Dei para oito no bar de pegação



Era segunda feira, 26 de dezembro de 2016. Tinha acabado de passar o natal e eu tinha acordado cheio de tesão, doido para levar pica. Fiz o que tinha que fazer em casa e decidi ir a um bar de pegação que frequento no centro do Rio. Meu tesão estava gritando e eu não fazia ideia de que foderia tanto naquele dia. Sou branco, 1,69 de altura, 74 quilos (nem gordo, nem magro, meio parrudinho), 25 anos, cabelo preto, olhos castanhos e tenho uma bunda redondinha e durinha e coxas grossas a meu favor para conseguir ser passivo com facilidade num local desses. Fui com uma camisa leve, pois estava bem calor, um short confortável e uma cueca slip branca. Levei no bolso uma cueca jockstrap preta. Chegando no bar, fui colocar minhas coisas no armário, troquei minha cueca branca pela jockstrap e o short por cima. Entrei para a parte do bar e comecei a caçada. Esse é um daqueles bares onde os caras podem ficar de roupa, de cueca, sunga, pelados... e tem as cabines para foder.

Circulei pelas cabines do bar e logo cruzei com um cara muito bonito de rosto, mas e tinha um porte daqueles gordinhos que estão emagrecendo bastante. Puxei ele pra cabine e começamos a nos beijar. Fomos tirando a roupa, tirei meu short e pedi para ele meter. Mas quando colocou a camisinha, o pau dele não ficou duro o suficiente. Acabou que só demos mais um amasso e paramos por ali. Enquanto estava lá na cabine, tinha um cara tentando olhar por cima da porta... Adoro uma platéia.

Quando saí da cabine, o cara que estava espiando pela porta estava parado em frente. O carinha com quem eu estava foi para o outro lado e eu voltei para a cabine com o observador. Ele era alto, estava com uma cueca boxer e de camisa. Reconheci que eu já tinha dado pra ele em uma outra vez que fui ao bar, mas não mencionei nada. Puxei a cueca dele pra baixo junto com ele e comecei a mamar. Mamei até o pau dele começar a latejar na minha boca, o que não demorou muito. Fiquei de costas, subi no banquinho e esperei ele colocar a camisinha e meter. Para a minha surpresa, ele meteu bem melhor do que da outra vez. E eu falava para ele meter bastante. Ele adorou quando eu tirei o short e fiquei de jockstrap só pra ele. Ele socava no meu cu com força e o pau dele tinha uma pequena curvatura para cima e estava deslizando bem gostoso. Ele perguntou se eu queria que ele gozasse, disse que sim e ele gozou com a piroca toda enterrada no meu cu. Depois, quando colocávamos a roupa de volta, contei que ele tinha me comido outra vez e que essa tinha sido bem melhor. Ele riu e achou legal eu ter lembrado.

Saí da cabine e reparei que tinha um cara da minha altura, sem camisa, bermuda e a borda de uma cueca branca aparecendo. Ele estava se fazendo de difícil, mas eu acabei arrastando ele para a cabine e comecei chupando seus mamilos. Ele tinha um corpo sarado e uma pose de marrentinho. Fui chupando ele bem gostoso, abri sua bermuda e contemplei aquela cueca slip branca linda e aquele volume gostoso. Coloquei para fora e chupei bem. Estava bem duro e eu queria aquela piroca no meu cu. Coloquei uma camisinha nele, fiquei de costas e chamei ele para meter. Ele enterrou a piroca toda de uma vez no meu cu. A piroca dele estava tão dura que foi abrindo meu cu e entrava e saia bem gostoso. Eu gemia baixinho e ele socava até o saco bater no meu cu. Até que ele tirou o pau de dentro de mim e começou a tocar. Me ajoelhei na sua frente e abriu a minha boca, colocou a cabeça do pau e gozou gostoso na minha boca. Uma porra grossa e deliciosa, mas acabei brincando com a porra e não engolindo. Agradeci ele pela foda e fui andar pelo outro lado das cabines.

