O QUARTEL (PARTE 1)



O QUARTEL (PARTE 1)

•        Contarei nossa história em 3 partes

Sou casado com Pati, uma mulher bonita, pele branca, cabelos loiros, seios grandes, quadril largo e excelente companheira. Pati é uma verdadeira piranha, nunca foi sexualmente de um homem só, mas fazer o que? Amo essa mulher.

Mudamos de residência e próximo há um quartel, onde jovens prestam o serviço militar. Pati levava nosso cachorrinho para passear e passava ida e volta, em frente ao quartel, vestida como uma piranha (shortinho bem curto, as vezes saia curta, calcinha minúscula, sem sutian), vestes que davam na cara ser uma mulher oferecida.

Os rapazes, faixa etária de 20 anos, começaram a mexer com Pati, falar gracinhas, chamar de gostosa, dizer que iriam lá em casa, diziam que o marido dela deveria ser um Corno e mais um monte de sacanagens. Pati, me contava tudo, nunca me escondeu nada.

Um dia, perguntei como ela reagia as provocações dos rapazes, ela riu, “Ué! Eu sorrio, correspondo e rebolo mais. Faço o que gosto. E com certeza, o que você gostaria que eu fizesse, papel de mulher de corno manso” (e ria mais). A fama de Pati se espalhou rápido pelo quartel.

Aumentou a frequência com que Pati me esperava chegar do trabalho e mandava eu chupar sua buceta. Eu obedecia, ao som de “Minha buceta tá gostosa corno?” “...tá do jeito que você gosta, chifrudo...”

Perguntei a Pati se ela estava transando com alguém do quartel, antes de responder, Pati reafirmou sua posição de dona da situação e minha condição:

- Amor, você quer saber se está levando chifre, não é? (risos). Você quer saber se sua amada está gozando em alguma pica nova? Quer saber se tem macho cobrindo sua mulher... Fala corno, é isso que você quer saber... fala, quero ouvir!.
- Sim amor. Quero saber se estou sendo corno.
- Você sempre levou e sempre vai levar chifres porque você é meu corno manso e meu chifrudo. Amor, você tem faro de corno (risos), percebe fácil quando sua amada está aprontando, né?

... Sim, estou te pondo chifre bem gostoso. O Gabriel (este é o nome de um deles), um dia me acompanhou até aqui em casa, eu não resisti e dei para ele. O problema é que ele voltou outro dia e trouxe um amigo do quartel, logo vários meninos souberam e investiram em mim.
... Amor! Um menino mais lindinho que o outro, está difícil resistir.

- Você tá levando chifre quase todos os dias”. É muita gente amor, o quartel inteiro está sabendo que sua mulherzinha gosta da coisa (risos).

Depois desta conversa com minha mulher, tocamos a vida normalmente. Pati, continuava a passear com o cachorrinho, sempre com roupas que provocasse os soldados. Continuava a ter suas aventuras sexuais e quando eu chegava do trabalho era sempre a mesma coisa, ela me fazia cumprir meu papel de corno manso.

Eu chegava do trabalho e encontrava minha mulher às vezes ainda sem banho, sempre vestida de mini saia curta, sem calcinha e salto. Ela me beijava, em boas vindas, me levava para o quarto, às vezes na própria sala, abria as perninhas e me fazia chupá-la na buceta, no cu, beijar de língua... às vezes fazíamos amor, às vezes ela alegava estar cansada.

Minhas chegadas em casa eram sempre carinhosas ao som de frases do tipo “Chupa seu corno manso”; “Chupa que eu acabei de foder”; “Sua mulher acabou de dar para dois... sente...”; “Faz carinho corno manso, porque passei o dia fodendo...” e muitas outras frases de amor, carinho e cumplicidade.

Uma noite, quando íamos fazer amor minha mulher começou a me contar.

“Ontem transei com o Flavio. Ele não é bonito, mas tem uma pica dura e grossa. Ele me fez chupar, me chamando de vadia, me encostou na parede, ergueu minha saia e de pé enfiou sem dó... Vi estrelas! Reclamei e ele fodeu mais, me colocou de quatro e sem nenhum respeito socou tudo, gozei no pau do safado. Ele me perguntou onde era nosso quarto, eu o trouxe, me fez ficar de quatro na ponta da cama, em pé por atrás ele fodeu minha buceta. Eu queria dar a bundinha, amor! Coloquei o dedinho atrás e ele entendeu. Eu disse que pegaria o KY, mas ele não deixou, dizendo que cú de puta se come com saliva. E... , meteu amor! Judiou do rabinho da sua mulher, meteu até gozar. Trepamos muito”.

