ARREGAÇADA POR UM PAU E UM CONSOLO




Sou Monica 21 anos, modéstia à parte bem gostosa, com tudo em cima. Já andava a um tempo sem uma boa trepada, tudo era rotina, nada de diferente. Foi quando me lembrei do primo de uma grande amiga minha, o Daniel, que eu conhecia de fama. Minha amiga sempre me contava do calibre do seu primo, que era um verdadeiro jeque, tanto em comprimento como em grossura.
Eu só de pensar ficava com água na boca e achei que a hora de experimentar seria essa! Combinei com minha amiga um encontro “casual” num barzinho. Ela nos apresentaria e daria um jeito de ficarmos a sós para eu ter a chance de conferir o material. Antes do encontro ela ainda perguntou se eu tinha certeza de que era realmente isso que eu queria, pois poderia vir a me arrepender. Me arrumei para a ocasião com uma blusinha bem justa e decotada, branca e sem sutiã, uma mini saia bem coladinha e sem calcinha, para facilitar as coisas e um salto bem alto. Me depilei todinha, inclusive a totosa, nome como eu chamo minha bucetinha carinhosamente. Chegando no barzinho avistei minha amiga e o Daniel. Ele era lindo, alto, forte, realmente bem gostoso, com uma cara de cafajestes. Simplesmente perfeito. Conversa vai, conversa vem, toca o celular da minha amiga, ela dá uma desculpa e vai embora, não sem antes pedir ao Daniel para me levar para casa. Ele dá um sorriso de satisfação e diz que não precisava nem ela pedir, que é claro que ele me levaria para casa. Me deu um olhar bem maroto e eu fiquei molhadinha na mesma hora. que homem era aquele!!! Parece que ele transpirava sexo. Ficamos mais um pouco no bar e ele me convidou para mais um drink no seu apartamento e eu aceitei na hora, afinal foi para isso que eu e a totosa nos preparamos o dia inteiro. Chegamos no seu prédio e na garagem, sem mais nem menos ele me pega de encontro ao carro e me dá um beijo de desintupir pia, vai passando a mão no meu seio com força, depois vai descendo e começa a alisar a totosa, que a essa altura está trasbordando. Penetra dois, três dedos e começa a fazer movimentos circulares e com a outra mão tenta penetrar meu cuzinho com um dedo. Lubrifica o dedo na totosa e enfia de uma só vez no cuzinho. Dei um gritinho de dor e ele tampou minha boca com um beijo. O homem era insaciável… fiquei aproveitando os movimentos que ele fazia e tive alguns orgasmos. Ele se ajoelha entre minhas pernas e suga a totosa, me penetra com a língua e diz que adora xaninhas totalmente depiladinhas, asssim como a totosa. Não aguento mais de vontade de ver, sentir, chupar o pau daquele homem, afinal era para isso que eu estava ali. Ele se levanta e eu tento abrir sua calça e analisar o material, mas ele diz calma… você vai ter o que quer, mas lá em cima, no meu apartamento, bem confortável. Me recompuz um pouco, subimos para seu apartamento e no elevador a totosa foi prenchida com alguns dedos. Ele se encostou no meu bumbum e pude sentir um belo volume e dureza. A noite prometia. Chegamos ao seu apartamento, eu de perna mole devido à massagem da totosa no elevador e ele já foi me arrastando para o seu quarto. Me deixou totalmente nua, me deitou na cama com muito carinho e também ficou nu e eu quase não acreditei no que estava vendo. O homem era um verdadeiro jeque. Não sei como podia guardar tudo aquilo na cueca e na calça. Depois de tudo vim a saber que ele tinha 27,5 de comprimento por 6,5 de grossura. Quando vi tudo aquilo gelei, foi como um balde de água fria. Acabou o meu tesão na hora, era demais para mim, poderia até me machucar. Ele vendo minha cara, deitou por cima me imobilizando e tentou me acalmar. “Não se assuste Larissa, está noite você vai ter o que toda mulher sempre sonhou, eu nào vou te machucar, só vou fazer você gemer de prazer” Me beijou muito, sugou meus seios, e caiu de boca na totosa, que a essas alturas já estava encharcada contra a minha vontade, pois eu queria era parar com aquilo antes que fosse tarde. Mas já era tarde. Ricardo abriu a mesinha de cabeceira, pegou uma pomada e passou na totosa e em todo o seu belo pau, me pos na posição de frango assado e começou a penetração. Gritei de dor apesar do lubrificante e tentei recuar. Ele me disse: “Calma, vou facilitar as coisas para você, é só você colaborar e ficar bem quietinha.” Nisso tampou minha boca, forçou a entrada e numa só estocada me penetrou totalmente. Senti as bolas batendo em mim. Cheguei a ficar tonta de dor. Me sentia toda prenchida, não conseguia fazer nenhum movimento, sentia aquela tora empurrando meu útero. Daniel ficou um pouco quieto para eu me acostumar e depois começou os movimentos de entra e sai. Não posso negar que passada a dor e o susto, tive os maiores orgasmos da minha vida. O homem era um touro, insaciável, controlava perfeitamente seu gozo. Tirou tudo aquilo de