Estourando a calcinha da esposa do Julio na festa



Após a última transa transformei, Julio e Cristiane nos meus putinhos isso era irreversível.

Deixei o casal bem a vontade e não liguei para não sr inoportuno, mas não havia como negar que eu havia gostado muito de possuir marido e mulher e transformá-los nas minha fêmeas.

Era sábado, verão brasileiro com aquela tipica noite de calor
e Rominho faria uma churrascada na sua casa e convidou todos amigos e pra lá #partiu

A festa tava bacana só os amigos mesmo, alguns casais e poucas mulheres livres e quando vejo Julio e Cris chegando, ele num jeans e camiseta preta e ela num vestido solto roxo, estava linda.

Meio envergonhados chegaram para me cumprimentar, dei um abraço no Julio e disse-lhe no ouvido:

- Fala meu chapa, como ela tá gostosa hoje ein

Ele meio sem jeito deu uma risada de corno safadinho e foi quando fui cumprimentar Cristiane, e dei-lhe um abraço apertado e uma cheirada no pescoço dizendo-lhe:

- Como você está gostosa minha puta!

- Obrigada...

E nisso deixei minha mão escorrer levemente suas costas até a parte de baixo próxima à bundinha, tateando a tirinha da tanguinha.

E nisso o casal foi conversar com outros amigos e eu já havia tomado um Double Red, estava à vontade e sempre que podia sem levar a lebre dava uma secada na Cristiane que estava bem gostosa e foi quando vi Julio saindo de quebrada com o Bira, um dos que cresceram com a gente mas era maconheiro assumido, pensei comigo, "Esse veado foi fumar um".

Fiquei esperto na Cristiane e quando vi ela indo ao banheiro que ficava no interior da casa fui atrás, quando ela entrou e foi fechar a porta coloquei meu pé impedindo, ela olhou para ver e nisso fui empurrando a porta e entrando, e ela me disse:

- Geo tá louco? Sai daqui, alguém pode ver...

- Ninguém viu fica tranquila!

E nisso tranquei a porta e fui beijando sua boca gostosa e macia, encurralando e prensando ela contra a grande pia do lavatório, encoxando forte e com as mãos suspendendo seu vestido buscando as carnes de sua bunda.

- Geo para pelo amor de Deus alguém pode ver, o Julio pode vir aqui, por favor para....

E eu chupando seu pescoço, colocando seus peitos pra fora do vestido e descendo a boca dando chupões respondi:

- Aquele corno largou a esposa para fumar maconha com o nóia do Bira, você acha que ele tá preocupado com você?

E nisso fui chupando seus peitos enquanto subia seu vestido até alcançar a tanguinha e quando comecei a tirar Cris disse:

- Não Geo, por favor não faz isso eu faço um boquete em você, mas não posso transar aqui com você, uma outra hora a gente faz....

E nisso sedento pela bocetinha da Cris peguei a alça lateral da calcinha com minhas duas mãos e estourei primeiro do lado direito e na sequencia fui para o lado esquerdo enquanto ela tentava impedir e se defender mas não teve jeito, minha voracidade pelo seu corpo era tanta que arrebentei do outro lado e de uma única vez puxei o resto do pano da calcinha contudo, desenterrando do meio de seu rabo e ela soltou um gritinho:

- Aí Geo tá me machucou...

E nisso voltei a beijá-la e chupá-la com vontade enquanto sacava meu pau pra fora da calça arriada, e erguendo sua perna fui guiando meu cacete duro para o meio de suas coxas e a putinha começou inclusive a rebolar para encaixar o pau, vindo com o quadril para frente até que o caralho duro entrou e ela soltou outro gritinho:

- Uiiii, devagar Geo...

E com Cristiane com o corpo encurralado contra a parede, com uma perna erguida e o pau no meio de suas pernas já dentro de sua xoxotinha comecei a bombar, enquanto lhe chupava pescoço, beijava-lhe a boca, com uma das mãos atolada nas carnes de sua bunda e a outra puxando-lhe pelos cabelos da nuca dominando-a totalmente bombei, bombei forete e decidido enquanto ela começou a soltar gemidos de tesão.

Não demorou muito e Cristiane acelerou as reboladas na encaixada de rola que dei-lha na bocetinha até anunciar o gozo:

- Ohhhhhhhh, fode Geo, me fode seu canalha!

