Ja era putona de meu pai. Final!



Despedimos-nos com um longo beijo e retornei para a sala de banho, onde vi meu pai me esperando no bar, já vestido, dando a entender que estava na hora de irmos. Também não queria mais, estava satisfeitíssimo.

Dando continuidade:

Como falei depois desse dia, nossa relação ficou mais quente e de muita cumplicidade, pois meu pai passou a me dividir com outros homens, onde alem de participar, gostava de me ver dando a muitos ao mesmo tempo, no qual conto um episodio que me marcou muito, pois alem de muito forte, foi um dos últimos que tivemos juntos, eu já estava casado.
Estava no Rio com um casal de amigos de Fortaleza e o irmão de minha mulher com a esposa, e estava tendo a parada Gay que eu nunca tinha ido e estava eufórico para ir ver, apesar de estar com minha mulher, eu sempre tive vontade de ir e nunca tinha tido essa oportunidade.
Estava de férias e nos arrumamos cedo, eu de short jeans bem curto e sem abainha, com camiseta regata branca, e minha mulher de short bem curtinho azul claro e bustiê rosa sem soutien. Como de costume, eu já estava pronto para me esbaldar na medida em que desse para alguma coisa, mesmo com minha mulher por perto, e os amigos, pois éramos bem íntimos e não tínhamos nenhum problema em nos vestir assim, mesmo porque, as mulheres vestiram-se do mesmo jeito. Sei que elas também adoravam provocar os héteros, e que sabíamos também frequentarem esse tipo de festa, já que não tem essa separação, sendo uma festa realmente bem democrática.
Meu pai estava em outro hotel e não quis ir, pois segundo ele, detesta muita gente e era um sufoco. Fomos para a Avenida Atlântica e ficamos de nos encontrar à tarde por volta das 14 horas, no meu hotel.
Estava realmente animada a festa, e depois de um bom tempo, sai e fui a um restaurante perto para tomar uma cervejinha e descansar, mas minha mulher não quis ir, ficando na avenida onde voltaria depois. Ao chegar ao restaurante, tinha um grupo de rapazes e dois senhores numa mesa com um punhado de panfletos e como eu olhei para a mesa, um deles me chamou e entregou-me um exemplar. Peguei e agradeci, lendo em seguida, onde tinha a propaganda de uma festa às 18 horas, discoteca com muitos boys e entendidos. Fiquei excitado só em ver.
Depois de um tempo, voltei para a avenida e mesmo tendo combinado que voltaria para o mesmo local de antes, minha mulher e o pessoal não estavam mais.
Já por volta das 14,30 meu pai me liga e pergunta onde eu estava no que informei e ele me falou que estava perto, no Bar Boca Maluca.
Cheguei por volta das 16 horas e papai perguntou logo por Neuma (minha mulher) e eu falei que tinha me perdido dela, mas que ela sabe voltar para o hotel com o pessoal.
Papai deu uma risada safada e emendou: “uma hora dessas, deve estar voltando é de uma bela gozada com uma bela rola na buceta” – Que é isso maldoso, ela esta com amigas e o irmão dela!
Mostrei a ele o panfleto e ele ficou querendo ir, para quem sabe, dar umas gozadas na minha bunda.
Fomos às 18 horas ao local e ao chegarmos, vimos que se tratava de um Thermas em Botafogo, e já estava bem cheio.
Entramos e a musica estava a mil, colocamos nossas roupas no armário e saímos para o bar. Depois de um tempo, fui ate o Darck Rom e ao entrar, vi que a cama redonda que fica bem no meio, já estava bem lotada de machos dando o cu e outros chupando rola ou olhado e punhetando. Um negro forte e alto me chamou para entrar no meio, e me dando sua rola para que eu desse um trato. Amigos o tamanho da ferramenta era enorme e de assustar, quando a peguei na mão, devia ter uns 25x6cm de mastro, nem cabia na boca direito. Meu pai chegou logo depois e já me viu, com o cara deitado e eu debruçado em cima dele chupando aquele cassetão, com minha bunda apontada pra cima, no que senti apenas a minha familiar e amada rola de papai, invadindo meu cu sem pedir passagem. Ele mandou ver, enquanto eu chupava aquele salame negro.
Depois de um tempo, meu pai desocupou o cu de seu filhinho puta, e deixou um vácuo enorme, que ficou aberto pedindo algo que fechasse o buraco, e para que não ficasse assim exposto, me acomodei no negão e já encostando a cabeça da rolona na porta já escancarada do meu cu, fui descendo bem devagar, para senti-la escorregando pra dentro. Amigos, eu estava com o cu bem aberto pela rola de painho, mas convenhamos que uma rola desse calibre, não é fácil sentar em cima. Mas sou macho e não fujo da raia, e assim, deixei meu corpo amolecer em cima e ela entrou até o talo. Confesso que estava até sem fôlego e sentindo que meu cu estava esticado ao máximo, com várias mãos me alisando e muitos até pararam suas trepadas para ver o meu valente cu, recebendo aquela trolha. Vi ao meu redor, vários machos olhando e punhetando e muitos deles, até pegavam no meu cu e nos ovos do negão, para ver a façanha de ter ele todo dentro. Cavalguei em seguida, ao mesmo tempo em que me foi oferecido varias rolas para que eu na medida em que cavalgava, chupasse uma ou outra rola, num revezamento alucinante, onde minha boca e garganta transformaram-se numa buceta e cu ao mesmo tempo.