dentro de mim, me virou de quatro e disse: “Fica de quatro pra mim , minha putinha. Agora que eu já te arregacei, vou te comer de tudo que é jeito. Quero você bem cadelinha pra mim” . Eu toda mole, de quatro fui penetrada novamente numa só vez, como uma verdadeira cadela. Só conseguia gemer baxinho e ele em cima de mim parecia um touro. Me fodeu até cansar e finalmente gozou abundantemente na minha totosa, que a essa altura estava vermelha e inchada. Caí na cama e ele por cima de mim, ainda com o pau dentro de mim. Ficamos um bom tempo assim, com ele acariciando meus cabelos e minhas costas e a totosa cheia com o seu pau. Tirou o pau e falou, “Limpa ele pra mim, minha putinha. Chupa bem gostoso que eu ainda vou comer o teu cuzinho hoje” . Não dei muita atenção, pois achei que seria impossível. Ele se deitou de costas, abriu bem as pernas e eu fui dar um trato ao seu pau, e que pau!!! Era imenso, grosso, uma cabeça bem vermelha, as bolas bem escuras e grandes. Tentei por na minha boca mas não entrava, então fiquei dando lambidinhas em toda a sua extensão, dando pequenos chupões nas bolas, fazendo todo tipo de carinho. Era uma delícia, quem aproveitou bem foi a totosa, que foi bem comida por ele. Aquele monumento começou a crescer nas minhas mãos e chegava a assustar. Ele de repente me virou de bruços, colocou ums travesseiros em baixo da minha barriga, passou bastante pomada no meu cu e começou a introduzir um dedo. Doía bastante, pois eu era virgem no cú. Disse isso a ele e foi a mesma coisa que acender um estopim. O homem ficou louco, passou mais pomada e foi introduzindo aquela cabeça enorne. Me debati, Berrei de dor e ele novamente tampou minha boca e introduziu a cabeça de uma só vez. Pensei que fosse desmaiar de dor. Lágrimas escorriam pelo meu rosto. Tampou minha boca novamente, me deu três tapas com bastante força na bunda e introduziu de uma só vez a tora em mim. Cheguei a perder os sentidos por um tempo. Quando acordei ele me fodia como um animal selvagem, me batia na bunda e falava todo tipo de obscenidades. Não senti prazer, só dor. Abriu a gaveta do criado mudo e tirou um consolo enorme, maior ainda que o seu pau e numa só estocada me penetrou na totosa. Estava com os dois buracos totalmente preenchidos, parecia que eu seria rasgada ao meio. Depois de quase uma meia hora me comendo, acelerou os movimentos e gozou dentro da minha bunda. Quando tirou o pau, sua porra escorria até as minhas coxas. Lambuzou os dedos e colocou na minha boca para eu chupar. Sua porra tinha um gosto bom, não posso negar. Tirou o consolo da totosa, me virou de costas e me beijou apaixonadamente. Pediu desculpas se tinha me machucado e falou que se não fosse assim à força, eu não deixaria, e ele sabia que eu queria e estava sem coragem. Me levantei, fui ao banheiro para ver o estrago. Do meu cu ainda escorria sua porra misturada com sangue e a totosa estava toda melada, vermelha, inchada e latejando. Liguei o chuveiro, entrei em baixo, fechei os olhos e fiquei pensando na loucura que eu fiz. Ir para a cama com um desconhecido por curiosodade. Nisso escuto um barulho e era Daniel comigo embaixo do chuveiro, de pau duro e o consolo na mão. Tentei fugir, mas ele me pegou, ergueu uma perna e foi me penetrando sem a menor cerimônia. A totosa só gemia de dor e prazer. Foi me levando para fora do chuveiro, sentou no vaso e eu sentada em seu pau. Foi forçando a entrada do meu cu com o consolo, me machucando ainda mais e numa só estocada enfiou o consolo no cu, ajeitou o pau dentro da totosa e mais uma vez ficou me fodendo ali, nos dois buracos, do jeito dele. Demorou muito para gozar e eu aguentando firme. Gozou e eu me levantei, as pernas bambas. Ele me levou para a cama, me deitou, ergueu minhas pernas e foi examinar o estrago. Quando viu meu cu, falou: “Nossa, é bom que você não veja o tamanho do buraco que eu fiz em você. Amanhã já vai estar melhor, e quanto a totosa, só está um pouco inchada, mas nada de grave. Me senti mais humilhada ainda, ele me examinando como se eu fosse uma puta, ou um objeto. Me colocou no seu colo de bunda para cima e me deu uma bela surra, como se fosse uma criança. Eu já nem sabia onde é que doía mais, se era na bunda, no cu ou na totosa. Me levantei para ir embora e ele me fez deitar e mais uma vez comeu minha totosa sem dó nem piedade, depois enfiou todo o consolo, me virou e penetrou no meu cu com aquela vara que não queria mais amolecer. Derramou toda a sua porra dentro do meu cu e o que escorria ele esfregava na minha bunda ardida. Segundo ele, para parar de arder. Fui para casa me sentindo como uma verdadeira puta. Usada, humilhada e paga. Fiquei três dias sem poder sentar devido ao buraco que ele fez no meu cu e minha totosa não quer saber de pau tào cedo e com um desconhecido, nunca mais!!