E sentindo a pulsada de boceta no meu cacete acelerei as bombadas colocando mais força até que a ergui completamente no ar pelas duas pernas e meu pau enterrou fundo na sua xoxota e com ela abraçada ao meu pescoço e eu presnsando-a na parede, gozei fundo na bocetinha de Cristiane, ejaculei fartas golfadas de esperma no útero daquela casadinha que havia se tornado minha puta.

Aos poucos desci ela que me olhando no fundo dos olhos meu deu um longo beijo de lingua como se tivesse apaixonadamente agradecida pela foda que demos.

Fui subindo a calça, peguei o resto da calcinha estourada e guardei comigo sem ela perceber e disse-lhe, senta aí um pouco e espera pra sair daqui uns 3 minutos.

Nisso fui pra fora da festa e vi Julio, que já havia voltado como se procurasse a esposa, cheguei perto do corninho e disse no seu ouvido:

- Tá procurando sua putinha tá?

E ele todo submisso:

- Sim Geo, cadê ela?

Tirei a calcinha estourada coloquei em sua mão e disse-lhe:

- Se você for rápido ainda pega ela com a xoxotinha quentinha com a minha porra dentro seu corninho maconheiro safado....

Ele deu uma risada de corno excitado e saiu rápido em direção ao banheiro.

Cornos que gostam de ver a própria mulher fodida por outro macho me enviem email.

Foto 1 do Conto erotico: Estourando a calcinha da esposa do Julio na festa

Foto 2 do Conto erotico: Estourando a calcinha da esposa do Julio na festa

Foto 3 do Conto erotico: Estourando a calcinha da esposa do Julio na festa

Foto 4 do Conto erotico: Estourando a calcinha da esposa do Julio na festa

Foto 5 do Conto erotico: Estourando a calcinha da esposa do Julio na festa


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario aventura.ctba

aventura.ctba Comentou em 18/11/2013

Nada como uma transa casual para dar um up no momento. Votado

foto perfil usuario potencia

potencia Comentou em 10/07/2013

ae, curti, visual excitante, o teu pauzão entrando naquele bucetão, vamos ser amigos? sou de sampa tb.

foto perfil usuario 18cmsp

18cmsp Comentou em 24/06/2013

eu tenho várias fotos fodendo umas putinhas quem quiser ser fodida pode ser casal ela só sou de sp capital

foto perfil usuario LINGUADOXUPADO

LINGUADOXUPADO Comentou em 19/04/2013

BOM

foto perfil usuario fran-safada

fran-safada Comentou em 26/03/2013

Que conto maravilhosoooo... Qria ser eu a sua putinha... Adoraria ser fodida por vc assim... Bjos Delicioso..

foto perfil usuario

Comentou em 26/03/2013

Mandou bem, Geovane, nota mil , parabéns p/fotos. Não visitou minha pg,se fez, não comentou, eu votei neste

foto perfil usuario

Comentou em 26/03/2013

Mandou bem, Geovane, nota mil , parabéns. Não visitou minha pg,se fez, não comentou, eu votei neste




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


15237 - Engravidando a Esposa do Vizinho - Categoria: Traição/Corno - Votos: 20
20999 - Arrebentando o cabaço da afilhada 01 - Categoria: Incesto - Votos: 27
21001 - Arrebentando o cabaço da afilhada 02 - Categoria: Incesto - Votos: 25
21007 - Cris e Julio espetados no meu caralho - Categoria: Traição/Corno - Votos: 29
21148 - Casal mamando junto meu cacete - Categoria: Traição/Corno - Votos: 16
21250 - Arrebentando o cabaço da afilhada - Final - Categoria: Incesto - Votos: 38
23008 - Ejaculada na Boca da Mulher do Amigo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 18
23072 - Eu e o marido fodendo juntos a mãe da afilhada - Categoria: Traição/Corno - Votos: 23
23244 - Esposa grávida chupando amante na porta de casa. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 21
34407 - Estourando a boceta da novinha funkeira - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10