Encontrei um tiozão vestido demais para o local. Ele era alto e magro, me puxou para uma cabine e começamos a ficar. Ele abriu as calças e vi que ele tinha uma piroca enorme e muito grossa. Comecei a chupar, mas não cabia direito na boca. A vara dele ficou dura rapidinho e então virei minha bunda para ele. Ele começou a me apalpar e passar o dedo no meu cuzinho e pediu para eu sentar. Sentei e a piroca dele foi entrando. Nem parecia que eu tinha dado para dois naquela tarde, estava me sentindo virgem. A piroca dele entrava e parecia não terminar. Sentei na piroca dele e ele começou a socar no meu cu enquanto eu rebolava junto. Ficamos nisso por alguns minutos. Ele não chegou a gozar e decidimos parar.

Quando saí dali, um cara gordinho estava mexendo comigo já tinha um tempinho. Decidi chamar ele para a cabine. Ele perguntou: - O que você curte?
- Quero comer você. - respondi
E foi o que fiz, o único cara que comi no dia. Soquei no cu dele com vontade e ele gemia gostoso, com a cabeça batendo na parede da cabine. Enquanto socava, dava uns tapas na bunda dele. Até que fomos mudar de posição e ele pediu para me comer. Fiquei de costas e mandei ele meter. Ele tinha o pau maior que o meu, embora mais fino. Ele meteu e quando começou a socar, logo gozou. Foi bom sentir ele gemendo com a piroca enterrada dentro de mim. Vi a porra dele na camisinha quando ele tirou e me deu o maior tesão. O cara não era bonito, mas foi o mais simpático do dia.

Depois disso decidi descansar um pouco num dos sofás do bar. Ali estava um cara alto, bebendo Skol Beats. Ele estava com o pau duro, escapando por uma das bordas da cueca e da bermuda. Sentei perto dele e vi que ele estava exibindo aquela piroca grande e grossa para mim. Fui me aproximando e começamos a nos beijar. Nos beijamos bastante e então abocanhei aquela piroca gostosa e cabeçuda que até brilhava no escuro. Ele metia a pica na minha garganta, me botando para fazer uma garganta profunda ali mesmo na parte mais exposta do bar e eu estava curtindo muito. Depois de mamar aquela vara por uns vinte minutos, ele falou que ia pegar mais cerveja e que a gente continuava mais tarde. Então, fui dar uma volta pelas cabines de novo.

Encontrei com um cara vestindo só uma cueca boxer vermelha. Fomos para uma cabine, comecei acariciando o pau dele, que foi ficando enorme. Ele me botou para chupar e socava vara na minha garganta, me apoiando contra a parede. O pau dele era tão grande que nem estava acreditando que estava aguentando tudo aquilo na boca. Enquanto sugava aquela vara, percebi que ele estava se contorcendo e logo iria gozar. Não deu outra, ele puxou o pau para fora e mandou uma leitada bem farta na minha cara, agradeceu e saiu.

No que eu estava me arrumando para sair da cabine, com a cara cheia de porra, me entrou outro cara e não nem me deixou sair. Ele foi abrindo as calças e me colocou para mamar. Uma piroca muto grande e que ficou muito dura no momento que coloquei na boca. A pica desse cara deveria ter no mínimo uns 20 cm, mas não era muito grossa. Ele gemia enquanto eu mamava. E como eu tinha acabado de mamar outro pirocudo, esse já estava me fazendo babar bastante enquanto engolia aquela coisa gigantesca. Então, ele me levantou, me colocou de costas e colocou uma camisinha e meteu tudo de uma vez no meu cu, me fazendo gritar. Ele começou a me foder com força, metendo rápido e firme e eu gemia muito. Ele socava com muita vontade, até que ele gritou:
- Minha fêmea.
Ele estava me dominando ali, me tratando feito a fêmea dele, numa pose de machão. Curti muito isso, tanto que me empinei mais e relaxei bem o cu para ele meter. Ele meteu mais um pouco e depois paramos. Ele disse que não queria gozar ainda e saiu. Eu coloquei meu short de volta e saí da cabine.

