Eu e Sil, sua mãe assiste tudinho.



Eu e Silvana, sua mãe assiste tudinho.


Olá, meu nome é Paulo, sou morador da Bahia, interior, em uma cidade pequena, sou casado com Silvana, uma mulher morena com corpo bem definido, de mulherão, bunda bem definida volumosa, seios médios, uma mulher especial a quem conheci ainda na juventude, eu um homem sem experiências sexuais, logo me apaixonei, sou um Homem alto forte cabelos castanhos, me cuido, não sou nenhuma pessoa possessiva, mas gosto de cuidar do que é meu. Silvana já possuía um filho, prefiro não colocar nome aqui.
O que irei contar hoje, já ocorreu a um bom tempo, aconteceu mais ou menos há uns cinco meses após meu casamento com Silvana, foi algo que me deixou muito surpreso e ao mesmo tempo trouxe nova sensação, algo que não esperava um dia ver ou ao menos pensei ocorrer.
Aqui na Bahia o clima é bem quente, como já contei em contos anteriores. Em um sábado dia em que não trabalho e que posso passar dia com minha família, hoje minha esposa e o filho dela, às vezes vou à casa de seus pais que fica a poucos quilômetros de onde moro com Silvana, mas neste sábado decidi que iria passar o dia todo com Silvana e seu filho, isso logo muda, porque seu pai havia levado o filho de Silvana para sua casa, segundo Silvana ele veio cedo e disse que levaria o moleque para passar o dia na casa dele, disse que estaria com a piscina cheia, não cheguei a falar com seu pai, pois estava dormindo, trabalho na sexta até tarde da noite, Silvana também me disse que o seu pai havia nos chamado também, mas que ela tinha dito que não iria, pois eu já tinha dito que passaríamos o sábado em casa.
Então neste Sábado seria só eu e Silvana, planejei muito sexo, iria aproveitar aquele dia, Silvana que também era muito safada já estava toda feliz, tomei meu café lá pelas 10h00min, consegui dormir bem a noite, esta bem descansado Silvana estava com um pequeno shorts azul, mal tampava aquela bunda, fiquei já aceso, ali na cozinha mesmo já rolava um amaço, Silvana disse que era para eu esperar, ela iria tomar uma ducha e nós então continuaríamos oque tínhamos começado, assim que ela entrou no banheiro ouvi a campainha, logo pensei quem já estava querendo atrapalhar minha foda, fui até a porta e vi que era sua mãe, imediatamente fui até o portão e a pedi para entrar, nos cumprimentamos e ela disse que tinha vindo pegar roupa para o filho de Silvana, disse que meu pai não tinha pego.
Sua mãe veio buscar roupa para o seu filho Silvana que estava na casa dela para passar o dia e tomar banho de piscina, Silvana acabara de entrar no banheiro para tomar um banho, falei alto para Silvana escutar que sua mãe havia chegado e que veio buscar roupa para o filho dela, Silvana pediu para que a pedisse para sua mãe vir até nosso quarto que ela logo sairia para pegar roupa para o garoto, ao passar pelo corredor com sua mãe em direção ao quarto nos deparamos com a porta do banheiro aberta, e Silvana se despia para tomar o banho, tudo bem que sua mãe era uma mulher, mas Silvana poderia ter fechado a porta, ao se aproximar do banheiro, sua mãe olhou e viu Silvana, ela estava apenas com a parte de baixo do lingerie, estava com seios à mostra, Silvana viu a sua mãe e disse:
-Oi mãe já ajudo a encontrar a roupa do meu filho.
sua mãe disse que tudo bem, achei meio estranho a sensação de ficar ali, diante das duas, minha sogra vendo Silvana agora nua a tomar banho, as duas conversavam como se nada tivesse ocorrendo, claro que as duas não tinham o que esconder, mas para mim ficou uma situação constrangedora, as duas conversavam muito, ambas gostam de conversar, minha sogra então na conversa elogia Silvana:
- Vejo que seu marido Paulo escolheu um mulherão para se casar.
As duas riram, eu ali meio sem jeito, Silvana me olha e diz:
- Tá vendo amor tua sogra disse que sou bonita.
minha sogra diz:
- Bonita e tem um corpão muito bonito.
Eu sem saber oque falar só sorria. Não esperava ocorrer aquilo que estava ocorrendo, fiquei meio sem oque falar com a situação que estava presenciando, minha esposa nua na frente da sua mãe e fazendo como se nada tivesse ocorrendo, pior é eu estar ali diante das duas, era uma mistura de excitação e vergonha, quando Silvana terminava seu banho comecei a ficar mais calmo, imaginei que ela colocaria uma roupa e iria ajudar sua mãe a pegar roupas para o filho dela, mas isso não ocorreu, mesmo já tendo visto antes como Silvana é safada, aquilo que acontecia era diferente, Silvana se seca e sai do banheiro nuazinha, bucetinha toda depilada, seios a mostra, vem até sua mãe e a cumprimenta com beijinhos, as duas vão até o quarto eu ameaço ir para a sala, Silvana logo não deixa e me diz:
- Amor me ajuda a encontrar as roupas do meu filho para minha mãe levar.
Eu falo:
- Claro amor, irei ajudar sim.
