dura e fiquei pasmo com o tamanho e a grossura, minha boca salivou e meu cú implorava por aquela rola.
Essa hora o dia já estava amanhecendo, pessoas desocupadas estavam correndo na areia e impatando minha diversão, os outros moradores de rua começaram a acordar e mesmo assim fiquei sentado ao lado do que dormia esperando uma oportunidade de pegar naquela rola.
As pessoas iam passando próximo, a limpeza urbana também, vi que seria impossível avançar, mesmo assim, fingi que era um morador de rua tb deitando ao lado do cara com minha cabeça próximo a sua cintura, assim ficaria mais fácil e discreto continuar alisando aquela rola, já que era o máximo que ia rolar. O cara usava uma bermuda fina e uma cueca larga, facilitava bastante alisar aquela rola, assim o fiz, ignorei as pessoas e fiquei alisando aquela rola, nada do cara acordar.
A rola dele ficou tão dura que resolvi botar pra ora da cueca e do shorts, assim, mesmo com o lençol, dei uma boa olhada naquela rola, que tinha a cabeça coberta por pele, quando botei a cabeça pra fora iniciando uma leve punheta o pau estava todo babado e extremamente duro, estava em êxtase com a situação, adrenalina, pessoas passando, sol escaldante e aquele cheiro característico de moradores de rua que me deixa louco.
Segui alisando aquela rola deliciosa, planejava botar pra fora e mamar mesmo com as pessoas passando, mas o cara se mexeu de um jeito que bloqueou meu acesso.
Esperei mais um pouco pra ver se ele se mexia novamente, mas o sol estava muito forte e o numero de pessoas caminhando na areia havia aumentado, pensei em gozar em cima dele, mas alguém poderia ver, então resolvi ir embora.
A noite não foi das melhores, mas foi bem proveitosa, hj a noite sairei novamente em busca de moradores de rua, só que dessa vez, com dinheiro rs.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


103820 - Mamando 2 PM's Fardados - Categoria: Gays - Votos: 16
103823 - Eu e minha amiga pegando um Taxista - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 15
103832 - Fudendo o Mendigo dormindo - Categoria: Gays - Votos: 13
103850 - O andarilho, em Parelheiros - Categoria: Gays - Votos: 5
106528 - O morador de rua - Categoria: Gays - Votos: 7
106529 - O hetéro saindo do puteiro - Categoria: Gays - Votos: 8
106533 - Abordagem dos PM´s - Categoria: Gays - Votos: 9
107427 - No Quiosque com o Bebado Roludasso - Categoria: Gays - Votos: 10
108487 - A madrugada rendeu... - Categoria: Gays - Votos: 4
109143 - Satisfazendo o negão na frente de sua esposa - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 10
110266 - Quase deu merda... - Categoria: Gays - Votos: 3
112961 - Na madrugada e o caminhoneiro bêbado.... - Categoria: Gays - Votos: 5
147387 - O mineiro perdido.. - Categoria: Gays - Votos: 15
150332 - O novinho bêbado da praça - Categoria: Gays - Votos: 11
150334 - O casal hétero que queria drogas - Categoria: Gays - Votos: 9

Ficha do conto

Foto Perfil taradopraiagrande
taradopraiagrande

Nome do conto:
Busca por moradores de rua

Codigo do conto:
150554

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
15/01/2020

Quant.de Votos:
6

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos erótico de casais monogâmicoscontos com fotoscfm casadascontos eroticos sou casada meu marido percebeuquadrinho erotico professorasContos eroticos madre superiora foi enrabada por uma piroca novinha e enormeturistas conto eróticoincesto irmão ginecologista bolinando irmã de doze anosvideo porno escrava nifetinhado sexocasa dos contos eróticos de coroas maduros motoristadogging curitibaconto erotico levano na cara do irmao depois de chega da escolao pau do meu irmao contosthalia conto travesti com fotosPutinha do papai negro contos eróticosmulher fica comedo de cachorro e da sua buceta praele que rosnava pra elacontos eroticos me exibindo para instalador calcinhaconto erotico gay deliciaContos mandei estuprar minha mulhercontos com fotos de cornos mansinhoultimos contos sadocontos e fotos no dwolland comendo novinhasdotado com novinha c pelinho ralo na bucetaconto erotico vi meu vizinhotia safda zoo pornocontocontos eróticos de patricinhas trasando com os pais das amigas e engravidoucontos com fotoscfm casadascontos de como de homem virei putautimoscontoscontos eroticos coroa Com forçaconto de irmaxvideos ispozos dotados021 997180802conto erótico dedo melado grelo melcontoeroticodepedreirotitio safado caralhudo noiva putinha noivo corninho safado contos com fotosbruninha sobrinha safadinha sentou no meu pau contos eroticosver contos eroticos de putinhas da roça do interior do campotransei com minha sogra e minha cunhada gordas e evangicas contoshentai hq engravidandoconto erotico de inquilina gostosacontos heroticos gay meu tio de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anosmeu cunhado pega cunhada casada nas chantagensconto erotico com negao safadoso contoseroticos completos no sofa do padrinho maria alice deu ate o cuzinhoscatvedeonao era pra enfiar no meu cuzinho virgemhq porno gayConto de que foi fudida por homem roludo gghentai porno incesto eu minha mae e minha irmamerens chupando fudendo calcinha molhadacontos eroticos zoofilia cobra no cuconto erotico prima desmaiadamae e filha lindas asistido filme porno realconto de sexo com estrupo de uma novinha que chora com o cu arrom.badoUm policial gato me estrupou:contos eróticosذات الرداء الأحمر سكسwww.souloucoporbuceta.com.bro dia que comi uma mendiga bebada contosconto eroticos seduzi meu paicontos eroticos com fotos de mulheres que tem suas bucetas peludas fazendo sexo com animais fazendo zoofeliapattybeijo cdzinhautimoscontoscontogayporno www.gosto de fuder com dog contofui comida feito puta e chingada de vadiaSABELYA INDEPENDENTE porndotado do bate papo contoexagerado conto pornocontodebucetonacontodecuzaocontos gay advogadoPadre com pauduro mas coroinhacontos erotico coroacasado comendo onovinhogay novinhos relatam q da o cu doicontos eroticos sentando no colo na viagem