Tudo em familia



   ENTRE FAMÍLIA

      O que estou relatando aconteceu a poucos um ato de puro carinho em família ! Sou Rafael tenho 31 anos e estou noivo a três meses com Fernanda uma moreninha muito gostosa tudo no lugar perfeita bundinha empinadinha bucetinha apertadinha uma loucura ate começarmos a fazer amor tudo por que sou tarado por um cuzinho e ela tem um problema tem emorroida e sentia dor e eu ate entendia mais como antes de começarmos a ter relações eu sempre dizia pra ela que adorava comer um cu bem gostoso e adorava a bunda empinada dela só de mi esfrega ficava todo melado e ela enfiava a mão dentro da minha calça para conferir e levava ate a boca . Com o tempo ela passou a se sentir mal pro não poder mi satisfazer por completo e passou a falar com sua mãe Dona Regina uma mulher perfeita muito gente boa com um par de coxa uma bundona empinada seios fartos pele morena eu seria muito sortudo se a Fernanda ficasse exactamente como a mãe , sobre a emorroida chegaram a ir no medico mais o medico passou um remédio mais mesmo assim não conseguia mi dar o cuzinho eu sempre compreensivo não reclamava ate por que ela supria o que eu não tinha de outra formas mais ela sempre insistia com a mãe chegou a voltar no medico pedindo para operar e o medico logo tirou de cabeça dizendo que ela não fazia ideia de como era uma cirurgia e que se ela toma se o remédio e evitasse algumas coisas ela teria uma vida normal então foram embora no caminho de casa sua mãe lhe perguntou se incomodava tanto assim ela disse que nem tanto e sem medo disse o motivo real que gostava tanto de mim que estaria disposta a fazer o que fosse pra mi satisfazer Dona Regina ficou louca de raiva achando que eu e quem tinha posto aquilo na cabeça da Fernanda e ela logo explicou que não que eu era bem carinhoso e compreensivo e tinha chegado ate ficar bravo com ela por que eu tinha dito que iria fazer essa cirurgia aí dona Regina perguntou então porque ela mesmo assim queria fazer aí Fernanda disse o quanto eu era tarado por um cuzinho e tinha medo eu fosse atras de quem desse o que eu tanto gostava então Dona Regina disse a ela que não iria ser por isso que nosso relacionamento iria dar errado Fernanda questionou mais ficou nisso . Num belo dia cheguei na casa de Fernanda e ela não estava na verdade ela tinha acabado de sair para fazer uma entrevista de trabalho e que tinha mi deixado recado no face já que estava sem credito no célula e foi rápido e quando ia dando meia volta Dona Regina mi chamou para tomar um suco e que tinha algo para conversar comigo eu entrei e fomos par cozinha mi sentei na cadeira e ela mi servil um copo de suco e mi contou da conversa com a Fernanda eu fiquei sem chão nem sabia p que fazer e nem dizer meio engasgado disse que tinha pedido pra Fernanda se cuida mais tinha ate mi aborrecido com ela com a ideia de fazer uma cirurgia Dona Regina mi interrompeu dizendo que era capaz de fazer tudo para sua filha ser feliz e ela disse que se sua filha não podia mi satisfazer por completo que ela iria ajudar e logo foi tirando o short que loucura espectacular uma calcinha minúscula enterradinha naquela bundona uma buceta que mal cabia dentro da calcinha que imagem ela se debruçou sobre mim dizendo que tinha que ficar entre nos e que quando eu quisesse um cu ela estaria ali pois não gostava de ver a única filha que ela criou com tanto sacrifício sozinha insegura enquanto falava sua mão foi liberando meu pau que já estava bem duro logo que viu ela deu uma recuada dizendo que tinha razão de não conseguir comer o cuzinho da sua filha pois tenho um caralho um pouco grosso tem 18 por7 segurou com uma vontade caiu de boca e ficou louca passando a língua em toda minha rola tentava engolir de todo jeito e com grande dificuldade chupava gostoso eu estava nas estrelas não demorou e sem aviso enchi sua boca com tanta porra que ela deu uma engasgada quando tentou reclamar virei ela e a empurrei contra mesa e logo fui metendo minha cara no meio da quela bundona arranquei sua calcinha toda encharcada com um suco que minava com abundância da sua buceta de lábios grande e bem vermelha bem parecida com a da filha meti minha língua com vontade de baixo pra cima parando com a língua bem dentro do seu cuzinho faminto que mordia minha língua de tanto k piscava ela meio que entre gemido pedia para não parar por que fazia tempo que não sentia uma língua quente no rabo daquele jeito e que estava ficando louca deitei ela encima da mesa ficou bem arreganhada como um belo frango preste a receber tempero tirei seus peitos pra fora do top que delicia um pouco maior do os da filha mais ainda bem rígidos chupei e mordisquei como faço com a filha com dois dedos bem no fundo da buceta que nessa hora era uma cachoeira de tão molhada ooooohhh não para morde mais eu adoro e nisso levantava o quadriu fazendo meus dedos quase sumirem dentro da sua buceta aos poucos fui enfiando um dedo no cuzinho todo melado com seu mel ela so vibrava e dizia como era bom ter alguém que leia sua mente logo voltei a chupar sua buceta vermelha em brasa dando mordidinhas de leve nos lábios ela rebolava forçando minha cabeça contra sua buceta eu já entrava e saia com dois dedos no seu cuzinho que mordiam como um cão com raiva pichei ela pra mim fazendo ela ficar debruçada na mesa e meti de uma so vez na sua buceta sentia seus grande líbios entrarem junto com meu pau ficando bem esticada ela gemia alto e empurrava a bunda contra meu pau mi fazendo ir a loucura dei uma boa cuspida no seu cuzinho e voltei a meter mais um dedo agora eram três ela abria ainda mais a bunda puxando uma banda pro lado eu socava fundo e com força na sua buceta eu mi afastei tirando o pau da sua buceta e vi que tinha ficado bem mais vermelha e aberta cai de boca naquele cuzinho gostoso deixei bem molhado e sentei na cadeira e fui puxando ela pra sentar aquele cuzinho gostoso ela se afastou um pouco e disse que meu pau era muito grosso e não sabia se iria continuar eu fiquei loco de raiva e disse que se ela não mi desse logo esse cu que iria contar tudo que ela tinha feito comigo mi seduzido usando o problema da filha ela meio espantada voltou pra posição e segurou meu pau encaixou na portinha do cu e foi soltando seu peso e dando uma rebolada bem de leve logo a cabeça foi passando ela so reclamava que estava ardendo segurei ela péla cintura levantei fui guiando ela ate a geladeira e peguei um pote de margarina tirei a cabeça dei uma lambida gostosa no cuzinho que so piscava passei um pouca de margarina no meu pau e lambuzei aquele cuzinho debrucei ela na mesa e fui penetrando com mais facilidade logo que a cabeça entrou agora sem reclamações o restante foi deslizando com certa facilidade dei uma paradinha técnica so pra dar uma dilatada logo estava num vai vem lento ate o talo Dona Regina com uma mão abria mais a bunda e com a outra esfregava a buceta que escorria abundantemente seu mel pelas coxas fui alimentando o ritimo e ela os gemidos logo ela so pedia pra meter com mais força e mais fundo eu como bom genro atendia não demorou muito e enchi su cu com muita porra quando tirei meu pau vi minha porra saindo daquele cu arrombado !CONTINUA