Começamos a procurar as roupas, eu olhava nas gavetas procurando sunga, e Silvana olhava na parte de cima procurando shorts e camisa, sua mãe se senta em nossa cama e assiste aquela sena, Silvana com aquela bundona toda a mostra, não tinha como não chamar atenção, eu ali agachado via aquela bucetinha maravilhosa, nem conseguia me concentrar, sua mãe percebeu e falou brincando:
- Olha Silvana deste jeito o Paulo não encontrará nada!!.
Silvana me olha e fala:
- Amor depois você pode brincar agora temos que encontrar as roupas, minha mãe deve estar com pressa.
sua mãe fala:
- Não estou não Silvana, seu filho só vai para a piscina na parte da tarde.
Silvana então me olha e brinca:
- Então pode olhar amor, minha mãe não está com pressa.
Sem perder tempo eu olho mesmo, vejo que sua mãe só observa, falei então:
-Silvana, você esta ficando doida.
Silvana retruca:
- Amor, você sabe que eu sou doidinha.
Todos sorriram minha sogra então ainda fala:
- Estou atrapalhando vocês né?
Silvana fala:
- Não mãe a senhora não atrapalha não, é sempre bem vinda.
sua mãe então fala:
- Então podem fazer o que querem fazer e depois procuramos a roupa.
Eu então olhei para minha sogra e para Silvana, mas não disse nada, nisto Silvana fala:
- Esta vendo amor, minha mãe é liberal, mostra para ela como o genrinho dela é bom de cama.
sua mãe então fala:
- Isso meu genro mostra para Silvana como se faz.
Fiquei meio desconsertado, mas deixei rolar, ali mesmo comecei a beijar a bucetinha de Silvana, e passar a língua nos lábios daquela buceta, enquanto fazia isso pensava ” a que ponto cheguei, esta mulher que me casei é muito safada, nunca imaginei transar com ela e minha sogra assistir tudo”, mas tenho que dizer que estava adorando a sensação, Silvana delirava de tesão puxava minha cabeça contra a buceta, gemia e olhava para sua mãe, mal eu conseguia respirar, mas ali poderia até ficar sufocado que não teria problema, subi então até os seios de Silvana e comecei a chupar o bico de um deles, Silvana puxava meus cabelos, ela se deita na cama, ao lado de onde minha sogra estava sentada, me leva junto e abre as pernas para que eu a chupe, vi então que minha sogra segurou uma das pernas foi ai que vi que minha sogra estava adorando tudo aquilo, sem perder tempo chupava aquela buceta maravilhosa, já não tinha nenhum pudor, fique ali vários minutos, levei Silvana ao delírio, ali mesmo senti que ela gozou pela primeira vez, Silvana se levantou me puxou em pé e abaixou meu shorts, e a cueca também, fiquei nesta hora com meu pau a mostra, imediatamente olhei para minha sogra ao meu lado, ela sorriu, Silvana abocanhou meu pau e chupou como uma vadia, eu senti muito prazer naquela chupada, nisto Silvana me empurrou de costas na cama e novamente me chupou, subia e descia a língua em meu pau, já estava quase gozando ali mesmo, tamanho tesão que sentia, mas não queria isso, queria penetrar Silvana, a puxei sobre mim, assim que ela chegou na altura de meu rosto, nos beijamos, ela então sobe sobre mim, e coloca meu pau na entrada de sua Bucetinha, vi que minha sogra de levantou, foi atrás de Silvana e olhava aquela penetração bem de perto, nunca esperei que minha sogra gostaria de algo assim, pensei comigo mesmo “Acho que Silvana tem um dom para despertar os desejos nas pessoas”, Silvana então começa a subir e descer sobre meu pau aos poucos aumenta o ritmo, logo estava bombando bem rápido, isso era uma maravilha, minha sogra não perdia nada parecia nem piscar, Silvana me olhava e sorria de maneira safada, vi que ela estava começando a gozar, aumentei mais ainda o ritmo e vi que também ia gozar, assim que Silvana gozou tirei meu pau, nisto algo muito louco ocorreu, minha sogra colocou a boca no meu pau, bem na hora que comecei a gozar, ela chupou tudo, lambia tudinho, Silvana se deita ao meu lado e junto comigo assiste aquela sena inesperada, minha sogra chupando meu pau de olhos fechados e só subindo e descendo, assim que ela abriu os olhos nos viu olhando, parou de chupar, ficou sem falar nada, Silvana é claro soltou:
-Viu mae seu genro é muito bom de cama.
Minha sogra me olhou e sorriu, disse então ainda com a boca melada:
- Meu genro arrumou uma esposa muito safadinha.
Brinquei falando:
-É outros me falaram isso antes.
Minha sogra então pergunta:
-Quem falou isso??
Disfarcei:
-Ninguém não sogra estava brincado.
Terminamos de procurar a roupa do filho de Silvana e colocamos em uma bolsa, fomos até a sala, ainda nus, minha sogra se despediu de Silvana com beijinhos e me deu um beijo no rosto também, pediu para não contar nada para meu sogro, eu disse que ela não precisava se preocupar com isso, abri a porta e ela saiu, assim que fechou o portão e saiu e também fechei a porta, eu e Silvana fomos para o quarto, brinquei com Silvana dizendo que por aquilo não esperava, ela me perguntou se eu gostei, claro que eu adorei, ela então disse que se minha sogra querer nós repetimos, nós dois rimos muito, só brinquei então dizendo que ela estava me saindo melhor que eu esperava.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario

Comentou em 07/03/2013

putz... sujou! e agora?




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


14679 - Presente para o meu Marido - Categoria: Fantasias - Votos: 9
17120 - Foi prêmio de uma aposta de cacheta - Categoria: Fantasias - Votos: 8
17121 - Realizando a fantasia minha e de meu marido - Categoria: Fantasias - Votos: 20
17435 - Alison o amigo negro do meu filho - Categoria: Interrraciais - Votos: 14
19884 - EU , MEU genro E MINHA filha - Categoria: Incesto - Votos: 25
20022 - Como é maravilhoso dividir que a gente ama - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 4
20023 - Comadre corajosa - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
20024 - EU MEU MARIDO E NOSSA COMADRE - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 11
23422 - MÃE FORÇADA A TRANSAR COM FILHA E GENRO - Categoria: Incesto - Votos: 10
25648 - Tive um orgasmo espiando meu concunhado - Categoria: Fetiches - Votos: 5
25743 - Cunhado do meu marido, mas não queria... - Categoria: Incesto - Votos: 12
25744 - a rola grande e grossa do cunhado do meu marido - Categoria: Incesto - Votos: 10
25745 - odiava o marido da minha cunhada - Categoria: Incesto - Votos: 7
25746 - CEDI A CHANTAGEM TRANSEI COM MEU CUNHADO, - Categoria: Incesto - Votos: 15
28971 - Eu, minha prima e seu namorado - Categoria: Incesto - Votos: 7
29033 - O marido super dotado da minha prima - Categoria: Incesto - Votos: 5
29336 - Elas apostaram e perderam no jogo de damas - Categoria: Incesto - Votos: 11
33032 - DEI E GOZEI GOSTOSO COM MEU CUNHADO - Categoria: Incesto - Votos: 17
33192 - O Marido Negro da Minha Cunhada ! - Categoria: Incesto - Votos: 24
33514 - Eu, minha esposa e a prima dela. - Categoria: Incesto - Votos: 11
33515 - Abusada, pelo marido da minha prima, Gemi gostoso - Categoria: Incesto - Votos: 28
41875 - Transei demais com o compadre da minha amiga - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 3
42272 - Eu minha amiga e seu comadre - Categoria: Incesto - Votos: 10
42275 - Eu, minha amiga safadinha e o compadre dela - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
123534 - Eu minha sogra e sua amiga - Categoria: Incesto - Votos: 16

