Meu instrutor me comeu na garagem da auto escola



olá, no outro conto já contei como tudo começou com o instrutor da auto escola.
Depois de termos transado como doidos no carro da auto escola, decidimos nos comportar pois alguns alunos suspeitavam de nosso envolvimento, e até mesmo o dono da auto escola já havia chamado a atenção do Ramon (instrutor). O dono disse a Ramon pra segurar a onda pois sabia que éramos jovens e solteiros e que a atração era inevitável mas que os outros alunos estavam comentando. E que pegava mal pro nome do auto escola...
Então Ramon me chamou e pediu pra pararmos enquanto eu estava fazendo as aulas, eu aceitei, afinal já faltavam poucas aulas.
Eu agia de maneira normal nas aulas, conversava com todos os outros alunos, e isso o deixava muito enciumado... certo dia ele estava dando aulas pra mim e pra outro rapas, e o outro instrutor que estava com aula vaga estava auxiliando... como as motos estavam ocupadas eu sentei e fiquei aguardando minha vez... ele veio e sentou ao meu lado e o outro instrutor ao lado dele, eu estava conversando com uma amiga por mensagens e ele ficou observando nossa conversa... e de repente ele deu um tapa na minha perna e disse, “e então Pernuda, vai sair final de semana?” eu o respondi e olhei a mão dele que permaneceu na minha perna como se disse-se “ela é minha”. O outro instrutor percebeu e começou a provocá-lo, pediu se o Ramon queria que ele me levasse pra casa no final já que ele não tinha mais aulas... e Ramon ficou roxo de raiva e tentou disfarçar. Disse que eu que decidisse quem iria me levar pra casa, eu pra tentar remendar já que nessa altura os outros alunos já estavam percebendo o clima, respondi apenas que tanto fazia, com tanto que chegasse em casa... levantei e fui fumar um cigarro, quando voltei, brinquei “e ai já resolveram?”, ele não me respondeu e saiu... no final da aula ele foi pro carro e me chamou, ai o outro instrutor disse:
-deixa que eu levo ela, eu to indo pra casa e fica a caminho! Você tem outro aluno pra levar no distrito.
Ele só respondeu:
- Ela é minha aluna e vai comigo!
Peguei minhas coisas entrei no carro, e fui para o banco de trás o Ramon ficou no banco do carona, e o outro aluno dirigindo, o outro aluno morava em um distrito uns 20 km da cidade, e ele quis levar o aluno primeiro. Desconfiei que ele queria falar comigo. enquanto íamos ele abaixou o espelho e ficou me olhando pelo espelho... depois ponhou a mão por trás do banco dele e ficou pegando na minha perna e piscando pelo espelho... continuei calada... depois que o rapas chegou em casa ele assumiu o volante como teríamos que pegar a rodovia ele não quis que eu levasse o carro. Mal saímos e ele começou com sermão:
- precisamos conversar, o pessoal ta notando a gente e isso vai pegar mal, temos que nos comportar...
Eu olhei pra ele e disse:
- é engraçado você me pedir isso não? Eu passei a aula toda fugindo de você, você tem ciúmes que eu converse com outras pessoas, você chega e Poe a mão na minha perna na frente de todo mundo, ou fica piscando e sorrindo o tempo todo pra mim... não sou de ferro embora estou conseguindo me controlar... mas você
Ele então me perguntou sobre a festa que eu falei que ia no fim de semana
-é sobre isso que eu estou falando, eu to agindo normalmente, mas você qualquer coisa fica se mordendo de ciúmes... e não esconde de ninguém.
Ele ficou irritado e então pediu pra só falarmos sobre assuntos profissionais a partir daquele momento.
Passou uns 2 dias e ele ainda estava brabo comigo, e eu tinha passado um dia bem tumultuado no trabalho... estava estressada, e era aula de moto, cai dois tombos, no terceiro eu sentei no meio da pista e joguei o capacete. Ele veio correndo levantou a moto e sentou do meu lado, perguntou o que tava acontecendo e por que eu tava tão irritada. Desabafei com ele e ele me abraçou... fiquei um pouco naquele abraço mas lembrei de nossa conversa e o afastei, peguei a moto e dei mais uma volta, mas começou a chover, ele então pediu pra que eu ajudasse ele a guardar as motos e ele me levava pra casa. Entramos na garagem e a chuva aumentou como o carro estava longe decidimos esperar passar um pouco a chuva pra irmos.
Sentamos nas motos um de frente pro outro e ficamos conversando, estávamos sozinhos na pista, e logo o assunto acabou (até tinha mas como estávamos sendo apenas instrutor e aluna eu não queria puxar assunto) eu soltei o cabelo que costumava deixar preso pra fazer as aulas de moto, e percebi que estava molhado, pensei alto, “nossa meu cabelo esta molhado” e ele disse: -deixa eu ver
Ele pegou pelo meu cabelo e me puxou ficamos corpo a corpo, fiquei toda arrepiada, e ele continuou segurando em meu cabelo e começou beijar minha orelha e meu pescoço, com a outra mão ele passou a mão em meu peitinho, eu continuei sem me mexer, (não queria dar o braço a torcer depois da ultima conversa) e ele continuou beijar meu pescoço e a respiração em meu ouvido me deixava cada vez mais excitada, nisso não agüentei mais ponhei a mão sobre o peito dele e mordi a pontinha da orelha dele enquanto descia minha mão por aquele corpo maravilhoso... então ele sussurrou:
-já ta querendo né! feche a porta caso chegue alguém.
Eu nem esperei, fechei a porta e quando estava voltando ele me segurou pelo braço, me virou de costas pra ele enquanto mordia minha orelha e meu pescoço, ia tirando minha roupa e roçando aquela pica grande em minha bunda depois dele tirar toda minha roupa, eu ajudei a tirar a roupa dele, e ele me pegou no colo e começou a me comer em pé mesmo... depois me deitou sobre uma das motos e começou a bombar, aquele vai e vem tava uma delicia... ele me segurava com força, e me socava com vontade, ai pediu pra mim ficar de 4 na moto, a posição que eu mais gosto, me virei de 4 com as mãos apoiadas no banco da moto empinei meu bumbum e ele começou pincelar aquela pica gostosa na minha xana, não queria entrar, quando finalmente entrou ele novamente me pegou pela cintura e voltou a socar com vontade, socava e gemia e sussurrava e suava, e eu ai ao delírio até que ele gozou, eu me debrucei em cima da moto e ergui minha perna um pouco e ele ficou ainda mais excitado e me socava com mais e mais vontade, e segurava pelos cabelos, e passava as mãos pelas minhas costas. Até que ele gozou... então deu um passo pra trás e se sentou na outra moto, exausto e ofegante, olhou em volta e disse melhor se vestir e irmos antes que apareça alguém...
Quando ele estava me levando pra casa ele disse que o que tínhamos feito tinha sido loucura e que não podia mais acontecer... embora tenha sido a melhor transa que eu tive eu aceitei novamente pois sabia que essa história tava apenas no começo.
Logo minhas aulas terminaram, e se iniciou um novo capitulo “entre tapas e beijos”
Mas esse fica pro próximo conto

