Peguei a sapata



Meu nome é Carlos, 1,80m, 85kg, branco, forte e extremamente tarado em bundas. Tinha começado a sair com homens, mas minha vida sexual sempre tinha sido com mulheres.
Então, outro dia, aconteceu algo inusitado. Tenho uma amiga, de nome Márcia (fictício) muito querida e das antigas, que o pessoal todo da turma dizia que era sapata. Ela é meio feiona de cara, apesar do sorriso bonito (dentes perfeitos). Ela tem um corpo forte, pernas grossas, malhadas, sempre foi atleta, e uma bunda bem grandinha. De peito era meio fraca. Ela realmente tem um jeitão meio de macho, mas apesar disto, eu não acreditava que fosse sapata, primeiro, nunca tinha visto nada e achava que por trás daquelas roupas meio esquisitas que usava, tinha uma mulher ainda lá, escondida. Mas de tanto o pessoal falar eu fiquei curioso e resolvi tirar a prova.
Comecei a chamá-la pra sair. Almoçamos algumas vezes juntos e até jantamos. Foi-se criando um clima meio suspeito entre a gente. A turma começou a dizer que eu tava pegando. Mas eu negando tudo e ela também. E também ela não dava bandeira, me tratava com muito educação, carinho, mas não passava disto. Comecei a achar que era assexuada, não ligava pra isto.
Um belo dia ela me chama pra ir na kit dela almoçar. Disse que tinha preparado um almoço especial pra gente. Fui na boa mas sem pretensões.
Quando cheguei lá, música ambiente, champagne, pensei...ué, aí tem. Ela toda cheirosa e de robe. Mal entrei, ela me deu um beijo na boca e disse que queria dançar. Já agarrei logo, antes que o clima mudasse e começamos a dançar. Fui beijando seu pescoço, puxando seus cabelos de leve e metendo a mão na sua bunda, até pra matar a curiosidade que tinha se sua bunda era dura mesmo. Era. Dura que nem a de homem. E um bundão grande, do jeito que gosto. Pensei, hoje vou chegar atrasado no trabalho. rs. Dançamos um pouco, fomos bebendo champagne enquanto dançávamos e o clima pegando. Tirei seu robe e ela já tava peladinha. Tinha pensado em tudo a sacana. Ela foi tirando minha roupa, e depois que eu tava pelado, me deu uma chupada no pau maravilhosa. Mandei pra dentro até ela engasgar. Disse-me que nunca tinha feito aquilo e adorou a sensação. Safada. Foi me contando que só tinha saído uma vez com um cara, seu colega de profissão e que não tinha muita experiência com homem. Mas que eu tinha voltado a despertar esta curiosidade.
Falei: "Agora eu que vou matar minha curiosidade.". Empurrei ela pro quarto, pegando as camisinhas que sempre ando na carteira (pelo menos 3) e já fui derrubanda-a na cama. Ela gemendo, já dando aquelas tremidas com pequenos gozos.
Caí de boca na sua buceta. Era uma delícia, molhadinha, quentinha. Fui dedilhando, lambendo rapidinho e a deixando louca. Ela estava tendo diversos mini-gozos. Então, fui virando-a, devagar pra não assustar e pensei: "Agora quero provar o cuzinho". Parei um pouco pra visualizar sua bunda. Realmente era grande, não tinha marca de calcinha e era morena, meio mulata, bem feita, redonda mas dura, do jeito que gosto. Pensei, vou ter que comer. rs. Pedi um óleo pra ela, peguei e espalhei nas suas costas, bunda e coxas. Passeio no meu corpo também e caí por cima dela, me esfregando todo no seu corpo. Ela suspirava sem parar. Então aproveitei e meti na buceta primeiro, devagar, pela frente, vendo sua carinha de dor e satisfação. E depois, mais demoradamente, a peguei por trás, e ela fazendo uma carinha de dor, como se tivesse muito tempo que não dava. Depois acho que foi melhorando a dor, ela foi gostando, se adaptando e gozou pra caralho. Molhou a cama toda com as dedilhadas que dava na sua buceta enquanto a comia. Até me assustei.
Dei um tempo pra descansar, bebemos mais champagne, um pouco de água e recomeçamos. Pensei, agora é a bunda. Comecei a lamber seu cuzinho, ela estranhou e falou: "Aí não, é sujo". kkkkk. Falei pra ela : "Sei o que tô fazendo, aproveita e curte". E continuei lambendo...e ela reclamando, reclamando, até que começou a gemer e gostar...comecei a me encaixar nas costas dela, fui mirando meu pau no buraquinho e comecei a forçar. Ela começou a fugir, tentar escapar, mas comecei a usar da minha força e a segurá-la com mais pressão. Ela reclamou, tentou fugir, mas não teve jeito, uma hora a cabeça entrou. Ela soltou um grito abafado pelo travesseiro e tentou fugir, se arrastando e caindo da cama. Fui junto. Caímos no chão, meu pau escapou, mas juntei nela de novo e forcei. Ela se arrastou pra dentro do banheiro, devia estar desesperada pra fugir daquilo. Eu não quis saber, montei nela, imobilei e consegui meter meu pau de novo e disse: "Para de fugir porra, agora vamos até o fim. Vou te sodomizar. Depois você me fala o que achou, filha da puta". Ela dizendo: "Não, não, assim não...meu cu...no cu não, no cu não, safado. Ahhh.". Nem liguei. Continuei forçando meu pau no rabo dela e o tesão só aumentando. Encaixou, entrou e mandei vara. Terminei comendo ela no chão do banheiro mesmo. Ela com a cara no chão, cara de dor, de sofrimento, mas gemendo gostoso e dizendo: "Come filho da puta, nunca tinha dado a minha bunda. Come que tá gostoso. Nem minha namorada me come deste jeito. Seu sujo, você vai conseguir. Filho da puta, tarado". E gozou pelo cuzinho pela primeira vez. Mas naquela hora tomei um susto.
Então ela era sapata mesmo. A turma estava certa.
Eu naquele momento eu nem desconfiava, mas uma tentativa de vingança da namorada dela viria por aí...mas isto é outra história (verídica). Abraços.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario

Comentou em 02/03/2013

VOCÊ SÓ COME SE FOR A FORÇA, A FODA CONSENTIDA É BEM MELHOR (votei) LEIA O MEU NOVO CONTO 26644 MINHA PROFESSORA DE SEXO, A SENHORA X




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


26416 - Quem vencerá? - Categoria: Gays - Votos: 9
26466 - Revanche - Categoria: Gays - Votos: 14
26556 - Luta de espadas - Categoria: Gays - Votos: 13
27052 - Dois contra um, dancei... - Categoria: Gays - Votos: 6
28138 - Seduzi um fisiculturista - Categoria: Gays - Votos: 9
29197 - No escuro - Categoria: Gays - Votos: 2

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico arkonsex

Nome do conto:
Peguei a sapata

Codigo do conto:
26624

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
02/03/2013

Quant.de Votos:
5

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


novinha aosgrito cem aguetar hdcontos eroticos em quadrinhos de compadre super dotados comendo comadre e afilhadasputa de moz fode vagina cheia de espermatio mete no cu da subrinha de chortinho na cuzinhacontos eróticos larinha minha filhinha inocentecontos eroticos climax daputinha dando pros amigosLiga da justiça porno gaycontos de desenhos pornocontos erótico enquanto minha mulher dormiaconto erotico escolaquadrinho fazendo chuva dourada pornoquadrinhos eróticos de negrovariedades de conto quadrinho nacional corno manso pornôcontos erotico dei sonifero e comi minha tiacolado conto heterocontos gays o engraxateconto erotico namorada na boate perdi apostacontos erofotos da minha cunhada gostosacomi meu irmao mais novo gayquadrinho.porno gayconto luesposafielsexo e prazer contosutimoscontoscontos eroticos virei cadelaContoeroticomeninaviciadacontos fotos minha amiga no cinemaWww.contos eroticos de irma de igreja.com.ptcontosrdcontos eroticos andando de moto sem calcinhacontos erotico prima beatacontos com fotoscfm casadasconto erotico minha enteada gosta de apanhaconto eroticos amigo do meu maridoconto gay padre infanciadocenandacontos gay coroa no parqueputaria mozcontos eróticos mãe gostosa e pai ausentecorno swing venus desire buracoarrombou meu cu contocontos eroticos ninfetinha de bikiniwww.contos eroticos cunhado caçula pauzodo come cu da cunhada gostosacontos eroticos sou corno de meu filho caculacasadasquadrinhoFotos pornoquadrinhos minha mulher brazilmae amiga grupal contocontos com fotoscfm casadasConto gay - "pediu leite"virei o putinho do bairro conto gaypassando o ferro na coroa conto eroticocontos eroticos goza dentro no fundo da minha bucetaultimos contos sadosperdi as preguinhas do cu quando era pequenaSou casada mas adoro quando um desconhecido levantou meu vestido e me comeu dentro do ônibus lotado ainda me ligou para o motelvídeo convencer marido ser cornocontos eroticos a dona do bar rabuda hentaiporno gay quadrinho mozto ruContos eróticos gay incesto a trêshistorias porno reais de caminhoneroschorou na pica contoMamando filho novinhos contoseroticoshq porno gaycontos de putaria sou safada meu cunhado e seu amigo me fuderaofilme de pornô morena com cavalo das Naçõessexo:vadias nociocontoconto eroticos amiga vAdiacontos cresci fazendo putariacontos eroticos relatos de mulheres que ficaram impresionada contosreaiscontos erotico cheirei a calcinha de renda da irmacontos eroticos loucura da minha mulhercontinuação do conto erótico de incesto eu so fudia a buceta da minha filha eu ainda não tinha fundido seu cu virgem eu disse pra minha esposa que eu fudia a buceta da minha filha minha esposa disse pra eu fuder minha filha na sua frente eu comecei a fuder a buceta da minha filha minha esposa tirou sua roupa eu fudi elas duas juntas eu depois eu levei minha filha pro motel pra eu tirar a virgindade do cu delacontos eroticos gay eu virei mulher de um mendigoconto erotico minhas filhas safadas de shortinhocurtoporno conto erotico de traiçãocontos de cornos de bicontoerotico fudido pelo porcoSoca esse pauzão na minha buceta arromba essa puta contoscontos eroticos maduras a piça dos negros é gg eu adoroutimoscontosprofessora safada_quadrinho eroticocontos eroticos com videos. deichei meu marido fuder a minha amigaconto erotico,negao com pirce na linguaquadradinhoerotico sexo no barsexogabicontos gay meu filhinho bebezinho viadinhoConto vendo minha mae sendo arrombadaPequei minha ermazinha de biquineMinha colega era virgem na casa de praia conto eroticoirmãs ciúmentas conto eroticoacordei de conchinha com meu amigo sexo gayConto esposa sem calcinhaeu e meu irmão no feriado sem nossa turma de amigos eu e ele no hotel meu irmão ele fudeu minha buceta conto eróticoconto erotico suruba em familiaminha esposa me ajudou eu abusar da maninha dela contosxnxxquadrinho incestocontos tomei gostoso na bucetinhacoleira bdsm metalica mulherconto de desmaiei com a pica do meu avô no meu cuConto piazinho pauzudo insesto