Aluno de reforço escolar (24cm)



Aluno de reforço escolar (24cm)
Sou professora, 39 anos casada, uma filha, corpo esguio me considero gostosa, 1,70m e 72 kg, leciono em uma escola no ES, dou aula para turmas de adolescentes de 12 a 17 anos, está e a primeira vez que escrevo uma estória. Leio aqui por muito tempo, fico com bastante tesão, me masturbo com estas estórias de todos gêneros, já tentei escrever por diversas vezes mas não tive coragem, mas depois de diversas mudanças e casos ocorridos na minha vida, resolvi divulgar minhas estórias, por achar elas picantes e terem mudado minha vida sexual.
Bom depois de 3 anos lecionando, e com meu marido limitado financeiramente, resolvi dar aulas particulares de reforço, nas matérias de matemática física e química, precisava pagar meu carro recém comprado, assim sendo coloquei anuncio em um jornal daqui da região
Como tinha carro comecei a dar aulas a domicilio, na parte da tarde, a procura foi boa, tinha aula a semana toda......mas eis que de repente, ...........
Um dos alunos era de um bairro mais afastado de da capital Vitoria, e seu atraso era maior que os outros e após avaliação disse aos pais que seria necessário três semanas de aulas diárias, até a época de provas, e assim ficou acertado, todos dias da semana
No primeiro dia cheguei logo após a hora do almoço horário em que o André (aluno de 16 anos), mulato bem forte para sua idade olhos negros, igual seu pai um negro alto e musculoso, sendo a mãe uma mulata linda de corpo bem definido, havia chego da escola almoçado o pai saia pela manhã, e a mãe aguardava eu chegar para sair, a trabalho,
Eu sou casada a 15 anos, casei virgem e só conhecia até agora o pênis do meu marido e o sexo com ele que para mim era prazeroso, não havia reclamações,
Bom durante uma semana tudo transcorreu normalmente, até que um dia aproximadamente umas 15 horas da, e disse a ele que continua-se a fazer os exercícios, pois eu iria ao sanitário…quando voltei notei que ele estava com o computador ligado e quando me ouviu chegando mudou de tela, fiquei ao seu lado e notei que ele estava inquieto, estava com a mão esquerda abaixo sobre sua perna a outra sobre a mesa com a caneta na mão, . ele disse que havia terminado os exercícios e notei ele apertando seu pau sobre a bermuda que estava usando, tinha um volume saliente, ele não notou que enquanto eu olhava o exercício eu também olhava sua mão trabalhando no seu pau, aquilo me descontrolou, pois apesar de ter sexo em casa, não achava normal uma ou duas vezes por mês, eu tinha um fogo enorme no meio das pernas e as vezes me masturbava, mas aquilo apesar de achar fora do normal, estava me excitando me deixando molhada, eu ali corrigindo o exercício e ele passando a mão naquele volume que so crescia aparentemente, nem cueca usava ., era uma bermuda larga e seu pau levantava o tecido, perguntei a ele se estava tudo bem, ele respondeu perguntando se os exercícios estavam certos.....disse que sim, ele disse que iria ao sanitário enquanto eu passava mais exercício no caderno dele....enquanto ele foi para o banheiro eu abri uma tela minimizada no computador dele ...era um vídeo pequeno de um cara chupando a buceta de uma mulher enquanto ela se contorcia, gozando na boca dele, nem percebi que ele voltou e estava na entrada da sala, minimizei a tela e ele veio se sentar ao meu lado sem nada dizer, minha buceta latejava, ele passou o pau para o lado que eu estava, ou seja lado direito, estava tão inquieta quanto ele me descontrolei e meio sem querer pousei minha mão sobre sua coxa e disse a ele que estes novos exercícios, fiquei falando bla bla bla e instintivamente passei a mão sobre seu pau, estava fervendo de quente era grosso e grande fiz de conta que não tinha notado e ele também continuou pedindo explicações, eu continuei com as mão quase que apertando aquela caralho, grande e grosso., estava sentindo minha buceta molhando a calcinha, uma excitação incomum para mim, ele era um garoto e eu uma mulher ,,,,,sua professora, mas aquilo estava muito bom, então ele levantou dizendo que iria pegar a calculadora na parte alta da escrivaninha onde estávamos, ele levantou e nem ligou com aquela barraca armada na sua bermuda e encostou aquilo em meu ombro, duro e quente, minha vontade era pegar e mamar naquela rola que com certeza era muito maior e mais grossa que a do meu marido, estava com tesão e quase me descontrolando, com aquele jogo inocente,