Nisso, um tiozão que deveria já ter uns quarenta, mas muito gostoso, estilo parrudão, vestindo uma cueca boxer azul marinho me puxou para a cabine. Parece que eu estava disputado e tinha uma fila de caras para me comer. Fui para a cabine com ele, começamos a nos beijar e coloquei o pau dele para a fora, já ficando bem duro. Mamei um pouco e sentia ele passando a mão no meu cabelo e segurando minha cabeça. Levantei e fiquei de costas. Ele colocou uma camisinha e começou a meter. Eu estava todo suado e gozado e ele estava fresquinho, deveria já ter fodido bastante e tinha tomado um banho. Ele meteu, eu já me sentia um pouco arregaçado, não sei tanto, mas o pau dele entrava confortavelmente. Depois senti que ele não queria gozar e então nos separamos. Acho que ele já deveria ter gozado e deve ter ido embora.

Fui para o banheiro e tomei um banho. Pensei em trocar a jockstrap pela cueca que tinha deixado no armário, mas ela era um pouco larga, então acabei optando por ficar de short e nada por baixo. Voltei para o bar, circulei pelas cabines, bati um papo com o cara gordinho com quem tinha fodido mais cedo e com uns outros caras, mas não aparecia mais ninguém para me foder. Até que apareceu o cara que eu tinha mamado no salão mais cedo. Ele me levou para uma cabine, a bermuda dele estava um pouco caída de um lado e dava para ver que ele estava com uma cueca slip branca. Ele puxou a vara para fora pelo lado da cueca e por cima da bermuda e me colocou para mamar de novo. Depois de mamar muito, fazendo garganta profunda enquanto ele gemia baixinho e bebia a Skol Beats. Até que me levantei e entre uns beijos, ele percebeu que eu queria dar para ele. Ele me apoiou contra a parede, colocou uma camisinha e começou a empurrar a pica no meu cu. Embora eu já estivesse arrombado de ter dado para seis caras antes dele, o pau dele entrou rasgando e ele começou a socar, não tão rápido,mas bem forte. Eu gemia e gritava e ele me imprensava contra a parede e continuava metendo e eu pedindo mais. Não queria que aquela piroca grossa e cabeçuda saísse de mim. Ele meteu bastante em mim e tirou o pau. Me colocou para mamar de novo e tocava junto. Pensei que ia gozar, mas ele disse que ainda estava cedo e que não queria gozar. Mamei mais um pouco e nos beijamos e então nos separamos.

Tinha chegado mais gente fui ver qual era a os caras. Comecei a pegar tocar para um garoto que estava de bermuda e com uma cueca samba canção e com um garoto moreninho, cabelo quase raspado, de calça jeans, camisa social e uma cueca slip azul. Puxei os dois para uma cabine e comecei a mamar os dois. Queria comer o moreninho, porque mamava ele e dedava o cu dele, mas ele bancou o ativão e me mandou ficar de quatro porque ele iria meter. O pau dele era mediano e meio fino. Ele meteu no meu cu enquanto eu mamava o outro. Ele foi socando no meu cu já arrombado e o pau dele entrava e saía com facilidade, então ele aproveitou pra socar com força. Gemia e mamava o outro, até que ele tirou e me mandou ajoelhar e perguntou onde eu queria levar leite. Pedi para ele gozar no meu peito. Ele tocou até gozar e encheu meu peito todo de porra, senti escorrendo pela minha barriga e gozei junto. Ele e o outro saíram e eu fui para o banheiro. Tomei banho, depois fui até meu armário, coloquei minha cueca, meu short, minha camisa, a jockstrap voltou pro bolso. Dei uma passada lá dentro e me despedi do povo com quem estava conversando e fui para casa, arrombado e feliz.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario pedrofloripa

pedrofloripa Comentou em 05/12/2017

Delicia cara, adoro dar pra varios machos tbm. ainda tenho que conhecer o rio. belo conto, votado.