Foto 1 do Conto erotico: ARREGAÇADA POR UM PAU E UM CONSOLO

Foto 2 do Conto erotico: ARREGAÇADA POR UM PAU E UM CONSOLO

Foto 3 do Conto erotico: ARREGAÇADA POR UM PAU E UM CONSOLO


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario

Comentou em 08/12/2017

delicia de conto e fotos

foto perfil usuario Soninha88

Soninha88 Comentou em 06/09/2014

delícia de conto...uma gostosa transa anal com um cacetão é tudo de bom... adorei e votei...e as foto tambem são de um lindo cuzinho arrombadinho...




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


52829 - Casada em busca do prazer - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
52830 - Para comer ela, Tive que comer ele - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
52839 - Meu amigo me comeu na praia - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
52840 - Minha Mãe puta - Categoria: Incesto - Votos: 15
52841 - MEU MARIDO NÃO SABE QUE TIREI FOTO DA BOCETA - Categoria: Fetiches - Votos: 26
52866 - Corno obediente - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
52868 - DE MULHER CASADA A PUTA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
52870 - O AMANTE DA MINHA ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
52871 - ARROMBADA - Categoria: Fantasias - Votos: 7
53112 - PERDENDO A VIRGINDADE DO CUZINHO PRO AMANTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
53113 - MEU MARIDO ME VIU DANDO PRO NEGÃO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 17
53139 - COMENDO A PRIMA DA ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
53141 - VINGANÇA GOSTOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
53142 - MINHA MULHER TRANSOU APROVEI MAS NÃO GOSTEI - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
53184 - MINHA ESPOSA CADA VEZ MAIS PUTA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 14
53185 - QUE PICA GOSTOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
53186 - FANTASIA DO AMIGO DE TRABALHO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
53188 - ESTREANDO O BRINQUEDO COM MEU MARIDO - Categoria: Fantasias - Votos: 10
53241 - Minha prima casada - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
53242 - A casada do condomínio - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
53243 - A filha da empregada - Categoria: Fantasias - Votos: 5
53246 - O colega da esposa - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
53248 - Esposa exibida demais... - Categoria: Traição/Corno - Votos: 14
53412 - Paguei o preço pela traição - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
53478 - Casada do interior - Categoria: Traição/Corno - Votos: 18
53479 - Gata safada - Categoria: Fantasias - Votos: 4
53616 - Realizei meu desejo com ninfeta - Categoria: Fantasias - Votos: 9
53618 - Comida pelo tio - Categoria: Incesto - Votos: 14
53619 - Violentada... adorei. - Categoria: Fetiches - Votos: 9
53621 - Traição...procuramos e encontramos. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 23
53761 - Fui putinha - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
53762 - Coroa gozando loucamente - Categoria: Fantasias - Votos: 4
53763 - O marido bêbado....corno. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
53807 - Comi minha vizinha bebada - Categoria: Fantasias - Votos: 20
53830 - Me descobri - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
53832 - Deixei a putinha acabada - Categoria: Fantasias - Votos: 4
53833 - Comida de todos os jeitos - Categoria: Fantasias - Votos: 3
53834 - Comendo a coroa - Categoria: Fantasias - Votos: 1
53837 - CUNHADA CURIOSA E SAFADA - Categoria: Fantasias - Votos: 8
53905 - DA MESA PARA O SOFÁ - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
53906 - Traçada na mesa - Categoria: Fantasias - Votos: 2
53907 - Eu permiti o chifre - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
53908 - SURPESA NA MUDANÇA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
53997 - Minha cunhada gostosa - Categoria: Fantasias - Votos: 4
53998 - Uma mulher inesquecível - Categoria: Fantasias - Votos: 2
53999 - Garota deliciosa - Categoria: Fantasias - Votos: 2
54000 - A esposa do diretor - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
54001 - Adoro minha secretária - Categoria: Fetiches - Votos: 2
54002 - Meus vizinhos - Categoria: Fantasias - Votos: 6
54364 - Só atrás viu! - Categoria: Fantasias - Votos: 6
54481 - A mulher do primo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
54483 - Ela tava louca por um pauzão - Categoria: Traição/Corno - Votos: 28
54537 - Meu amigo é corno manso - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
54538 - O amigo do meu marido - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
54608 - Um amor de vizinha - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
54656 - Currada pelo sobrinho do marido - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
54657 - Minha puta - Categoria: Fantasias - Votos: 5
54830 - ENRABEI A GERENTE - Categoria: Fantasias - Votos: 4
54888 - Eu e a vizinha - Categoria: Fantasias - Votos: 2
54891 - Aventuras de uma casada safada - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
54892 - Minha mulher e sua mãe querem cacetes grandes - Categoria: Fetiches - Votos: 14
54954 - A filhinha do meu amigo - Categoria: Fantasias - Votos: 7
54956 - Mulher normal - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
55212 - Esposa de um grande amigo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9