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico amandaprazer

Nome do conto:
Eu e Sil, sua mãe assiste tudinho.

Codigo do conto:
23421

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
17/12/2012

Quant.de Votos:
7

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


conto erótico: visita do irmÃoconvenci minha esposa dar para outros homenscontos-comi o cú da sobrinha na chanagemgifs jebas veiudasconto erotico brincando esconde esconde com novinha do bairropsicologas rabudas contosconto erotico narrado transei com meu pai diz filhavídeo de sexo cazeiro com novinha tranzando co padrasto. e ele fala pra rla fica quieta para mae não ouvirEsposa debachando dos cornos mansosmylher depilando buxeta de outra.mulherconto minha esposa pratica nudismo em familiaeu amo meu filho incesto sexo contoscontos eroticos gay host daddyimagens de loiras gostosas peladas transandorelatos as gostosas que seduziram seu padrastodupla+penetracao+eroticautimoscontosconto novinha o cara era pintudo de mas ele mim lascou todasupervisor de meu marido me arrombou contos eróticos gang bangconto errorico scatfotos d mulheres so d calcinha box cm a buceta inchadaxvidio animadoZoofilia franco e belinhavirei putinha do pastorpreguinhas da tia solteira curiosa contoswww.videos de lactofilia com caes.comconto erotico gay peludoPornomulher pebada q mexe muitoContos sobre beijos e podolatriacomi minha irma porque me atisou pornoPauzudo mijandovale tudo com a sogra conto pornoconto pai me apalpa me tocacontos eroticos conversa minha esposa putaContos eroticos cunhada precizando de dinheirocontos eroticos encestoFotocoroa rabudonaa mae do amigo , conto eróticocontos eroticos minha mae e meu primoConto gay muay thaiconto eroticos seduzi meu paicontos eroticos minha mulher voltou suja de bostacontos de fio terravidio porno erotico em desenho porno mae safada vom seu filhovideos irma grita estrupada pelo irmao que goza dentrocontoseroticoscmfotonora putacontosconto erotico trans babadinhoMinha esposa fudendo com dois marido brexando historiasrasgaram meu cu no escuro nao vi se e meu marido ou naoconto erótico entre sobrinhosdei meu cuzinho crente contosmulhermaravilhatransandohentaipedi meu pai pra gozar dentro da minha buceta, contocontos eroticos quadradinho negrosConto meti meu pau de.28cm. No cu da maninhabocetinha a11fode irma e cunhada de 25 anos a dormir peludasporno tia não acredita ao ve o sobrinho engoli o proprio pinto5 sado contos eroticoscontos eroticosuma mulher de familiameu filho me fudeu gostoso com fotossó o meu amante que me satisfaz"regina" download video pornocontos eroticos gay forçados 2017contos eroticos transei com o eletricistacotos eroticos estruprei o cu da amiguinha da minha filhaextuplado envade convento de freras novinhas e fode todas sexoconto erótico: meu irmÃo/sozinhocontos eroticos fudendo minha bisavoConto erotico meu pai tirou minha virgindade imagempapi comendo miha espozinha.conto[email protected]a virgem e o cavalo zoo comixrevista private relatosex marido bonzinho xupou minha bucetao marido fode a enteada pentelha safadaHomem de umuarama conto erotico gayminha erma. novinha xupau meu pauzaocotos eroticos estruprei o cu da amiguinha da minha filhaContoerotico18anos