Minha namorada e mais 3 amigos Parte 3



        Vou começar o conto de onde parei anteriormente, portanto, recomendo que leiam a outra parte.
        Quando retornei para casa, encontrei Marcos, Leandro e Ricardo ainda deitado, Marcos num canto do colchão, Leandro no outro e o Ricardo no colchonete. A Bia estava na cozinha. Fui até lá e começamos a conversar, após alguns minutos havíamos chego numa conclusão de que não havia mais nada a fazer sobre o assunto, que agora ou continuávamos com aquela loucura, ou pedíamos para meus colegas irem embora, explicando a situação. Porém nenhuma das duas decisões afetaria o que já havíamos feito até então, não podíamos desfazer o passado. Decidimos curtir aquela situação, mas pedir para que mantivessem sigilo.
        Bia fez um lanche para cada um e fomos até a sala, acordamos todos, comemos o lanche, e todos foram de um-a-um tomar uma ducha. Bia foi a penúltima a ir, e eu fui o último. Quando sai do banho fui buscar umas cervejas e voltamos a conversar, dessa vez, expliquei com calma que as coisas haviam saído do controle, e pedi para que não dissessem nada do ocorrido para ninguém. Todos concordaram, mas, talvez devido ao clima estranho no ar, Ricardo propôs que fossem embora, e procurassem um hotel para passar aquele período de três dias que ficariam por lá. Bia e eu nos olhamos, e notei claramente que ela preferia que continuassem ali, assenti com a cabeça e disse a Ricardo para que ficassem pelo menos a primeira noite por ali, depois passassem a procurar um hotel para passarem a segunda noite. Levamos o colchão para o quarto e fomos dormir. Porém antes, Bia e eu transamos novamente, dessa vez não cheguei ao orgasmo, parei assim que ela gozou pela segunda vez, eu já estava muito cansado. Dormimos.
        Na manhã seguinte tudo ocorreu normalmente, todos tomamos café da manhã, e os rapazes foram fazer suas entrevistas de emprego, se inscreverem em algumas agencias locais e gastaram boa parte do dia visitando as empresas onde eram entrevistados. Bia e eu ficamos em casa, e continuamos com nossa rotina de folga, fazendo sexo por todos os lugares onde tínhamos direito, mas dessa vez eu sempre parava antes de gozar, sabíamos que íamos brincar mais a noite, e achei melhor guardar minhas energias para quando estivessem todos lá, aproveitávamos os intervalos para conversarmos sobre o que havia acontecido e sobre o que ainda havia para acontecer.
        Já eram quase 18 h quando eles me ligaram e disseram que estavam a caminho lá de casa. Quando chegaram, Ricardo perguntou-me se eu conhecia algum hotel pela região. Pois eles não conheciam a cidade e toda aquela história. Eu disse que ia verificar, mas que primeiro deveríamos jantar. Foram todos para o banho, e ficamos tomando algumas cervejas enquanto Bia preparava uma janta. Bia estava vestindo um vestidinho, sem calcinha por baixo, e vez ou outra, quando ela sabia que só eu estava olhando, ela se inclinava e mostrava aquela bucetinha, que sempre ficava mais aberta nesses dias de folga dela, devido nosso apetite sexual, sempre que fazia isso ela sorria, fazendo cara de safada. Quando terminamos o jantar, servimos um vinho, e ficamos conversando. Já estávamos um pouco tontos da cerveja, com o vinho a coisa só piorou. Bia tirou tudo da mesa, e me pediu se deveria servir a sobremesa, eu sorri e disse que sim.
        Nisso Bia foi até a mesa e se deitou. Todos olharam abismados, e ela disse “Pronto, podem comer a sobremesa”, aquela foi a deixa, logo o Marcos se posicionou de forma que ela pudesse chupá-lo, e o Ricardo começou a beijá-la nas coxas, subindo lentamente, quando parou e sorriu dizendo “A vagabunda está sem calcinha! Vocês acreditam?”, subiu e começou a chupar a buceta da Bia. Eu beijava o braço dela que estava próximo a mim, Bia mamava no pau do Marcos, enquanto o Leandro tirou as alças de seu vestido e começou a sugar seus seios. Bia gemia. Eu comecei a beijar e lamber seu pescoço, meu pau latejava. Troquei com o Ricardo, fui chupar a bucetinha da minha Bia, enquanto o Ricardo foi se juntar ao Marcos, aguardando para que ela chupasse-o. Fiquei um bom tempo entre as pernas da minha putinha, sentindo aquele gosto maravilhoso, Ricardo e Marcos gozaram juntos na boca dela, ela engolia tudo o que podia e limpava o rosto onde escorria, passando os dois paus e levando à boca, até que ela gozou na minha boca, chegou a soltar um jato, coisa que quando acontece, normalmente é com penetração. Aquilo só me deu certeza de que aquela situação toda estava excitando ela demais. Subi em cima dela e dei-lhe um beijo. Enquanto penetrava-a, ficamos um tempo ali, mas devido ao barulho excessivo que a mesa estava