Aconteceu Amor - Cap. 37




      Cap. 37   Flutuando


        Minha manhã foi um alvoroço, todos queriam saber onde eu estava, com quem estava, como eu estava. Acordei descalço, com o olhar distante, como se milhões de flores tivessem desabrochado naquela manhã, como se o céu estivesse pintado de um azul diferente, o cheiro do café estava mais gostoso. Tudo estava diferente, porque dentro de mim, tinha mudado.
- Estou bem mãe! - Foi só o que respondi!
         Eu estava contando os minutos. Esperando por algo que me surpreenderia. Voltei pro quarto, tinha muito barulho me desconcentrando. E eu só pensava naquele beijo, naqueles olhos verdes, aquele sorriso de lábios finos que sempre me fez ferver de dentro para fora.
- Será que você pode me responder? - Disse Artur.
           Ele havia entrado no meu quarto e eu não tinha notado. Até aquele momento.
- Que Arthur? -
- O que aconteceu com você? -
- Nada. -
- Você saiu daquele jeito... -
- Estou bem! Muito bem! - Disse sorrindo.
- Acho que eu estou sobrando aqui. -
- Olha Arthur, eu nunca te prometi nada. Você mesmo não queria nada mais além do que... -
- Tudo bem, e você não quer mais? -
- Não Arthur! Obrigado! -
         Ele sentou se ao meu lado, e alisou meus cabelos, me olhou dentro dos olhos.
- Você é diferente de tudo que já conheci. Eu queria ser o motivo do seu sorriso. Mas eu estarei aqui sempre que precisar! -
         Ele me roubou um beijo rápido, antes que eu pudesse lhe dizer alguma coisa, ele se levantou e saiu do quarto. Me levantei e fui tomar banho, eu mal acabei de me vestir e escutei a moto dele estacionando. Eu sabia que era ele. Eu estava no portão antes que ele tirasse o capacete. Me lancei em seus braços e o beijei.
- Você disse que estaria aqui antes que eu acordasse. -
- Hmm! Desculpe. Mas você trapaceou... – Disse Fábio.
- Não é verdade. – Retruquei.
- É sim! Você costuma acordar mais tarde. -
           Sorrimos, ele afagou meus cabelos ainda molhados, fez carinho em meu rosto, e ficou me admirando por alguns segundos.
- Eu senti sua falta. Esse tempo que fiquei longe. Nem sei como aguentei! -
- Eu fiz várias idiotices... – falei mordendo os lábios.
- Eu também fui idiota em te abandonar. – ele respondeu, passando o dedo em minha boca.
- Mas foi a última vez! -
- Sim! - Fábio me beijou. - Não vai me convidar pra entrar. -
- Você quer entrar namorado? -
- Será um imenso prazer namorado! -
           Assim que entramos minha mãe nos olhou ergueu a sobrancelha direita, ela já tinha entendido. Ou achava que tinha. E apenas sorri puxando Fábio pela mão até meu quarto, antes que Diana se tornasse inconveniente. A casa estava um pouco cheia era difícil estar junto dele, e não poder fazer nada. A todo momento eu queria beija-lo, sentir o corpo quente dele.
        E entre um beijo e outro, ficamos conversando sobre os assuntos inevitáveis.
- Contou ao seu irmão? - Perguntei.
- Ainda não, não nos vimos. - Fábio respondeu.
- Ele precisa saber, e melhor que seja por você. -
- Hum! Você tem razão. -
- Ele vai surtar. Espero que não fique agressivo. -
- Nos conversamos uma vez sobre isso... -
- Sobre o que? -
- Quando você fugiu. A gente conversou sobre isso. Se você me escolhesse. -
- E como foi? -
- Ele tinha certeza de que nunca ia acontecer. Mas ele disse que se acontecesse, ele nos deixaria em paz. -
- E você acredita que ele nos deixe? -
         Sorrimos, e ele me beijou, para não ter que responder a pergunta. Ele me acariciando as coxas pela brecha da perna da bermuda. Me deixou muito excitado, eu o beijava com mais vontade, enfiando a mão por baixo de sua camiseta.
   Até que escutamos batidas na porta. E tivemos que parar, e nos recompor.
- Entre! - Disse eu.
- O almoço está servido. - Disse minha mãe. - Fábio você fica pra almoçar conosco? -
- Ah! Claro dona Laura, você cozinha muito bem, será um prazer! - Respondeu ele.
- Ótimo! Então venham. -
- A gente já vai mãe. Obrigado! -
   Assim que ela virou as costas, comecei a rir. Fábio me abraçou por trás e beijou minha nuca.
- Você tinha que ver a sua cara, você ficou vermelho igual tomate. -
- É a sogra. Todo cara tem medo da sogra. – Rimos juntos.
- Nem me fale, eu vou ter que tomar chá com a senhora Paola? –Perguntei.
- Podemos só descer para almoçar. – ele coçou a cabeça sorrindo.
           Ele estava fugindo de novo, mas eu não vou ficar forçando. Não agora. Seria um almoço absolutamente perfeito, não fosse pelos comentários inconvenientes de Diana.
- Isso me lembrou quando seu irmão veio aqui se declarar para o meu irmão. - Disse ela apontando pro Fábio.
- É irmãzinha, só que hoje não tem declaração, nem aliança nem nada. Só um delicioso almoço em família. - Respondi.
- Sem querer ofender, onde ele se encaixa no "almoço em família"? – Diana apontou Para Fábio com o queixo.
- Em muitas formas, querida irmã! Por exemplo meu namorado, seu cunhado, genro da mamãe. E por aí vai. -
        Eu estava me servindo, de salada, e olhei para Fábio, que tinha um sorriso bobo e um brilho no olhar. Ele sempre quis isso, eu podia ver na cara dele.
- Não acham que está sendo rápido demais filho? - Perguntou mamãe.
- Sem querer me intrometer, dona Laura. Mas já nos conhecemos a mais de três anos. Eu acho que esperei tempo demais por isso. -
- Nos esperamos! - Eu o corrigi.
           Assim foi o almoço, Diana tentando deixar Fábio constrangido, eu o defendendo, pois Fábio ainda não se sentia íntimo o bastante para responde-la.
        O resto do dia passamos tão juntos que parecia até que estávamos colados. Eu nunca me cansaria de seus beijos, e o jeito que ele me tocava, me deixava quente, eu sentia a excitação dele e ficava excitado também.
           Mas a gente se controlava, quando ficávamos ofegantes demais. A gente ficava rindo e falava de qualquer assunto, pra distrair. Mas meio minuto depois estava com a língua enroscada na dele.
        Já era fim da tarde, e ele tinha que ir, e eu não queria me separa dele, o tempo era curto demais junto dele, e longo quando ele não estava perto. Com muito esforço ele conseguiu subir em sua moto e me deixar ali, ansioso por sua volta!