Depois de um tempo, pedi para que meu negão me comece na posição frango assado, mas que não enterrasse tudo, pois não aguentaria. Fui atendido imediatamente, no que ele colocou minhas pernas em seus ombros e a cabeça da estaca na porta do meu já dolorido cu, e enterrou sem dó e nem piedade. Amigos, nessa hora eu vi estrelas, aliás, em homenagem a festa do dia, estrelas num belo arco-iris(rsrs), destruindo de vez meu cu. Perdi completamente a noção de tempo e espaço, só sentia as estocadas fortes de entra e sai daquele salame, e o barulho de suas pernas batendo na minha anca e sua pelve na minha bunda. Já estava começando a ficar com o cu ardido e dolorido ao extremo, quando um homem forte e gordo segurando minhas pernas puxando ao seu encontro, colocou sua rola na minha boca e ficou segurando elas e quase ate levantando minha bunda da cama redonda, me escancarando de vez, onde meu algoz do prazer mandou com mais vontade, e entrou os últimos milímetros de rola. Meu pai estava ao lado, batendo punheta e me vendo naquela situação, com um macho na minha cabeça e com sua rola na minha boca e o negão atolado no meu cu mandando ver.
Sentia meu corpo já dormente de tanto levar rola e de tanto chupar, pois saia uma entrava outra no lugar. Meu negão começou a acelerar as estocadas e fui sentindo sua rola inchando mais ainda, mas notei que sua rola ainda estava sem a capa protetora e isso era perigoso, no que sussurrei em seu ouvido: - Me come meu negão, mas encapa a rola...tá!
Só deu tempo para falar isso e já estava com outra rola na boca, enquanto meu negão tirou sua trolha e pegando uma camisinha que alguém deu para ele encapar, deixou meu cu esfolado piscando e pedindo que fosse preenchido logo, já que estava sentindo que estava perto de gozar, tanto eu, como ele. Colocou a camisinha ate a metade, não cabia tudo nela e voltou a enterrar tudo de uma vez. Senti-a entrar ate o estômago, até doeu um pouco, mas já estava com as pernas aberta e esticada pra cima, pelas mãos do macho que eu estava chupando. Retornou a bombar com força e voltei a sentir meu corpo ficar dormente e à medida que ele aumentava o ritmo das estocadas, sua rola ficava ainda maior, como se fosse estourar dentro da camisinha, que na verdade, era uma camisona para aguentar aquela maravilha da natureza. Não demorou muito e eu comecei a gozar forte e minha próstata estava tão dormente, que só deu tempo de gritar: - caralho!!! Estou gozandooooo....aiiii....me mata seu puto!!!!
Ao mesmo tempo senti a enterrada final, onde ele parou la no fundo e ofegante falou: “puta que pariu!!!! Que cu do caralho!!! Sua puta safada...estou gozannnddooooo....!!!! Vou encher essa porra de gala!!
Parou, e de vez em quando tirava um pouco e metia novamente e ao mesmo tempo, sentia sua rolona pulsar, mostrando que a camisinha estava sendo colocada no maior teste de resistência, já que saia um rio de porra.
Deitou por cima de mim e foi acalmando a respiração, eu deixei de chupar a rola do macho que segurava minhas pernas e abracei meu negão, também descansando da louca trepada. Os machos incluindo meu pai aplaudiram, como se fosse uma peça de teatro.
Ele depois de alguns segundos levantou a cabeça e olhando nos meus olhos, me beijou amavelmente, num entrelaço de línguas e com um olhar bem melancólico, como agradecendo a gozada que teve. A rola começou a sair de dentro, ao mesmo tempo em que mostrava ter resistido bravamente, onde se via cheia ate a metade.
Sai da sala e fui para o chuveiro esfriar o corpo e enquanto estava no banho, alguns machos me elogiaram pelo desempenho, e pela minha beleza de corpo, recebendo ainda, muitas cantadas para que voltasse para ser comido novamente.
Só que estava realmente com o cu imprestável, mas ainda faltava meu pai sedento de fome, onde observou o tempo todo e logicamente, estava querendo gozar, só que no cuzinho predileto dele, o meu.
Sai do banho e me enxugando, fui com ele numa cabine, onde tem uns vidros e buracos para que quem tivesse do outro lado, alem de ver, pudesse também tocar.
Entramos e depois de um longo beijo, deitei de ladinho e ele colocou sua familiar e proprietária da região, entrasse sem dificuldades, que não era pra menos, depois de uma rola daquele calibre ter chafurdado ele por um bom tempo. Tinha vários caras olhando e de vez em quando, colocavam as mãos nos buracos para pegar em mim e ate algumas vezes, colocavam suas rolas, no que eu dava algumas chupadas.
Depois de um tempo no vai e vem, meu pai esticou-se todo e anunciou sua gozada, enchendo meu cu de porra, deixando ele alem de esfolado, agora cheio de leitinho de papai.
Saímos por voltas das 22 horas e meu celular já tinha umas 10 ligações perdidas de minha mulher, e ate no celular de papai também.
Ao chegar ao hotel, eles estavam no restaurante e já tinham jantado e estavam bebendo e me esperando, no que inventei uma desculpa esfarrapada, subindo para tomar banho e voltar ao restaurante, onde iríamos sair para curtir a noite do Rio.