Ele sentou novamente mas deu um jeito da cabeça do seu pau ficar a mostra fora da bermuda, aquela anaconda quase chegando ao seu joelho , ele voltou a perguntar dos exercícios e pegou minha mão e colocou novamente sobre sua coxa, e claro diretamente sobre seu pau, duro, e quente, aquilo estava me descontrolando, peguei de leve na cabeça do seu pau ele deu um leve gemido, nos dois fazendo um jogo perigoso, seu pau estava molhado, segurei a cabeça de seu pau e apertei de leve meus dedos não fecharam era grosso, passei de leve meu dedo na sua fenda da cabeça daquele caralho que estava babando um pre gozo, digamos que igual uma lata de cerveja, e pasmem dizem que cresce até os 18 anos, imaginei eu ...e senti uma pontada no útero so de pensar naquilo dentro de mim, ele ficou rodando a caneta com os dedos, e me olhando e a proposito deixou cair, e me olhou e olhou para a caneta no chão e disse não vai pegar , sabendo de sua intenção e claro que me abaixei para pegar., e vi aquele pau de perto bem perto, quase na minha cara, peguei a caneta com a outra mão e segurei seu pau na direção da minha boca e passei a língua naquela gota de porra que estava na abertura da cabeça do seu caralho e ainda apertei para sair mais, abri bem a boca e enfiei a cabeça daquela caralhão dentro dela...lambi seu pau ate onde consegui , bem gostoso dando atenção aquela cabeçorra igual um tomate .minha buceta piscava...
.me recompus, com vergonha e olhei o relógio eram 17 horas hora de terminar a aula......disse a ele que seus pais estavam chegando e era hora de ir embora, ele puxou sua bermuda até tirar para fora seu pau inteiro, deixando até as bolas do seu saco para fora, um gigante assustador, pegou minha mão levou até seu caralho, fui “obrigada”, a aperta-lo e começou um vai e vem, eu disse para por favor ....tenho que ir .......ele ficou com cara de magoado eu também, mas, não queria ser pega com a mão na massa, sai quase que correndo, ele
Falou no meu ouvido, amanhã a aula vai ser completa, fingi que nem ouvi e sai em direção ao carro cambaleando com as pernas bamabas de tesão, e a calça ensopada, quando entrei no carro, andei mais ou menos 1 km, abri o zíper da minha calça jeans
E levei a mão na minha buceta que chorava de tão molhada, um tesão indiscretivel, esfreguei meu clitóris como uma alucinada pensando naquele magnifico pau do garoto André, e tive um orgasmo de tremer as pernas, me recompus e fui para casa...
Fiz janta, meu marido chegou, jantamos, ele ficou vendo TV subi para tomar um banho, depilei minha bucetinha, passei uma loção aquilo não saia da minha cabeça, coloquei uma calcinha sexy bem enterrada na bunda, uma camisola transparente, desci para beber agua, passei por ele, peguei sua mão passei sobre minha buceta carente e disse estou te esperando...........................
Ele respondeu seco JÁ VOU.........homens não sabem quando somos rejeitadas a vingança e certa........ele demorou duas horas para ir para a cama, eu ali me revirando morrendo de tesão, pegando fogo e molhada, pronta para ele enterrar seu pau, chegou deitou e disse…rindo se não poderia seu amanhã pois estava cansado. Eu disse claro meu amor amanhã então…já tinha imaginado até ele me lambendo coisa que ele não gosta, eu chupando o pau dele, mas me restou ficar na mão,
