O PAI DO LUÍS E O TONINHO ME FODERAM



Cheguei da escola, almocei e fui pra rua bater uma bolinha com a turma, não encontrei ninguém, ainda era muito cedo eu acho, até que de repente encontrei o Toninho e ele tava muito afim de me foder, tanto que já foi logo falando:

- E aí não quero nem saber “vamo dá um sal”, vem comigo !!!

“Dar um sal” era a gíria da época pra vamos foder e já foi me levando pra uma casa abandonada que tinha lá perto, no meio do caminho o pai do Luís passou de carro e nos ofereceu carona, claro que ele também queria era me foder, o Toninho, sem saber que ele sabia de tudo e que também me comia recusou dizendo que nós íamos pro clube e que era perto, não precisava de carona. Ele então insistiu e nós entramos no seu carro, eu logo percebi sua intenções e fiquei quieto, de repente ele falou se antes a gente não poderia ir com ele numa casa dele que ele precisava pegar umas coisas que tinha deixado lá, o Toninho disse que não que nós íamos jogar no clube e estávamos atrasados, foi aí que ele, sem falar nada tirou o pau pra fora e abaixando minha cabeça disse pro Toninho, calma, eu já sei de tudo, nós vamos lá pra foder com ele e o Toninho relaxou, mais 10 minutos e nós chegamos na tal casa, que estava vazia, subimos pro quarto e já foram tirando minha roupa o Toninho não acreditava nas coisas que o pai do Luís contava pra ele que já tínhamos feito e ia ficando maluco, paramos no meio da escada porque ele me fez chupar seu pau alí mesmo, nisso o pai do Luís passou cuspe nos dedos e enfiou 3 no meu cu, sem dó. Chegamos no quarto e me puseram de joelhos, um de cada lado, me obrigando a chupá-los e punhetá-los, ficamos nisso por algum tempo, uns 20 minutos eu acho até que o Toninho começou a esporrar na minha cara e me fez chupar todo o seu imenso pau esporrado até ficar limpinho, nisso o pai do Luís também começou a urrar dizendo que estava esporrando. Em 20 minutos eu levava 2 magníficas esporradas na cara de duas rolas imensas e engoli tudo. Os dopis precisavam descansar porque queriam mais, ainda nem tinham comido meu cu. Deitamos na cama e o pai do Luís me colocou de bruços, abriu uma gaveta e tirou uma vibrador enorme, passou vaselina nele e mandou o Toninho abrir minha bunda, e assim que ele viu minhas nádegas bem afastadas pelas mãos do Toninho foi metendo gostoso aquele monstro no meu cu até o talo, doía muito, mas eles não tavam nem aí, gostavam de me ver gemendo, isso dava mais tesão neles, ficaram nisso por uns 10 minutos, só metendo e girando o vibrador no meu cu, enquanto se recuperavam, diziam que era pra relaxar o meu cu pros caralhos entrarem gostoso depois e era mesmo, depois de algum tempo eu já não sentia mais quase dor alguma e tava muito gostoso, eles tiravam e metiam o vibrador inteiro num golpe só. O Toninho começou a sentir seu pau crescendo e me mandou chupá-lo, aquele monstro cresceu todo na minha garganta e ele então me pôs de quatro e enquanto o pai do Luís me fazia chupar seu pau pela frente, ele meteu sua imensa rola branca, grossa e dura no meu cu, enterrando tudo até o talo, ele punha e tirava tudo deliciosamente, de repente ele parou, tirou o pau do meu cu e mandou o pai do Luís vir me foder, disse que era pra eles não gozarem ainda, que era só pra foder. O pai do Luís então como sempre socou forte a rola no meu cu, enquanto, o Toninho enterrava seu caralho na minha boca. Lá estava eu, de quatro, com uma rola no cu e outra na boca, eu quase podia sentir as duas se encontrando dentro de mim. Eles me mudaram de posição novamente, agora o Toninho estava deitado na cama e eu cavalgando sua rola com força, enquanto chupava o pau e lambia as bolas do pai do Luís que estava em pé ao meu lado, depois eles trocaram e eu montava o pai do Luís e chupava o Toninho, quando eles perceberam que iam gozar pararam e deram um tempo. Me puseram com o cu pra cima, cuspiram nele e enquanto, o Toninho fodia minha bunda entrando e saindo várias vezes mostrando o quanto meu cu estava aberto pro pai do Luís que estava sentado com o pau na minha cara e cuspia muito, enquanto o pau do Toninho entrava e saía, depois trocaram de lugar e enquanto o Toninho sentava sua rola na minha cara, o pai do Luís fodia meu rabo de cima pra baixo. O tempo ia passando e eles já estavam ficando satisfeitos, então, o pai do Luís me fez sentar no pau do Toninho e me fez chupar sua rola, de repente ele falou pro Toninho vamos arregaçar ele mais um pouco, segura bem ele que eu vou meter no cu junto com você:

- Ele adora duas rolas ao mesmo tempo no cu !!!!

O Toninho não acreditou, porque antes eu mal conseguia deixar ele meter o seu pau no meu cu e, agora eu ia levar duas rolas na bunda.