Foto 1 do Conto erotico: Ja era putona de meu pai. Final!


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario chup

chup Comentou em 21/05/2016

que tesão cara que orgia maravilhosa de vocês .me deixo com vontade de ir a essa sauna em Rio o próximo carnaval votado




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


62523 - Massagista e Fisoterapeuta Bissexual 1 - Categoria: Gays - Votos: 12
62524 - Massagista e Fisioterapeuta Bissexual 2 - Categoria: Gays - Votos: 9
62548 - Levei pau como uma puta. - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 11
62598 - Brincando na Sauna. - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 7
62600 - Massagem dos DEUSES! - Categoria: Gays - Votos: 6
63692 - Meu analista 1 - Categoria: Gays - Votos: 6
63693 - Meu analista 2 - Categoria: Gays - Votos: 3
63703 - Meu analista 3 - Categoria: Gays - Votos: 3
63705 - Meu analista 4 - Categoria: Gays - Votos: 3
64187 - Uma verdadeira maratona dando o cu 1 - Categoria: Gays - Votos: 9
64188 - Uma verdadeira maratona dando o cu 2 - Categoria: Gays - Votos: 6
64927 - Massagista e Fisioterapeuta 3 - Categoria: Gays - Votos: 5
65427 - Fisioterapeuta e Massagista Bissexual 4 - Categoria: Gays - Votos: 5
65628 - Massagista e Fisioterapeuta Bissexual 5 - Categoria: Gays - Votos: 6
65754 - Massagista e Fisioterapeuta Bissexual 6 - Categoria: Gays - Votos: 9
66009 - Fui comido no armazem - Categoria: Gays - Votos: 18
68003 - Comido no armazém e agora viajante. - Categoria: Gays - Votos: 12
68560 - Comido no armazém e agora viajante 2 - Categoria: Gays - Votos: 4
68618 - Comido no armazém e agora viajante 3 - Categoria: Gays - Votos: 3
71408 - Comido no Armazém e agora Viajante 5 - Categoria: Gays - Votos: 3
71960 - Comido no armazém e agora viajante 6 - Categoria: Gays - Votos: 6
72209 - Comido no armazém e agora viajante 7 - Categoria: Gays - Votos: 0
72210 - Comido no armazém e agora Gerente 8 - Categoria: Gays - Votos: 1
74508 - Gerente safado - Categoria: Gays - Votos: 8
75132 - Gerente Safado 1 - Categoria: Gays - Votos: 9
79799 - Gerente Safado 2 - Categoria: Gays - Votos: 5
79931 - Gerente Safado 3 - Categoria: Gays - Votos: 6
80919 - Como me tornei putinha de meu pai. - Categoria: Gays - Votos: 28
80972 - Como me tornei putinha de meu pai 2 - Categoria: Incesto - Votos: 24
81178 - Ja era putinha de papai - Categoria: Gays - Votos: 16
81279 - Ja era puta de meu pai - Categoria: Gays - Votos: 16
82109 - Ja era putona de meu pai. - Categoria: Gays - Votos: 13
84670 - Alem de puta, corno de novo? - Categoria: Gays - Votos: 5
85161 - Alem de puta, corno de novo? 2 - Categoria: Gays - Votos: 7
85279 - Alem de puta, corno de novo? 3 - Categoria: Gays - Votos: 7

Ficha do conto

Foto Perfil gost
gost

Nome do conto:
Ja era putona de meu pai. Final!