A aula da manhã na escola foi um tormento, meus pensamentos não tinham outroi lugar senão o caralho do garoto, passei em casa tomei um banho passei cremes coloquei uma calcinha e nada de sutiã, meus peitos eram durinhos, e um vestidinho bem solto, esperei chegar a hora e fui para a AULA da quarta feira, cheguei a Dna da casa estava explicando alguma coisa para o André sobre internet, e disse pra mim ter cuidado se fosse pesquisar alguma coisa no computador do André pois ele e seu esposo viviam vendo pornôs e invariavelmente esqueciam alguma coisa aberta, ela morreria de vergonha se eu visse alguma coisa.
Eu disse fica tranquila senhora já conheço bem os adolescentes,
Ela saiu,
O André me ofereceu um café, e disse que eu estava bem bonita com aquele vestido, tomei o café e fomos a sala para começar a aula de reforço, antes ele foi para o quarto e voltou somente com um short de lycra, meio que indecente para o dote dele, pois marcava seu pau descaradamente, comecei explicando a matéria bem seria isto transcorreu durante uns 40 minutos, quando ele deixou novamente cair a caneta, abaixei para pegar a caneta, ele estava segurando seu pau inteiro fora do calção eu não fiz nada levantei e disse um minutinho vou no banheiro, ta bom, ele não entendeu nada, eu sim fui ao banheiro e tirei minha calcinha, quando voltei ele estava sentadinho e de pau duro mas dentro do short, coloquei minha calcinha sobre a mesa, me sentei e disse vamos a aula, nisto derrubei a proposito a caneta e disse sua vez de pegar, ele abaixou eu abri minhas pernas sem calcinha e escancarei minha buceta peladinha, quente e molhada, bem na sua cara, ele não teve dúvidas, abriu mais minhas pernas e foi mordendo minhas coxas bem de leve até chegar em minha buceta que já estava encharcada, fiquei até com vergonha de tão molhada que eu estava, ele lambia, de baixo para cima, passando do meu cuzinho ate meu clitóris, e enfiava profundamente a língua na minha sofrida buceta e me deixava mole. Aquilo era dos deuses, peguei sua cabeça e apertei sobre minha buceta e contorcendo e gemendo tive meu primeiro orgasmo de verdade, um choque.
Aquilo era único, sabia que estava tudo errado, mas meu corpo estava entregue, queria sexo, queria ser uma puta naquele momento, estava tarada e assim resolvi que seria uma cadela, não iria perder a oportunidade, um castigo por não ter sido comida, ele mamava minha buceta e se lambuzada no meu gozo, e tinha só dezesseis anos, afff que tesão uiiiiiiiiii, ele fui subindo me lambendo e tirando meu vestido ate meu pescoço, parou e mordeu meus bicos do seios, ora um ora outro, chupava, eu sentia seu caralho encostando e queimando minhas pernas, minha buceta pulsava de vontade, eu louca para sentir um caralho diferente dentro de mim, eu gemia, haaaaaa, vem meu menino da este caralho para mim me estupra me arromba eu não aguento, eu pingava ...sentia isto, estava louca de tesão e ele sabia disto e tirava proveito, sentido a cabeça do caralho batendo em minhas pernas, em minhas coxas.
Ele foi subindo tirando sua camisa e short, subindo me lambendo e enfiou sua língua na minha boca, um beijo molhado, quase derrubando a cadeira onde estávamos, eu com as pernas abertas o vestido no pescoço, gemendo como uma puta e sentindo seu pau esfregando na minha buceta molhada, queria lamber seu pau, então ele me levantou e me colocou suavemente sobre o tapete da sala e sussurrou que a porta estava trancada, segurei seu pau com uma das mãos , era grande e grosso, devia ter uns 23 a 24 cm, minha mão não fechava na circunferência, uma cabeça igual uma pera, eu com medo, esfregava na minha buceta, cutucava e tirava, estava babando de tesão, ele empurrou a cabeça em mim, gritei que estava gozando e tive um orgasmo diferente, quase desmaiei, minhas pernas tremiam,   enquanto ele me beijava bem molhado enfiando a língua, no meu ouvido, e apertando a minha nuca, sentia a cabeça do caralho rasgando as paredes da minha buceta gulosa, pedia a ele para ser carinhoso, eu queria devagar, a cabeça entrou e levou metade do tamanho do caralho junto, estando molhada facilitava muito, coloquei meus quadris para cima e senti aquilo entrando fundo na minha buceta, era bem mais grosso e comprido que meu marido , aquilo estava me preenchendo