Ficha do conto

Foto Perfil jota202356
jota202356

Nome do conto:
ARREGAÇADA POR UM PAU E UM CONSOLO

Codigo do conto:
52869

Categoria:
Fantasias

Data da Publicação:
05/09/2014

Quant.de Votos:
7

Quant.de Fotos:
3


Online porn video at mobile phone


porno os Simpsons quadrinhoscontos - sobrinha tomando leitedragon ball z hentai gayconto erotico criei pelo bucetacontos erotico gay menino na escolinha de futebol com volume no calçao de futebolvi pai pelado pinto dele e muitograndee ecomeu euvideos irma grita estrupada pelo irmao que goza dentrocontos comie o cuzinho.da novinha e ela me cagocontos de safados de primosconto erotico evangelica peitudaconto erotico na cidadezinha do interiortransei com mi.comha irma gostosa bundudacontos eroticos. comendo a carcereiraContos porno incesto mae dando cu ao filhocontos eróticos banda desenhadacontos de casadas cornéando o marido com o sogrocontoprofesoraconto erótico corno de esposa crente de negro velhoprofessora safadaContos eroticos com enfermeirasPorño Penis frisos na boceta xoxotaxvido mulher gozádo sim paraconto erotico com padrinhoprofesora safadonacontos em mogi das cruzes a loira e o pedreirocontos com fotoscfm casadasa namorada do meu filho conto eroticoConto erotico bebendo porracontos gay papakucontoerotico meu vizinho do pau gradeconto gay video gamepais a emrrabar as filhasPerdi minha virgindade para meu cachorro labrador gay novinho contosdeixo meu irmãozinho bater punheta vendo minha bundaLapis na buceta contoconto bi tem um pauzudo me comendocredimar safadopornografiaface bookindefeso e fragil conto erótico gayConto erotico meu pai tirou minha virgindade imagemblog lindas sexconto erotico com neguinha da rocacontos eroticos muay thaicontos eróticos brechei meu filho na madrugadae ele me fodeofotos rola curta grossa e veiudaquadrinhos pornô minha damacontos eroticos meu filho gozou na minha bucetaporno gay quadrinhos simpsonsconto erotico pega forçadautimoscontosvídeos sexo homem fode gay e bate bulheta nele levantando gay nos braçosPutariamoz.Com.Ptcontos eroticos de menina transando com o novatocontos gostosa fazendo amiga racista da pro negaocomendo gorda conto eroticocontos erótico meu marido me ajudaconto erotico em quadrinho festa de aniversarioconto de sexo fui chantageada pelo meu paiconto eroticos submissao com meu amigo gayférias com vovó na roça metendofoto coroa sesentona deliciacontos eroticos virei meninacontos podolatria me amordaçouContos eróticos picantes de gays com fotos ilustrativasconto de sexo comi o cu da minha vóconto erotico gay viado vai pra casa do coroa dar o cuConto erotico primaContos pornos-estuprei minha avódepois que virei corno nao tranzo mais com elaconto erotico de pai e filha lavano ropaconto erotico comendo tiacontos eroticos dei gostoso para o meu tio e fui chingada de vadia putaconto erótico gay cheiro de rolagay contos pedreirobuceta inchada e ardida macho deixou para o cornofui pintar a casa da minha cunhada com ela e minha esposa e o marido dela cantos eroticosPorno sexo gemido de prazer de esfomeadas com pauzao gostoso