O pai do Luís então passou vaselina com cuspe no pau e foi metendo, no começo não tava entrando e eu gemia, gemia muito, e eles riam porque gostavam de me ver sentindo a rola entrando, até que de repente, aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaí entrou tudo e o pai do Luís começous a socar o caralho na minha bunda pondo e tirando quase tudo até esporrar com a vara enterrada no meu cu e caiu exausto, agora era a vez do Toninho que queria ficar por cima pra meter também e lá ia eu, de novo, sentando na rola esporrada do pai do Luís, me preparando pra sentir a rola do Toninho me arregaçar em mais uma dupla penetração. Ele pirou quando sua rola imensa escorregou rabo adentro, estocava sem dó, punha e tirava o pau do meu cu completamente esporrado pelo pai do Luís, cada vez que sua rola saía do meu cu trazia muita esporra com ele. Até que me puxou com violência enterrando todo o seu pau no meu cu e esporrando sem parar, depois saíram de dentro do meu rabo e com as rolas cheias de esporra lambuzaram minha cara e me fizeram chupá-los, colocou um copo e me fez sentar nele e fazer força pro gozo escorrer pro copo, em seguida me fez beber tudo, depois tomamos banho e fomos embora, marcando outro encontro por dia seguinte, onde o pai do Luís disse que levaria alguns amigos, mas isso é outra história se vocês gostarem.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


8542 - INDO PRA PRAIA - Categoria: Gays - Votos: 3
8543 - FODENDO A FORÇA COM ESTRANHOS - Categoria: Gays - Votos: 4
8544 - FODENDO A FORÇA COM ESTRANHOS II - Categoria: Gays - Votos: 4
8545 - NEGROS GRANDES GROSSOS E DUROS - Categoria: Gays - Votos: 5
8546 - NEGROS GRANDES GROSSOS E DUROS II - Categoria: Gays - Votos: 4
8548 - O PAI DO LUÍS E O TONINHO ME FODERAM DE NOVO - Categoria: Gays - Votos: 3
8549 - A MÃE DE UM AMIGO PEGOU A GENTE NO FLAGRA - Categoria: Gays - Votos: 6
8551 - SENDO ARROMBADO SEM DÓ NO REVEILLON - Categoria: Gays - Votos: 1
8599 - INDO PRA PRAIA II – O DIA SEGUINTE - Categoria: Gays - Votos: 1
8635 - A 1ª VEZ QUE FUI CHANTAGEADO E ARREGAÇADO PELO PAI - Categoria: Gays - Votos: 2
8636 - PEGO DANDO NO VESTIÁRIO DO CLUBE - Categoria: Gays - Votos: 3
8643 - FODENDO NA ADOLESCÊNCIA COM O PAI DO LUÍS I - Categoria: Gays - Votos: 4

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico sátiro

Nome do conto:
O PAI DO LUÍS E O TONINHO ME FODERAM

Codigo do conto:
8547

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
05/07/2006

Quant.de Votos:
8

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


porno de mãe e filho me fode quero ficar gravidacontos eroticos viciada em negãoconto erotico caminhoneiroporno quadrinhosmenino fije que e homem mais na hora começa achupa o pau do amigoconto erotico com fotos/ rabo da maerqbudas cufotosentrou pra fazer xixi e recebeu um linguadinhacontos eroticos fodendo a vendedora de rifas novinhacontocorno crente curradoconto espiei minha sogracontos com fotoscfm casadasporno doido reconcilhiando com meu ex maridoContos eroticos ela era bem sapeca nao pude evitara putinha do papaicontos eróticos papai meu amorporno novinha lesbicaspelado na Rua, Contosconto erotico olhando vizinha bucetuda do buracocontos pornos mae filha filhocontos eróticos pepino no cuzinhotesão de gay no sambódromo xvídeocontoeroticodfoda.com/videos/95153/o-melhor-sexo-anal-para-essa-morena-gostosa.htmlcontos eroticos com a professoragoza emcima da buceta porno guaxiniexcesso de mulheres gostosas se exibindo fazendo esposa de vestido curto transando sem sala gemendo na pica delecontos de rasguei o cuzinho da minha avóWww.ggvedeomeu filho atrevido e selvagem porndei meu cuzinho virgem de frango assado para travesti dotada casa dos contosmozbuceta.comcontos eroticos hipnotizando a sograCONTO EROTICO O PRAZER DE OBRIGAR MEU IRMAO SE MASTURAR PARA MIM PT.fotos caseiro de de homem casado arrumando o pau cabeçudo na portinha da buceta da mulher do corno em goaiscontos eroticos cunhada e sogrAconto erotico quando vi a rola pela primeira vezutimoscontosesposa de mini biquini no churrascoutimoscontoscontos metendo com ti tiautimoscontoscontos eroticos perdendo a virgindade no carnaval 2017Contos com a tia peludacontos eroticos esfolei rabinhoconto erotico minhas irmalllquadradinho errotico com negão com pau gigantenovinho da o cu sem lubrificante e chora sexo gaycontos erotico pai e finho ..chupao rolas e bucetascontos de guey de calsinhaconto eroticos com padrastoconto erotico em quadrinhõNovinha.contos eroticos fotos de bucetas negraschaves fudendo dona florinda hentaipunheta na escola contoCONTO EROTICO O PRAZER DE OBRIGAR MEU IRMAO SE MASTURAR PARA MIM PT.contos eroticos com travesti do pau grandecontos eroticos comi minha avóconto sexo gay carrosselcoroa cavalona de mini short passando pano na casa com shortinho socado no cumeu compadre tem fantasia herotica cm migo o q devo fazerconto gay garoto hetero pirocudo comendo garoto c fotocontos eroticostitias taradas pornocontoscom fotos travecas safadascontos com fotoscfm casadasWww.imagemporno.com.brhestoria erotica casada 5dias de muita putaria com a turma do trabalhoContos eroticos estuprada vovoSwing curitibanos pornoconto gay de camisolinhazoofiliapretinhaconto erotico pai mae filho filhaContos eroticos madrasta viranfo submissa fo enteadoconto erotico gay peludoQuadrinhos Erótico a ninfita da pensão parte3rabo da minha puta