me alargando, eu rebolava para entrar mais, ele puxou e começou a colocar de novo foi entrando e eu segurando com a mão seu corpo, entrou mais um pouco, aquilo me fez gozar de novo, era uma coisa diferente pela situação proibida, pelo tesão, pelas dimensões daquele cacete, pedi para ele enfiar até onde eu aguenta-se, podia socar meu útero, que iria aguentar , então começou me imolar, ele tirava inteiro e colocava sem do bem fundo, segurava encostando no meu útero e esfregava no fundo me levando as estrelas aquilo era indescritível, muito bom agora eu sabia o que era gozar de verdade, gemia e rebolava gostoso, eu com vergonha e descontrolada rebolando e levantando meus quadris, eu sentia aquela tora saindo e voltando bem fundo onde eu jamais imaginava que iria aguentar, a cabeça era grande, eu gemia, me contorcia, e dizia come sua professorinha seu fdp, de pau de jumento, enfia na sua puta, mete fundo meu cavalinho, come sua égua seu safado, mete na sua vadia, vem ,quero rola na buceta, ele me puxava pelos cabelos, mandou eu ficar de costas, virei e ele enfiou na minha buceta totalmente melada, até o fundo , senti batendo no meu útero e ainda faltava alguns centímetros, doía mas era muito gostoso, ele tirou seu pau e ficou com a cara na minha bunda , lambeu minha buceta, e meu cu, enfiou a língua no meu rabo,   eu não imagina quanto isto era bom, colocou a cabeça do pau no meu cuzinho, na verdade eu ate queria, pois eu tinha ate me preparado inteira e tinha preenchido meu cu de creme, mas não deixei, ele lambeu meu cu novamente e passou o dedo, pedindo mas novamente não deixei., ele deu um sorriso e eu disse quem sabe em outra aula, ele subiu em cima de mim e começou a bombear fundo eu sabia que era chegada a hora dele me encher de porra, virou um animal, ele socava com força, doía mas era bom demais, eu empinei a bunda e na hora que gozei no pau dele ,seu pau saiu da minha buceta, eu esguichei um jato saindo da minha buceta inexplicavelmente acho que me mijei ,de prazer, tremendo e bambeando as pernas, , ele me segurou, perguntou se estava tudo bem, eu gritei ....não para goza bem fundo em mim meu macho , então ele enfiou o caralho bem fundo novamente, eu estava desfalecida, esgotada, melada, ele segurou seu pau no fundo, gemeu forte, seu pau pulsava então senti um, dois três, quatro.......contei até sete jatos de porra quente lavando meu útero, eu continuava semi inconsciente, nunca imaginaria que eu tinha um tesão tão grande, mijei de prazer......orgasmo assim só quem já teve pode saber o que eu realmente senti, o sexo tinha agora outra proporção para mim
Depois obtive explicação a respeito, que existem mulheres que gozam desta maneira, mas com minha idade até o momento nunca tinha acontecido,
Ele deitou-se ao meu lado no tapete, meu vestido ainda estava no meu pescoço, seu pau estava ensopado e senti minha buceta vazando, ele me beijou e disse ,você e a mulher mais gostosa que comi até hoje, você tem o sabor do sexo, buceta apertada, molhada e muito tesão e aguentou tudo, e não reclamou da quantidade de porra que deixei dentro de você, minha buceta estava dolorida e continuava vazando, já eram 4 horas da tarde, fui ao banheiro, não lavei minha buceta, queria aquela porra vazando mas voltei recomposta, ele já estava com a bermuda normal, dei um beijo gostoso na sua boca e apertei seu pau e terminamos a aula.....disse a ele que se guarda-se segredo teria mais sexo, ele me lambeu a boca e prometeu ninguém nunca vai saber, sai antes de sua mamãe chegar, totalmente satisfeita........
Cheguei em casa ainda sem calcinha, buceta dolorida e o vestido molhado na parte de tras ainda escorrendo porra,
Bom nem precisa dizer que neste dia não dei para meu marido, pois estava mesmo depois do banho exalando sexo, mas estava satisfeita, e nem esperei ele para dormir, e alias ele nem me tocou....pensei amanhã eu vou foder bastante de novo , ainda tinham mais 14 dias de aula.....afffffffffffffff haja buceta
A segunda parte vem a seguir