foto perfil usuario lucasarrombadordecu

lucasarrombadordecu Comentou em 04/04/2017

ADORO ORGIAS

foto perfil usuario macho curte hom

macho curte hom Comentou em 17/03/2017

vc realmente gosta da putaria - delicia, só fui uma vez em um lugar assim, lá em sampa, mas naõ fiz esse estrago todo (acho que me arrependo) até relatei aqui

foto perfil usuario mulatocarioca

mulatocarioca Comentou em 13/03/2017

Adoro o Seven também. Quem sabe um dia nos encontramos por lá. Será um prazer te fuder

foto perfil usuario kaikecamargo3

kaikecamargo3 Comentou em 13/03/2017

Que gostoso, estar num lugar onde você sabe que o pessoal está querendo sexo, mas sem ser obrigado. Como é o nome da casa aí no RJ. Eu frequentou de vez em quando a Tres Chic em Capinas/SP, também muito gostosa.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


97873 - Dando no terreno baldio e mais - Categoria: Gays - Votos: 8
97875 - Mamada na rua - Primeira mamada de 2017 - Categoria: Gays - Votos: 10
98050 - Mamando o negão pirocudo no shopping - Categoria: Gays - Votos: 10
98052 - Comi o casado enquanto a esposa estava viajando - Categoria: Gays - Votos: 15
98065 - Dei para o dotado casado - Categoria: Gays - Votos: 12
98067 - Fui dar para um e acabei levando dois - Categoria: Gays - Votos: 8
98069 - Levei pica de dotado - PARTE I - Categoria: Gays - Votos: 7
98070 - Levei pica de dotado - PARTE II - Categoria: Gays - Votos: 6
98138 - Comi o cabeleireiro no salão - Minha primeira vez sendo ativo - Categoria: Gays - Votos: 9
98285 - Sozinho em casa - dando para o dotadão no meu quarto - Categoria: Gays - Votos: 9
98389 - Minha primeira vez com um negão - Categoria: Gays - Votos: 6
98592 - Primeiras experiências e primeira mamada - Categoria: Gays - Votos: 2
98636 - Mamando no sítio - Categoria: Gays - Votos: 2
98844 - Arrombado feito puta por dois caras - Categoria: Gays - Votos: 8
98856 - Primeira vez com um GP - Categoria: Gays - Votos: 3
98879 - Dando para o GP dotadão de 24 cm - Segunda vez com um GP - Categoria: Gays - Votos: 23
98884 - Minha primeira DP - Categoria: Gays - Votos: 8
99072 - O cara que me descabaçou - Categoria: Gays - Votos: 5
99161 - Dando para o paulista no carro - Categoria: Gays - Votos: 0
99554 - Gozando no provador da loja - Categoria: Exibicionismo - Votos: 5
99661 - Arregaçado pelo negão dotado - virei a putinha dele - Categoria: Gays - Votos: 17
101189 - No cinema pornô em Nova Iguaçu, parte 1 - Categoria: Gays - Votos: 6
101194 - No cinema pornô em Nova Iguaçu, parte 2 - Categoria: Gays - Votos: 4
101467 - No cinema pornô em Nova Iguaçu, parte 3 - Dando gostoso para o moreno - Categoria: Gays - Votos: 7
101496 - Mamando o roludão no carro - Categoria: Gays - Votos: 9
102999 - Mamei o motorista do Uber - Categoria: Gays - Votos: 19
107642 - Mamando no banheiro do supermercado - Categoria: Gays - Votos: 3
107646 - Levando piroca do parrudinho - Categoria: Gays - Votos: 1
107647 - Comi o casado - Novamente - Categoria: Gays - Votos: 7
110387 - Mamando na construção abandonada - Categoria: Gays - Votos: 8
111000 - A foda antes do natal - Categoria: Gays - Votos: 13
112502 - Peru de Natal - Categoria: Gays - Votos: 3
113348 - Foda de Carnaval - 2014 - Categoria: Gays - Votos: 2
114642 - Pagando o casado - Primeira vez dele com outro macho - Categoria: Gays - Votos: 6
114644 - Virando amante do casado - parte 1 - Categoria: Gays - Votos: 6
114948 - Virando amante do casado - parte 2 - Categoria: Gays - Votos: 5
127950 - Mamando por entre as árvores na Via Light - Categoria: Gays - Votos: 8