Foto 1 do Conto erotico: Aconteceu Amor - Cap. 37


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario lordricharlen

lordricharlen Comentou em 24/09/2016

Tomara que de tudo certo agora.

foto perfil usuario 31alvarenga

31alvarenga Comentou em 23/09/2016

MT bom.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


44966 - Aconteceu Amor - Cap. 1 - Categoria: Gays - Votos: 10
44968 - Aconteceu Amor - Cap. 2 - Categoria: Gays - Votos: 7
45153 - Aconteceu Amor - Cap. 3 - Categoria: Gays - Votos: 8
45409 - Aconteceu Amor - Cap. 4 - Categoria: Gays - Votos: 9
45728 - Aconteceu Amor - Cap. 5 - Categoria: Gays - Votos: 6
45858 - Aconteceu Amor - Cap. 6 - Categoria: Gays - Votos: 9
45949 - Aconteceu Amor - Cap. 7 - Categoria: Gays - Votos: 5
46018 - Aconteceu Amor - Cap. 8 - Categoria: Gays - Votos: 9
46174 - Aconteceu Amor - Cap. 9 - Categoria: Gays - Votos: 4
46175 - Aconteceu Amor - Cap. 10 - Categoria: Gays - Votos: 6
46260 - Aconteceu Amor - Cap. 11 - Categoria: Gays - Votos: 5
46314 - Aconteceu Amor - Cap. 12 - Categoria: Gays - Votos: 7
46557 - Aconteceu Amor - Cap. 13 - Categoria: Gays - Votos: 3
46558 - Aconteceu Amor - Cap. 14 - Categoria: Gays - Votos: 3
46675 - Aconteceu Amor - Cap. 15 - Categoria: Gays - Votos: 3
46698 - Aconteceu Amor - Cap 16 - Categoria: Gays - Votos: 4
46805 - Aconteceu Amor - Cap. 17 - Categoria: Gays - Votos: 5
46929 - Aconteceu amor - Cap. 18 - Categoria: Gays - Votos: 5
47198 - Aconteceu Amor - Cap. 19 - Categoria: Gays - Votos: 4
47462 - Aconteceu Amor - Cap. 20 - Categoria: Gays - Votos: 3
47510 - Aconteceu Amor - Cap 21 - Categoria: Gays - Votos: 3
49560 - Aconteceu Amor - Cap. 22 - Categoria: Gays - Votos: 7
51372 - Aconteceu - Categoria: Gays - Votos: 3
51373 - Aconteceu Amor - Cap. 23 - Categoria: Gays - Votos: 2
51584 - Aconteceu Amor - Cap. 24 - Categoria: Gays - Votos: 5
51940 - Aconteceu Amor - Cap. 25 - Categoria: Gays - Votos: 2
51941 - Aconteceu Amor - Cap. 26 - Categoria: Gays - Votos: 5
52476 - Aconteceu Amor - Cap.27 - Categoria: Gays - Votos: 5
52543 - Aconteceu Amor - Cap. 28 - Categoria: Gays - Votos: 6
61296 - Aconteceu Amor - Cap. 29 - Categoria: Gays - Votos: 5
61658 - Aconteceu Amor - Cap. 30 - Categoria: Gays - Votos: 4
62452 - Aconteceu Amor - Cap. 31 - Categoria: Gays - Votos: 4
63141 - Aconteceu Amor - Cap. 32 - Categoria: Gays - Votos: 1
63142 - Aconteceu Amor - Cap. 33 - Categoria: Gays - Votos: 2
64935 - Aconteceu Amor - Cap. 35 - Categoria: Gays - Votos: 9
64953 - Aconteceu Amor - Cap. 34 - Categoria: Gays - Votos: 2
89459 - Aconteceu Amor - Cap. 36 - Categoria: Gays - Votos: 6
90253 - Aconteceu Amor - Cap. 38 - Categoria: Gays - Votos: 4