fazendo, fomos até a sala. Marcos e Leandro foram buscar novamente o colchão no quarto, enquanto eu e Ricardo tentávamos nos posicionar de forma a fazer uma DP na minha Bia. Eu me posicionei no cuzinho dela e ele na bucetinha, que ainda escorria mel. Começamos a fode-la e logo colocaram o colchão no nosso lado, não podíamos sair daquela posição, portanto ficamos no colchonete mais um tempo, ela começou a chupar o Leandro e o Marcos, enquanto eu e Ricardo a arrombávamos. Não demorou muito e o Ricardo anunciou que gozaria, gozou dentro da minha puta, que começou a gozar junto e jogar loucamente contra meu pau, eu não tive como suportar e gozei junto, o cheiro de sexo exalava por todo o recinto, aquela doce fragrância junta aos gritos e gemidos de todos. Ricardo saiu de debaixo dela, e eu fui tomar um banho. Com a porta aberta para ouvir os gemidos da minha cadelinha.
        Quando retornei ela estava com a boca aberta e os três se masturbavam, gozaram quase todos ao mesmo tempo, fui até lá e fiz minha parte também, eu estava muito cansado, mas a excitação era muito maior. Bia engoliu tudo, dizendo que adorava leite. Se deitou e eu já cai por cima, fudendo-a enquanto Leandro colocava seu pau, já meio flácido, próximo a boca dela para ela chupar. Fiquei um bom tempo ali por cima, o Leandro deu lugar ao Marcos, que estava anunciando que ia gozar e queria que fosse na boca dela. Dessa vez ela não conseguiu engolir quase nada, foi boa parte fora de sua boca e ela já estava sem reflexos para tentar levar aquilo à boca, eu segurava seus braços enquanto a comia por cima, soltei um dos braços e com meus dedos levei boa parte daquela porra à boca dela, comecei a morde-la, seu pescoço estava com muita porra escorrendo, portanto tive que morde-la no ombro, no braço. Meu pau ficou extremamente duro, e senti que estava próximo a gozar novamente, enfiei o máximo que pude, disse que a amava e beijei-lhe a boca, enquanto alagava-lhe o útero. Ela começou a dizer, já sem folego “eu sou sua amor, mete que eu sou sua, goza, te amo” e beijava hora minha boca, hora meu pescoço. Continuei metendo em movimentos leves, enquanto sentia meu pau amolecendo lentamente naquela gruta cheia de esperma dos machos da minha cadelinha, cada músculo do meu corpo parecia doer, aqueles dias estavam indo muito além das nossas maratonas convencionais, meu peito doía, e imaginei que podia vir a enfartar ou algo do tipo, de tanto que o mundo parecia estar girando. Aquele cheiro me fez pensar que se morresse ali naquele momento, não seria assim tão ruim. Sai lentamente de cima dela, levantando-me de joelhos, vi sua bucetinha escorrendo, e sorri, desmontei-me lentamente, deitando ao seu lado.
        Leandro se posicionou sobre ela, que pediu um tempo, mas ele negou, disse que queria meter ali, agora, enquanto ela estava inundada. Deitou-se como eu estava, beijando-a enquanto fazia um frenético vai-e-vem, ela me deu a mão. Durante todo o tempo ele a beijou, parando apenas quando precisou gemer forte, ela suspirou com uma sensação de alívio. Imaginei que ele havia gozado, e estava certo. Ele levantou-se e deu o pau pra ela chupar, o que ela não hesitou em fazer, já notei que ela adora chupar após penetração, sentir a mistura de seu gosto com sêmen e gosto do parceiro. O rosto dela estava vermelho, assim como o meio dos peitos. Notei que mesmo com o ar-condicionado ligado, em um dia frio convencional de Curitiba, estávamos soando muito. Leandro se abaixou e beijou-a novamente.
        Fomos todos para o banho, novamente. Eu e Bia tomamos banho juntos, não fizemos nada, apenas masturbei Bia um pouco, nos beijamos muito, ela me fez um rápido boquete e saímos do banho. No dia seguinte, Domingo, os rapazes partiriam pela manhã, visitariam alguns pontos da cidade e iriam de onde estivessem diretamente para o aeroporto, novamente tivemos a conversa sobre o sigilo que gostaria que mantivessem, todos eles disseram-se comprometidos em manter sigilo, me disseram o sortudo que eu era com uma mulher daquelas. Em seguida colocamos um filme para assistirmos, eu e Bia acabamos dormindo abraçados.
        Quando acordamos, tomamos um café da manhã. Abrimos uma cerveja e colocamos um som pra tocar enquanto conversávamos sobre o que cada um estava fazendo desde que terminaram a faculdade. E me agradeceram pela estadia, novamente elogiando minha garota. E foram embora.
        Numa próxima ocasião conto alguns relatos passados de minha gatinha comigo. Tenho certeza que tenho muitas coisas a dizer sobre nosso passado, principalmente sobre o tempo em que transavamos descompromissadamente.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario goncalencesex