Ficha do conto

Foto Perfil rexpop
rexpop

Nome do conto:
Dei para oito no bar de pegação

Codigo do conto:
97912

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
13/03/2017

Quant.de Votos:
12

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


Pepeca da minha vizinhafoto da buseta da minha mulheXVídeos Fui e******** pelo meu primoconto erótico corno descobricontoerotico com velho safadoconto erotico casado gayHomem de umuarama conto erotico gaytrai meu marido conto eróticocontos-meu cuzinho contraindo no teu pauContos eroticos de incesto. Delicia.jp. Maes e filhos(as).dando cu para pai conto eróticolesbicas esfregando peitinho na bucetaloucas posexo fotos lidasassistindo filme porno mais a familia contos eroticoscontos eroticos com passadeiraincestocontos dando o cu pra mulecada gay porncontos iniciando vizinhacontos eroticos de negao roludofoda para engravidar.conto. eroticoContos eroticos madrasta viranfo submissa fo enteadoconto erotico troca trocacontos orgia e beijo com porracontos eroticos gostosa de camisola e a rola grossacontoeroticoburroContos eróticos- meu sogro me arrombou o meu cupornô grátis comendo o cu madre no coventocontos eroticos graris com fotos de nora transa com a sogra lesbicaContos eroticos quando depilo meus filhos me assistemContoeroticoprofessoras putasmeutio cacetudo conto cornoGay picas grandes quadrinhopegando o genro contofode meu cu para de falarconto gay esfoladocontos de mulher casadahttp://contactpromo.ru/conto/5708/817644/sem-do-na-mulher-do-amigo.htmlcontos eroticos de alpestre rscontos gravida do sogrocontoeroticobucetonaconto dei para o cachorrinhocontos eróticos comeu a minha esposa e a mim tambémcontos eróticos virei corno tentei impedirconto erotico usadowww.contos de incesto deixei titio chupar minha bucetinhacontos eroticos de travestis com fotos ,e cdzinhasminha esposa me fez sua escrava e puta conto eroticocontoseroticos gratis de pai biquadrinhos porno kelly e jennyconto erotico gay pai do amigo ilustrado monica casadinha puta ituContos erotico enteada virgem escutando madrasta chorando no picao do padrastoincesto tapa na cara contoscontos eroticos de meninos gays iniciaçaoconto marido viajou e vizinho comeu meu cu virgem na marramenina é estrupada enconto estava bebada pelo irmão pisudoso na bundinha da mamãe contoshttp://contactpromo.ru/conto/4845/557092/minha-mae-minha-amanteav-incestuosas-part1.htmlconto porno loba com novinho virgemMarido.duvido que esposa daria pra.pauzudo e viro corno videocontos com fotos cfm casadasvideo porno escrava nifetinhado sexoputinha da prima bunduda contomeu novinho preferido conto eróticoVidioporno professora quadrinhoconto porno mundos paralelos contospornor de alagoascontos comi a crente rabuda manuelacoto erotico craudinha e seu irmáoContos eroticos com fotos de podolatria no carroacontos com fotoscfm casadascontos eróticos de brigas e reconciliaçãoporno contos velhinho limpando quintal da casadaconto incesto tô gozando na buceta e ela engravidoubundinha redondinha do viadinho.contos eroticoscontos eroticos gravida do meu tio