Codigo do conto:
83507

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
18/05/2016

Quant.de Votos:
10

Quant.de Fotos:
1


Online porn video at mobile phone


gravidas peladas e meladas de manteiga no cu e na busetacontos eroticos orabao da madrinhacontos erotico/filhinha quer banhoo cara sarrou na mulher no onibus e ela gostou e gozou conto eroticoPenis porno no banheirocontos mamae ranuda saradaO pirocão do sobrinho, contos eroticosconto erotico esposa bebadaContos er peluda minha bucetafiquei sozinha na casa do titio e provoquei ele sem calcinha pornocu da prima conto eroticocontos eroticos primeira traicao esposaContos erotico enteada virgem escutando madrasta chorando no picao do padrastogay maconha conto erotico gayconto erotico minha amante cinquentonacontos eroticos a patroa passou mau e eu passei a vara nelaporno contos eroticos adoro mamar no papaicontos com fotos cfm casais com dotadosConto gay amigodopapaihentai gay pai e filho"praia de nudismo contoerotico"buceta com buceta grudadinha gozando bem gostosos imagem lesbiscas Fotos de bucetas de loiras cizudasconto gay fistei o filho gay da minha namoradamonica dando o cu casada itutrai meu namorado em excurçao contosConto erotico garotinho fode primasconto erotico comi aforsa a namorada do meu amigo e gosei dentro da buseta delqueri ver um filho a enrrabar a maeporno em quadrinhos com negroescontos conquistei papai pauzudocom meu colega de trabalho conto gaycontos de patroas seduzindo empregadosPorño Penis frisos na boceta xoxotaENCHI OS PENTELHOS DAS NEGRAS DE PORRAcontos porno em quadrinhos de dando pra negao roludo pela primeira vezutimoscontos2017 as delícias do incesto quadrinhos caseiroscontoeroticonotrabalhopolicial muito peso de bunduda transandoConto eroticos Porno gay Tio Descobriucontos erotico de vizinho tarado e pai ciumentoconto porno de despedida de solteiracontos eroticos da filhinha manda a mae examinar seu cuzinho que esta doendocontos eroticos em quadrinho professora doloresconto erotico tomando banho com minha maequadrinhos pornô minha damaconto erotico mae fantaziada pro filho e ganha rolacontos eroticos padrinho agora quer todo diafotos rola curta grossa e veiudatres negoes piroculdos na piscina video porno gayquadrinho erotico a construaoconto erotico chuva douradaHUPADAS DE TETASCOMvirei viado na rolona do padrasto e minha mae gozou contosultimos contos travestis putinhas gostosasxvideo filnha tia tiocontos de brincando comi o viadinho do meu irmãozinhocontactpromo.ru contosconto porno gravida cu medicocontos erotico casado maduros dando cu para maduros e fotosencoxando a mamae conto erotpiula pafude bucetaa desdita dando a bucetinha para o clientecontos de assalto com incestoMinha mulher rabuda adora roçar nos machos de micro vestidinhovideo de mulheres relatano sua trepadscontos eroticos de orgia de carla sexo:vadias nociocontoporno em quadrinho milfnegras dargostozoconto erotico cara e coroaesposa velho pauzao contosContos eroticos de meu professor me obriga a ir na casadele pra me dar uma surradando no exercito conto gay 2017Cummeno a irmã durmino junto com as amigasdei a xana de graca contos eroticoscontos enrabei uma cadeirantepornô brasileiro comendo a irmã do meu amigo enquanto ele vai comprar cerveja toda lendo mas ele ele sabe comprar cerveja ou fundo nela gostoso ruiva safadaporno chefe tenta come a estagiariaa casadaContos eroticos com fotos de podolatria priminhas deixando chupar seus pesporno brasil tracei a costureiravideos pornol munher olha homem batendo. punheta e olha e estrupada a fossaHentai negão gordohetai quadrinhos netinha banhando vovo vida reslcavalo tirando cabaço da egua novinhaprima negra e rabuda quadrinho eroticosexo incesto em casa abertamente em famíliaporno fotonovelacontos eroticos de mae lesbicas esfregando a xoxota na filhagay vampiro contoConto erotico de novinho com cachorrocontos porno meninas putascontos eróticos,meu patrão fudeu minha mulher e fez ela dar para um clientefudi o cu da negra velha bunduda contosas coxas da minha mâe contos eroticos incesto