goncalencesex Comentou em 27/03/2019

Um ótimo relato. Quem dera ter sido um destes seus amigos! Tudo de bom ao casal e muitos beijos safados nela todinha.

foto perfil usuario wilson69

wilson69 Comentou em 08/06/2018

Muito bom adorei

foto perfil usuario superativo 39

superativo 39 Comentou em 16/09/2014

Delicia! quero ser o macho de vcs!

foto perfil usuario

Comentou em 26/05/2014

Muito bom.... Todas as partes foram muito excitantes.... Um bela folga a de vcs hein !!!!

foto perfil usuario el pau cwb

el pau cwb Comentou em 04/11/2013

Achei Irado este conto de vocês. Por coincidência é a segunda vez que acebei lendo ele e senti tesão. Sou de Curitiba também. Parabéns!!

foto perfil usuario cpradinho

cpradinho Comentou em 30/10/2013

Gostaria muito de conhecer vcs afinal estamos na mesma cidade e pode ser q vcs me ajudem

foto perfil usuario mak19x5

mak19x5 Comentou em 14/10/2013

ótimo conto,li as 3 partes,parabens.

foto perfil usuario 20cmcaralho

20cmcaralho Comentou em 23/08/2013

otimo conto parabens.

foto perfil usuario ksadocarinhoso

ksadocarinhoso Comentou em 03/05/2013

parabens pelo conto, li as 3 partes

foto perfil usuario coroa66

coroa66 Comentou em 26/08/2012

Li as 3 partes dos contos .so 1 obs.nao fizeram uso de camisinha ,




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


19385 - Minha namorada e mais 3 amigos Parte 1 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 83
19414 - Minha namorada e mais 3 amigos Parte 2 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 45
19426 - Minha namorada foi acampar e me traiu - Categoria: Traição/Corno - Votos: 43
26105 - Dei minha namorada como presente de aniversário 1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 90
26262 - Dei minha namorada como presente de aniversário 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 153
27031 - Primeira vez com outro casal - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 121
27488 - Bia e um negão - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 95
28797 - Meus amantes - Parte 1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 73
29792 - Meus amantes - Parte 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 83
29866 - Bia, puta de esquina - Categoria: Fantasias - Votos: 97
36004 - Aniversário da Bia, puta de 4 homens - Parte 1 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 93
36672 - Aniversário da Bia, puta de 4 homens - Parte Final - Categoria: Traição/Corno - Votos: 84
61338 - Chupei dois paus - Categoria: Traição/Corno - Votos: 61
134589 - Meus amantes - Parte 4 - Eu, grávida, transando com o novo personal trainer - Categoria: Traição/Corno - Votos: 59
135261 - Dei o cu para o entregador - Categoria: Traição/Corno - Votos: 88
135285 - Confissão: Adoro beber porra! - Categoria: Fetiches - Votos: 42
135487 - A Bia acha os drinks melhores se tiverem porra - Categoria: Fetiches - Votos: 35
137361 - Quem quer gozar na boca da minha mulher? - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 35
137368 - Pedi pro meu amante personal trainer me arranjar um negão sarado - Categoria: Traição/Corno - Votos: 38
137482 - Dando para o amante com os sogros em casa - Categoria: Traição/Corno - Votos: 127
137955 - Bia provocando na boite, e fim de noite no motel com outra mulher - Categoria: Traição/Corno - Votos: 33
140306 - Colocando nossa fantasia em prática: Bia engravidando do amante - Categoria: Traição/Corno - Votos: 35