Ficha do conto

Foto Perfil erotika
erotika

Nome do conto:
Aconteceu Amor - Cap. 37

Codigo do conto:
89501

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
23/09/2016

Quant.de Votos:
7

Quant.de Fotos:
1


Online porn video at mobile phone


contodebucetonadeixei meu marido chupar a b******** da minha amiga contos[email protected] xvidio buceta de clesacontos eroticos de meninos dotados comendo irmas e tias mulatas gostosascontos eroticos com fotos velhos roludos com meninasperdi as preguinhas do cu quando era pequenaconto erotico: virei safada para salvar meu casamentoconto erotico mendiga cucontos eróticos de c****boquete feriado relatoscontoeroticosobrinhagostosapretinhovirgem..comquadrinhos eróticoscontos eroticos maduras adorei a piça gg deleConto vendo minha mae sendo arrombadacontos erôticos chantagiadas pelos proprio filhosporno quadrinho cunhadadupla penetração meu filho e o meu maridocheguei em casa e minha mulher comecouna sexoContos eroticos trio de travestisfui enrabada pelo meu cachorroO danado do sobrinho gemia muito - contos eroticos gayContoseroticotravesticonto erótico levei minha esposa nnum filme porno pra dar o cuzinho pra todos os homens que estavamno cinema.Draxler pelado de pau durofui fragado pela esposa socando um vibrador no rabo contosconto porno prevenidacontos eroticos sexo com minha mae de bikinivideos de mulheres sendo marsturbadas e gozando como fazer ?Falei q quero ser corno conto eroticocontos eróticos me bolinouwww.contoeroticos mae fihlo.brfuta gets fucked hentai gifscontos eroticos de neta, avo, sogro ,sogra e tia noraconto erotico fui assaltado usando roupas de putinhaContos eroticos cheirando calcinhas no banheiro da lojaperdi as preguinhas do cu quando era pequenacontos er noite friapegando o genro contoContos ero onibus masturbcontos de como de homem virei putaDesabafo real de uma mae contos ero cap,vIIIeu amo meu filho incesto sexo contosfui na casa da minha cunhada para buscar ela mas ela pediu para mim levantar o zíper do vestido dela o que aconteceuutimoscontossindica do predio transando com porteirocontos eróticos incesto comendo mamãe minha musaconto erotico crente bebendo leitecontoerotico padrasto estouranda cu virgemler contos erotico de xoxotinhas picamadrasta descobriu que foi traida e deu o troco fodendo com enteado que socou a rola imensa gozando dentrotirei foto da mia filha e bate uma punhetacontos encoxando rabos enormesminha mãe me surpreendeu contos de incestoporno castigada pelo irmao contocontoeroticoputanoracontoeroticoconto fui a florianopolia gaycontos peituda loira provoca o pai de baby dollContos eroticos incetos catigada pelo papai Com imagenssites porncontos escritos zoofilia cavalosfui chantageada e tive que bater uma punheta para meu patraosex incesto cunhada bebada contoas molhadinhana praia xivideoContos com fotos meu sogro tem uma jeba que so vi em filmecorno do genro contossedutoras e marrentas parte 4 contos eroticoscontos eroticos minha sogra mamou no meu pau e depoi choroulesposa assédiando o entregador xvideostitio metendo com sobrinhaaquele moleque me trepou com toda sua garra conto eróticomamando no padrinho contos gaydragon ball z porno yaoi hq xvidios com menanas virge lindamelhores mulher nua tomando bainho gostosa no vestiariocontos eroticos com fotos gay fui da o cu com porra dd otro macho guardadamulher engrossa com as maos o pau do seu cachorro zoofiliacontos eroticos as ferias com minhas filhascontos vi minha cunhada dando pelo buraco da fechaduracontos eróticos gay meu amigo bandido min fudeumarandro colocou a calcinha de de lado e meteu fundo na bucetaincesto porno silvanaConto erotico sou madura e genrocontos eroticos aluno novovídeo de pornô de Recife mulher boa para o Pouso da metendo putãocontos eroticos corno na chacaracontos de lesbicas virgemno cuzinho nao papai famíliacontos eroticos incesto comeu a irma dormindo e gozoucontos erptico dei dinheiro para a menininhacontos eroticos meu visinho agora quer minha sogra e euquadradinho exotico fodendo a cona da filha incesto