Foto 1 do Conto erotico: Aluno de reforço escolar (24cm)


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil jlbxxy
jlbxxy

Nome do conto:
Aluno de reforço escolar (24cm)

Codigo do conto:
90190

Categoria:
Fantasias

Data da Publicação:
07/10/2016

Quant.de Votos:
8

Quant.de Fotos:
1


Online porn video at mobile phone


meu escravo picudo contosconto erotico minha namorada disse que era virgemmaexesocontos porno com animaistia chupando a buceta da sobrinhaenfiando a pika na priminha da 8 aninhos contos eroticosrelato eroticos de fui desvirginada por um negao roludoConto erotico bebendo porramarido fica bêbado e dormir a esposa trai ele pela primeira vez e perder o cabaço do cu e as pregas do cu com super dotados contos eróticosfoto meu marido pauzodoconto erotico gay espera a mulher do sai pra da cu pro vizinhosexo em quadrinhó os simpsonconto erotico fui tirar satisfação e acabei chantageadavidio porno saiafudeno muto[email protected]papaifode filhinha todas noite no seu quarto conto eroticoMãe fazendo boquete no filhopintei a casa da minha cunhada com minha esposa cantos eroticosMenina mostrando Abucetá funksheila cunhada casada adoro seu cuContos eroticos tomei leitinho a noite todaultimos contos sadocontos com fotoscfm casadasprimeira transa com meu irmaohistoria em quadrinhoMinha esposa e tres sobrinhos contos eroticosRelatos eroticos: o espancamento de minha mulherContos eroticoszoofilia gravidasa veterinaria que transava com cachorros zoofilia em h.qhttp://contos erodicos matrinha e o primo e a prima transandoo negao trepou na pica torta contoContos eroticos com motorista macho do uberhentai gay quadrinhoa virgem e o cavalo zoo comixquadrinho gay meu selvagem e atrvido filho parte 2peladas meladas de muita margarina no corpo inteiroincesto sem saber contosminhas amigas travestis contos eróticosa prima safada desenho pornoConto erótico gay - Aconteceu Amor Cap. 32filho mimado conto eroticowww.contos eroticos sogra gostosa da cu pro genro pauzudo escondido da filhacontos eroticos entre netinhos e vovôcontos casada e a vizinha dando e tomando porrabucetona e cuzao da budonaConto cm a comadreconto meu pai pirocudo me fudeu tirando minha virgindadecontos eroticos cheirando o cu da cunhadaQuadrinhos incesto mãe real gostosaseu arlindo colocou o corniho pra dormir na sala contos eroyicoContos eroticos .meu filho me comeu no sofa da salaconto erotico briga gaysexo contos erotico pasaram a mao na minha bunda meu marido nao viucomedor de cdzinhasirmao nem exita em foder buceta da irma dormindobucetas menstruando de tanto fuderGATA KERENDO FODER RAPIDOcontos com fotos cfm casais com dotadosFODER!DOEÑte!.TRAtada!E!ORTASdesenho porno de negaoconto - bucetinha virgem leva pau enormeentiadacontoeroticowalter comeu minha esposapiroka do primocontos eroticos incesto fiz um bebê na minha filhaContos erotico menina de oito anos chantageadafomos acampar praia naturista e garotos comeram esposacontos eroticos incestos sai e voltei e vi meu pai comendo a sua noracontos gays casado e comido feito sanduichecontos eróticós escravas violentadascontos eroticos com fotos a tara do corno ver o negao arombar o cuzinho da sua esposaerótico travestissalão de fazer despedida de solteira,so com os roludo para mulherporno em quadrinho 3DContos eroticos de cornos de Nova Lima MGmeu sogro me pegou de jeitota vendo corno ele fudendo meu cunaroladuraporno conto erotico abusdo pelo tio e pelo cavalocontos eroticos incesto maravilhososentada colo sogra contohistoria erotica sempre eu pega meu genro dormindo pau durocontos de incestos e nudismo Ana mariaconto erotico estupradoconto gay bundao lindo do novinhoConto no cu da titiacontos erotico prima beataimagens porno heta sogra gostosa com genrogozou na minha buçeta junto con meu marido n metro contoscasada que fes zoofilia pela primera vesutimoscontosminha mulher bebada comida por um molequeconto incesto nao mestruavaa empregada naturista conto eroticoConto travesticontos eróticosmelhor amigapai xoxota da mae e doce contos eroticoscojiendo con mi suegroconto erotico minha mulher com amigo dela de infanciabunda toda marcada de arranhada e porrada sexo porno branquinhas