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico torr

Nome do conto:
Tudo em familia

Codigo do conto:
54068

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
27/09/2014

Quant.de Votos:
9

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


bofinhos novinhos pauzudos gozando fotossexo sentei no colo do meu pai sem calcinhamenina sapeca danada enganou todos contos eroticosnegro pirocudo foada novinho castigando gemer de dorperdi as preguinhas do cu quando era pequenaNovinha muito puta muito vadia que gosta de fuder muito seu cu e com varios vadia quando bebe ela vira muito putacontos eroticoscontos incesto forcado em quadrinhoContos eroticos descobri que sou cornocontos eroticos mae tarada filho pauzudomenina é estrupada enconto estava bebada pelo irmão pisudofodendo+a+buceta+da++professoraadorei ser encoxada pelo meu filhoconto erotico gay frases de putariapapai bundudos gay incestocontos pornôs pais faz troca_troca de.filhasContos eroticos timidezcontos minha sogra certinha e comi seu cudotado gozando na bocaconto erotico edna costureirameu amigo enrrabando minha mulhercasada no sadomazoquismo xvidiovirgens perdendo o capacoconto erotico foda em familiaganhei punheta enteada contoscontos eroticos mae fode com filho pauzudo com downcontos eroticos minha filhinha dormia pesado e eu metia ate o talo na sua bocetinhaUm bucetao iniciada por um negão roludo casadoscontosarrombada com ajuda da mamaeconto porntitio mim encochou no onibos lotado vidios pornocontos macho alfa pauzudowww.quando o corno sai minha inquilina poem um shortinhos e fica se mostrando ohhhh delicia gostoso esse sexocontoeroticoputasdenteofodaum porncontos porno mendigo embaixo do viadutocasada que fes zoofilia pela primera vesnovidade quadrinho erotico 3da virgem e o cavalo zoo comixconto erotivo ci de bebada nao tem donocontos eroticos vi a minha mulher gigantescotripla penetração na buceta mulher estrupadda virgem por tres belo sexoeu gosto quando meu namorado enfia os dedo aye amao na minha xotacontos com fotoscfm casadasconto erótico GAY: macho carinhosodando a mulher pra negoes contoscontos eroticos corno top pag 72contos fetiche por rola preta enormecontoseroticos minha mulher de o cuzinho para o capataz roludoContos de marido pegando esposa trepando e fica com tesão com muita raivasamba porno zool conto de incestonifetinha da faculdade e sua vizinha com a mae dando pro porteiro negao e seu amigo do pau grande filmes pornosmeu cunhado rancou sangue do meu cunovinhas e seus contos pornoporno quadrinho sogracontos incesto itapeva spcontos de crentinhaperdeu o cabaço do cu no canavial contos eróticos com fotoscontos eroticos vai e vemPirralhos fudendo casais contosconto erotico gay meu goleiro cap1boceta tumblresposa manda dotado comer seu marido contossenão conto fui fazer café e meu cunhado negão na cozinhaconsegui fuder o cu da minha sogra contos pornoEu disse pra minha mulher que eu ia fuder o cu virgem da minha filha no motel conto erotico mozto.ruConto erótico dp na bucetavendedora contos heroticoPerdi minha virgindade para meu cachorro labrador gay novinho contoscontos eroticos de lactofiliacontos sadomasoquismo filhinhaconto erotico gay fardado casadoPornomulher pebada q mexe muitoconto erotico corno virtual comi a mulher do meu amigo no meu aniversário no banhero ela mi deu o presentepornodoido pai com geitinho pois no cuzinho da filinhaconto erotico minha tiacontoseroticocasadasConto erotico de cavalofotos a censala hetai gaymotorista velho gay contoscontos eróticos dei a cu pro vizinhoFinalmente,comi a rabuda.conto eróticocontos eroticos com o amigo do meu filho 2017buceta virada mozcontos eróticos a desejada e enlouquecida Capítulo 5conto erotico em quadrinhõespiando minha irma rabuda contoutimoscontosMeninas novinhas virges seno pegata a foca para fudenoagarrei minha tia velha e transamos contos