Nesta noite, Pati me fez um pedido especial

“Amanhã, Quero que você me acompanhe no passeio com o cachorro. Quero você a meu lado e vamos passar pelo quartel na hora de saída. Quero apresentar meu marido a alguns amiguinhos” (risos)

... “Quero que eles, vejam que eu sou mulher casada e de respeito” (risos). Como bom marido e por amor a minha mulher fiz o que ela queria, pois eu sabia que aquilo daria tesão a ela (a mim também).

Eu e Pati, nos amamos muito, mas ela nunca foi mulher de sexo com um homem só. Sou corno manso, e gosto de ser. Tenho a meu lado, uma mulher dedicada e fiel (ela já mais me trairia. Sexo extra não trair a cumplicidade).

Conterei em outro relato uma transa de Pati.

Porto e Pati

CONTINUA ... (parte 2 e 3)


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario cornutto

cornutto Comentou em 20/08/2018

Esposa dedicada, corno feliz...

foto perfil usuario boxboxbox

boxboxbox Comentou em 14/12/2014

Gostei muito. História muito bonita e gostosa. Fiquei cheia de tesão. Votei




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


57684 - O QUARTEL (PARTE 2) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
57685 - O QUARTEL (PARTE 3 – FIM) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
89695 - Paty - Mulher de Corno no trabalho - Categoria: Traição/Corno - Votos: 16
124345 - 2º parte -CASANDO COM A MULHER DA MINHA VIDA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico portosegurocorn

Nome do conto:
O QUARTEL (PARTE 1)

Codigo do conto:
57683

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
13/12/2014

Quant.de Votos:
13

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


não gozes dentro filho incestoum motivo pra virar puta_conto eroticoutimoscontosContos eroticos fui fudida pelo meu sogroConto porno eu e minha cunhada beti e meu marido na mesma camaloiras nuas bucetascontos eroticos como virei amante do meu avoconto erotico festival de pipachupando imobiliária conto gayCOMENDO O CU DO NOVINHO GOSTOSOporno em familia em quadrinhoscontos de bixinhas safadas peerdendo cabacoconto erótico mão amiga grupal entre garotos gays com fotosursao gay de rola dura fotocontos eróticos entre duas amigas começando no bissexualismocontos chuva douradaconto erotico cunhadinhatufos maniaco quadrinhoHistórias reais de incestos com mulheres gordinhas com idade 45anos ou mais e com fotos peladascontos fui seduzida pelo meu filho adoreinovinha se perde no labirinto i faz sexo com desconhecido dentro do labirintocontos grávida dei pro papai pauzudocontos eroticos primeira dp da minha mulher tambabaprotector solar a Mãe hentai do bomconto erotico e foto amadora ocaseiro comeu meu rabalencoxada na mulher dormindobuceta da mãecontos eróticos casada novinhaque deu pro instalador datvcontactpromo.rucontos comi a crente rabuda manuelaContos enfiano coiza grossa no cuporn em quadrinhos pegando a tiaconto erotic pagei a mulher do meu amigoconto erotico novo 2017corno e fotocontos eroticos de gordas carentesporno conto enrrabadaswing na cadeira cai na netconto minha esposa bunduda tava matando os homensContos eroticos dei a buceta para meu vizinhoconto de dei o cu para uma pica grande do meu patrão que me rasgoucunhado crente casado,contos eróticoeu e meu irmao na troca de esposa sexovideos de clientes com pal duro consegue segura e fica de pal duro na depilacaoconto errotico apostando a esposacontos eroticos meu padrasto me comeu com seu pauzaoconto erotico passei a mao na tia na multidaoconto erotico vi minha sogra se masturbavovó gostosa nuaquadrinhos GTa,eroticoQuadrinhos incesto mãe real gostosaေအာစာအုပ္orgia entre empregados contos eróticoContos eroticos mães casadas traindos maridos com negões desconhecidossaite porno desfilando nua ou votacao nuaConto erotico maridinho e meu microshortinhosexo hentai. incesto egravidou filhinhaconto porno peguei minha mae com o amante na cama de meu paiconto pornô de estrupro no consultório médicocontos com fotoscfm de casadas bucetudascontos eroticos viadinho da gurizada da,ruacontos erotico no morrocontos erotico porno traicao incestoCu arrombado.com/sadomazoquismo.video porno amador peguei a minha priminha sozinha em casa bebada e arranqei o cabaso delaconto erodico arombei minha voSeiren Contos erotico Ousadias de casal 4corno bebendo mijo contocasada que fes zoofilia pela primera vesfotos de africanas levano gozada no cu do bem dotadocomi minha entiada contosdormindo garotinho conto eroticocontos eroticos pai usava vibrador para filha ficar com o grelaocontos eroticos em quadrinhos de compadre super dotados comendo comadre e afilhadascasada trai marido com empregado negro roludo quadrinhos