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


86146 - meu instrutor me comeu no carro da auto escola - Categoria: Fantasias - Votos: 8

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico angelpantera

Nome do conto:
Meu instrutor me comeu na garagem da auto escola

Codigo do conto:
86150

Categoria:
Fantasias

Data da Publicação:
12/07/2016

Quant.de Votos:
4

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de estupro anal de virgensprofessor conto eróticoquadrinho erotico dando um trato na vizinhaultimos contos sadoconto erotico filhoconto erotico acordando a amigao beto estava de calcinha dar espelhoconto me lambuzou de porraConto Incesto Meu Irmaonovinhas so gost de negraopornoxvidio mulher traindo na sala de casa com o maridocontos eroticos madrinha casadacontos gay derretido pelo meu colega macho e Hetero Conto novinho da o cuzinho bebadocontos eroticos ilustrativoconto erótico minha filha linda e comedordei gostoso pro genro negao de rola grossa contos de sograPokemon meninas nuas gozandoContos eroticos dpConto de sexo Transei com mendigo de penis grandecontos eroticos da amiguinha de escola da minha filhaconto esposa quer emprenhareu e meu irmão no feriado sem nossa turma de amigos eu e ele no hotel meu irmão ele fudeu minha buceta conto eróticomalandrinha conto eroticovirandoputinhacontosconto erotico minha professora e travesticonto peguei minha tia sirirca flagraxvideo quadrinhos eroticocontos eroticos ninfetinhas virgens do papaiporno contos eroticos comi minha maecontos erotico viu mae nuaNovinha de classe cacheada trancando e gosando de verdadecontoeroticoputasconto erotico deflorando a menininhapeguei meu estagiario e coloquei pra mamarCummeno a irmã durmino junto com as amigasconto erotico casal n praia e dp p hotel esposa n resitisogro corno adora quando seu genro morde o gre da sua mulher sexoengravidando a maninha quadrinhobisbilhotei e depois metir a rola pornocontos minha mulher deu no clube de nudismoconto erotico dei massinha do meu pau para minha filhaultimos contos sadoutimoscontoscontos eroticos/flagrei meu marido comendo o cu do meu/filhoconto erotico meu irmao meu machominina di meno dano u cu iabucetaConto erotico papai admirou o meu corpocuzuda com celulite babadanegão enxoval da minha bundinha e eu griteiConto erotico bebendo porracontos eroticos de noiva rabuda estuprada na praia por garotos cacetudos e noivo vendocontos com fotoscfm casadasponor da travertil da bundona maior di todo mundo I do cu mais glandi e gostozoquadrinhos porno freiras e garotos roludostia solitaria cuzinho virgem contosmae filho filha conto pornoconto erótico traiçãocontos eroticos com fotos pesadastrai meu marido conto eróticoconto aposta pau enormeContos eroticos iniciaçao da menininha e o peaocomo fazer minete sem chupar corrimentovale tudo com a sogra conto pornoporno esposa flagra marido chupando picacontos eroticos dando cu na piscina para meu paicontos eróticos quadradinho a despedida de solteiro 2xvideos meu pai comeu minhanamiradaGleidson negao nu mostrando a bundapenetrei minha mãe bêbadacontos eróticos gays com motoqueiroscontos de zoofilia. de uma engenheiraMinha bunda fui abusada contos eroticos com fotosmulheres rabudonas cavalas abusando de jovem pisudohostoria em quadrinhos sexofudeno a mulher do corno mo swingpoliciais conto eróticoconto erotico minha cunhada me viu de pau durocontos eróticos festa da empresa de minha esposacontos eroticos novos com fotos traicao um roludo me engravidouputinhanegrascontos eroticos um casal passando férias na casa de um casal de amigoscontos de incesto: fiz e faço sexo com de mulher de 80 anosay papi volume 17 parte 3Conto leite da tia pornporno Crazy quadradinhocomi minha cunhada fabiana - contos eroticoscontos eroticos de quem ja comeu uma moradora de ruaConto erotico de meninacaminhando no mato com atialnternato de lesbicas virgemsexo sonambula cai de baca na poracontos erotico. vi minha filha transando fodendocontos eroticos pau do paimae puta do amigo quadradinho eroticocontos cu cabacosoquei consolo ate no meu utero contos eroticosnovinho filho de macumbeiro batendo punheta