Ficha do conto

Foto Perfil casalctba12
casalctba

Nome do conto:
Minha namorada e mais 3 amigos Parte 3

Codigo do conto:
19434

Categoria:
Grupal e Orgias

Data da Publicação:
23/08/2012

Quant.de Votos:
37

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


conto com foto de entregador de gas comndo um gorotomenininhaxvidioquem nunca sonhou em comer a buveta da tiameninas superpoderosas eroticoprima negra e rabuda quadrinho eroticoContos eroticos de travestis do pau grande rompendo o meu anus do viadinho.espiei meu tio nu contos eroticcontos eroticos kasalpaulistaConto o dia em que meu tio me engravidoucontos eroticos neguinho mega pauzudo fudeu minha mulherquadrinho porno gayinversao strapon contoscontos eroticos sou viciado em cu de viadiho mahosoconto erotico dei massinha do meu pau para minha filhaconto porno senzalafica de quatro vou te enrrabar contosmulheris casada que egravidou do amante e nao o sabe oque fasercontos eroticos em quadrinhos sogro e norautimoscontoscontos eroticos comi a mulher da lotericaContos gay( Meu pai)contos eroticos taxistas com passageiras novinhascadela viciada em pica zoooputas de moz sem camisinhaquadrinhos eróticos bons temposperdi as preguinhas do cu quando era pequenaContos eroticos casal ajudando morador de ruacomi o cuzinho da puta da minha irmaver vidios de segurancas que ficou sozinho com o amigo e deu o cu gaysvideo porno do casal vodikcontos eroticos "recatada"oda.com/videos/95153/o-melhor-sexo-anal-para-essa-morena-gostosa.htmlfomos pescar com nossas esposas conto eroticochupando imobiliária conto gaycontos de sogra abusando sexualmente da norafilme erotuco de sogro chantageia nora e fode elaConto erotico de incesto despedida de solteira da minha irmacontos de corno de acailandia maranhaoconto incesto dupla penetração desde pequenaConto erotico sindica de predios lesbicas.co/tos porno de filhos enfiando o dedo na buceta da mae sem permissaodoce nanda contos eroticosMulata casada sem camisinha contoroludo descabacandonovinhacontos eróticos de filha ficou gafida deFilha Pau Grosso Papai Bucetaesposa puta quadrinhoscontos eroticos narradosContos reais de sexo homens rusticocontos erotiCaseiro bem dotado sendo seduzido pela patroa contos eroticonora na sauna contoscontos eroticos de madre superiora gostosa em quadrinhoContoherotico com foto-bucetao inchadocontos de incestos no escurocaralhos duro e babandocontos eroticos de alpestre rsConto erótico gay Cúmplices de um resgatecoroa mega roludo fodendo brutalmete a nora peitudaleomar1111xxvideo enviando abraço na buceta contos erotico reais de casais com fotos golfencoxada no onibus conto eroticoconto erotico uma crente fazendo dpdesenhos eroticos gayscontos eroticos pagando aposta malucaarrombada com ajuda da mamaeconto pornNovinha safada da academia conto eroticocontos eróticos novinho roludo judiou de mim Melhor transa contosMeus dois macho meu outro sobrinho quadrinho eroticoConto erotico ensinei um casal jovem a foderConto erotico compartilhando a esposame fizeram de vaca no ordenhador contos eroticosConto erotico safadesa tia peituda carente coroa 60anosConto erotico babá xupa a rolinha dos meninosquadrinhos eróticos shemale negra emrabado casaisContos gay com espadachimminhs mulher ruiva e o negao pintor conto[email protected]conto erotico a maior burrice meu amigo me chamou pra comer a esposa deleera pra ser so uma massagem mas minha esposa agarrou o massagistaconto comi a menininhafilho dando banho na mae contos eroticosirmascasadas caremtes dando u rabo nu banheroconto erotico gay cine pornocontos eroticos coroas casadas usando tamancos de madeiraconto erotico novinha na escada do predioconto erotico meu marido trouse os amigos pra casahomem nu da cu sigamoquadradinho erótico em que a mulher va pra aula de natação no feriadofilme de pornô morena com cavalo das Naçõescontos eroticos cunhada e sogrAquadrinhos+eróticos+ay+papiconto de homem casado sendo penetradocontos primeiro sexo primeira suruba de uma novinhacontos eroticos vigia com meninaEu era empregada meu patrao coroa rico ele me dava dinheiro sem sua esposa saber meu patrao ele fudeu minha buceta virgem ele agora ele me dar mais dinheiro conto erotico