Ficha do conto

Foto Perfil geovane
geovanesp

Nome do conto:
Estourando a calcinha da esposa do Julio na festa

Codigo do conto:
27362

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
25/03/2013

Quant.de Votos:
25

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


passando a mao no decote e chupando os peitosconto erotico fodendo minha tia negrabucetas as mais belas esguixadas pornoconto gay pepino crememarido pega sua gordinha tranzando com pintudoContos eroticos com enfermeirascorretora de uma prateleira de um anal para o novinho primeira vezmeu padrasto me flagroucontos eroticos de lactofiliamotorista velho gay contosconto incesto perdi aposta e trepei com meu filhoconto erotico na cidadezinha do interiorconto erotico jornaleiroconto eroticosafadoconto erotico gay apaixonadocontos erotico de policial femininaporno Mãe cunhadoconto erotico evangelica novinhaconto gay espalhoucontos eroticos estupradapunheteiro conto erpticossexo caseiro no vinha desmaio com dotadoconto erótico meu marido ê minha femia e meu veadodei o cu por engano casada contoscontos eróticos meu tio comeu meu c* na lavouraconto erotico de lesbicas com bucetao greludo cabeludo mijandopicas cabeçudas e meladas"conseguiu comer minha"ultimos contos sadocontos eroticos com fotos mulher casada traindo corno gozada empresario chefebear barrigudo gay contosconto fudendo crossdesserescrava sexual contoscunhado me comeu contoconto erotico confudiu minha amiga comigosou putinha do papai e amigos contos eroticoscontos meninas abusadas em quadrinhosFOTOS CANTOS EROTICAS TIO NEGAOContos.erotico.mae.filho.depois.do passeio.no.parque.onto erótico angolanovideo de porno inpurrei comfosa ela choraos convidados comeram minha mulher hentai e contos eróticoscontos minha linda mulher de Madame virou p*** do nosso empregadomamando no padrinho contos gayhttp://contactpromo.ru/perfil.cfm?widn=17334&wa=ccontos de corno minha vida com amandaeu perguntei pra minha filha você que perder sua virgindade da sua buceta com seu pai minha filha disse pra mim mãe eu já brexei várias vezes meu pai ele fundendo sua buceta e seu cu no seu quarto meu pai ele tem um pauzao eu disse pra ela filha seu pai ele vai ser carinhoso com você minha filha disse pra mim eu quero mãe perder minha virgindade da minha buceta com meu pai eu disse pra ela filha hoje a noite eu vou levar você comigo pro meu quarto pra você perder sua virgindade da sua buceta com seu pai conto eróticocontos eróticos - gravida de um pivetemamae.putaFotos curitibana dp swing orgia caseiras amadorasconto trai 3 percebeu larga contei perdou cornoquadrinho erótico baixinho pausudo heterossexualcomi minha irma mixando fotos e contosconto boquete no amigo heteroconto eroticos de infânciaa minha cunhada quadrinho pornocasada deu pro primo roludo que saiu daprisao contodesenhos eroticos gaysxvidios gaybaile de carnaval putariadei o troco no meu marido na cachoeira contosvi meu genro arrombando minha sobrinha com aquela geba gigante. conto eroticoContos,eroticos vizinho e eu novinha porno rasoporno esposa flagra marido chupando picacontos eroticos de um pauzudo com minha esposagariroludocontos eróticos violadas por mlkscontos eroticos de vovô faz netinho de femêa para fuder gaysContoeroticoshortcontosesposa pervertida fktomulherescomedor cuoh familia novos contoshistoria em quadrinho mundo erotico gaycontos com fotoscfm casadasoctavia minha escrava parte 3conto erotico minha tiaSex log gay gama dfcontos eróticos de sogro coroa tirando as preginhas da norinha novinhaconto erotico meu amigo provou pra mim que minha esposa e facinhacontos eroricos alpapada na festameu marido chupou meus seios no cinemaContos eroticos de filhinha de 05 anos que nem peitinhos tinha com o Pasrastoconto o dia que dei pro meus cunhadosOrgias com os moleques contos eroticosconto erotico papai pirocudo alto me regaçoconto erotico faveladaconto erotico rafa2014roludos descomunalvovos gays viciado contos eroticosmenina.motara.abucetacontos gay peguei carona e dei o cuconto erotico minhas filhas safadas de shortinhocurtoutimoscontoscavalo rasgando cu ate soltar porra